Novidades

[News] Na Semana do Meio Ambiente, Ailton Krenak e Perfeito Fortuna debatem sobre A Cura Pela Natureza em live promovida pela Casa Natura Musical

Dentro da programação do projeto Afetos, que leva ao Instagram da Casa Natura Musical (@casanaturamusical) conversas semanais sobre um tema pré-definido, o líder indígena e escritor Ailton Krenak se junta ao ator, produtor e diretor geral da Fundição Progresso Perfeito Fortuna para um bate-papo nesta quinta-feira, dia 4/6, 19h. O tema, A Cura Pela Natureza, integra discussões do Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 5/6. A live será exibida simultaneamente pelo Instagram @casanaturamusical e pelo instagram @fundicaoprogresso.

Vivemos um tempo no qual a interdependência entre a natureza e o ser humano, como estamos aprendendo na prática, deixou de ser um conceito teórico. Principalmente se olharmos para a natureza e aprendermos com ela, de novo,

como é infinita a nossa capacidade de regeneração. “A doença se acentuou com o descobrimento ou invasão, com a ignorância em relação a essas terras e povos diferentes. Ao invés de aprenderem com os povos, que não eram donos e sim “hóspedes”, e com a natureza; se apropriaram das 'mercadorias' que fazem e promovem até hoje as doenças", afirma Fortuna sobre o tema do debate.

Amigos de longa data e militantes pelas causas dos povos da floresta, Perfeito Fortuna e Ailton Krenak se conheceram em meados dos anos 1980, no Circo Voador, quando Krenak coordenava a Uni (União das Nações Indígenas), organização fundada por ele. Nesta época, o Circo Voador foi utilizado para que novas lideranças de vários povos indígenas se conhecessem e se apresentassem a possíveis parceiros no Rio de Janeiro. Krenak e Angela Pappiani, sua companheira na época, trouxeram manifestações culturais diversas, como dança, pintura, cantos, festas e pajelança que eram apresentadas no Circo e posteriormente na Fundição e no Palácio do Catete.

Na Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente e o Desenvolvimento, também conhecida como Eco-92, que foi realizada em junho de 1992, Krenak apresentou no Circo Voador um projeto que co-idealizou chamado Parlamento da Terra, reunindo vários intelectuais do mundo inteiro. O objetivo era a criação de uma entidade internacional que reunisse a representação de povos originários de todo o mundo, uma espécie de ONU de povos nativos.

Reuniram-se no Circo mais de 100 povos de esquimós, ciganos e várias nações africanas. Nesta ocasião, Fortuna conheceu várias lideranças por meio de Ailton - dentre elas Biraci Yawanawa, que era delegado da Uni do Acre, junto com Sian Kaxinawa. Com eles, partiu para um projeto no Acre, onde se instalou por sete anos, sempre acompanhado por Ailton.

Sobre Ailton Krenak 

Ailton Krenak nasceu em 1953. Ativista do movimento socioambiental e de defesa dos direitos indígenas, organizou a Aliança dos Povos da Floresta, que reúne comunidades ribeirinhas e indígenas na Amazônia. É comendador da Ordem de Mérito Cultural da Presidência da República e doutor honoris causa pela Universidade Federal de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Krenak também é autor de livros como Ideias Para Adiar o Fim do Mundo (2019) e O Amanhã Não Está à Venda (2020), ambos publicados pela Companhia das Letras.

Sobre Perfeito Fortuna

A profissão 'animador cultural' surgiu com a entrada de Perfeito Fortuna na cena cultural do Rio de Janeiro e, consequentemente, do Brasil. Ex-integrante do lendário grupo teatral Asdrúbal Trouxe o Trombone (do qual também faziam parte Regina Casé, Evandro Mesquita, Luis Fernando Guimarães, entre outros), em 1982 Perfeito criou o Circo Voador, ícone cultural de uma geração. Na Amazônia, trabalhou com os índios Yawanawá, produtores de borracha, desenvolvendo com eles um projeto de valorização da identidade indígena, de sustentabilidade e preservação ambiental que dura até hoje.

Em 1999, foi eleito presidente da ONG Fundição Progresso. Hoje, a Fundição se firma como polo cultural e uma das principais casas de show do no boêmio bairro da Lapa, com projeção nacional e internacional. Perfeito é conhecido como curador e criador de projetos inovadores, como o Concurso Nacional de Marchinhas da Fundição Progresso, que já completou 11 edições.


Casa Natura Musical

Com mais de 400 shows de 200 artistas diferentes, a Casa Natura Musical completa três anos em 2020. Inaugurada em maio de 2017, a Casa dá voz a diferentes ritmos, movimentos e artistas por meio de uma programação pulsante e plural. Mais que uma casa de shows, a Casa Natura Musical atua como um equipamento cultural, promovendo reflexões com o público em busca de um mundo mais diverso, inclusivo e sustentável através de shows, eventos especiais, mostras de arte digital e conteúdos nos canais de comunicação.   

Sobre a Natura Musical

Natura Musical é a principal plataforma de patrocínio da marca Natura. Desde seu lançamento, em 2005, o programa investiu cerca de R$ 143 milhões no patrocínio de 460 projetos - entre CDs, DVDs, shows, livros, acervos digitais, documentários e projetos de fomento à cena. Os trabalhos artísticos renovam o repertório musical do País e são reconhecidos em listas e premiações nacionais e internacionais. Em 2020, o edital do programa selecionou 41 projetos em todo o Brasil. A plataforma digital do programa leva conteúdo inédito sobre música e comportamento para mais de meio milhão de seguidores nas redes sociais. Em São Paulo, a Casa Natura Musical se tornou uma vitrine permanente da música brasileira, com cerca de 120 shows ao longo de 2019.

CASA NATURA MUSICAL
Rua Artur de Azevedo, 2134, Pinheiros, São Paulo
www.casanaturamusical.com.br e www.sympla.com.br.
https://www.facebook.com/CasaNaturaMusical
https://www.instagram.com/casanaturamusical/
www.twitter.com/casanaturamus


Nenhum comentário