14 novembro 2018

[Resenha] Stalker

Sinopse: Ela não quer ser igual a você. Ela quer a sua vida. Quando Fig Coxbury compra uma casa na West Barrett Street, sua maior motivação não é o amor pelo bairro, ou ter se apaixonado pelo imóvel. É para ficar mais próxima de tudo o que ela deseja: o marido, a criança e a vida que pertence a outra pessoa. Com os olhos fixos na família Avery, Fig se insere gradualmente na rotina de Jolene, Darius e sua filha, Mercy. E não para por aí... Fig invade a privacidade familiar, e logo acredita que pode assumir, definitivamente, o lugar de Jolene. Ela persegue. Copia. Manipula. Cobiça. Usa táticas e cenas a cada momento. Toda stalker tem um objetivo. Para Fig, nada deve ficar em seu caminho

O que eu achei?
Stalker é um dos lançamentos desse mês da Faro Editorial e foi um livro já me cativou pela sua sua capa. Linda, simples e ainda assim intrigante. Stalker vai nos contar a história de trêss pontos de vista: Darius, Fig e Jolene. Fig compra uma casa em West Barret e seu principal motivo foi para viver com seus olhos a vida de Jolene e Darius, mas acima de tudo sua filha Mercy. 

Fig é uma personagem muito complexa, ela sempre teve o desejo de engravidar mas nunca conseguia. Porém em determinado momento ela finalmente consegue realizar o seu sonho, mas infelizmente devido a complicações e sua gravidez de risco, o feto acaba sofrendo um aborto. Isso vai mudar a cabeça dela para sempre e ainda mais quando certo dia ela se depara com Mercy, a filha de Jolene e Darius e sua cabeça lhe mostra que aquela menina é sua filha. A partir daí começa sua jornada de perseguição incessante atrás dessa família e ela assume o título do livro.

Com uma divisão em 3 partes com cada personagem contando seu lado da história, a escrita de Tarryn Fisher é muito boa e muito instigante. Ter esse contato me fez até ter vontade de ler os demais livros da autora, pois ela criou personagens muito excêntricos e cada um colore essa história com sua personalidade peculiar. 

Entretanto o livro sofre do mal de começar muito bem e em determinado momento ele cai muito o nível de qualidade. A autora cria e sustenta uma trama intrigante a té boa parte da história, porque você lê tudo de três partes diferentes, mas não sabe se quem está contando a história está narrando a verdade ou manipulando para o seu bem. E ao chegarmos ao grande plot, foi algo que foi muito decepcionante para mim pois esperava muito mais. Não sei se pelo fato de eu já estar nesse ambiente de livros de suspense e ter visto muita coisa, mas a grande sacada da autora não funcionou comigo. 

O livro está numa edição muito bem caprichada como todas as outras da Faro Editorial. Sua diagramação maravilhosa que ainda ajudam muito na hora da leitura. Stalker já está disponível nas melhores livraria, e não deixe dar uma uma chance para essa história louca que vai mexer com você. 

Por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário