13 novembro 2018

[News] Festival Domingos Clássicos fará concerto em homenagem à Ricardo Tacuchian



O Rio de Janeiro recebe desde setembro até dezembro o Festival Domingos Clássicos, que reúne, na Sala Baden Powell – Casa da Bossa, em Copacabana, uma sequência de 16 espetáculos de música clássica com intérpretes, artistas de diferentes orientações musicais e com diferentes organizações instrumentais e/ou vocais. O Festival, com a pianista Fernanda Chaves Canaud, é um espaço aberto para novos compositores contemporâneos, bem como para grupos de câmera nacionais e estrangeiros, orquestras, coros, minióperas e solistas da música de concerto, sempre com cunho didático e de formação de plateia para todas as idades. A iniciativa é apresentada pelo Ministério da Cultura e Instituto CCR, por meio da Lei Rouanet.
Os concertos semanais nas tardes de domingo têm como objetivo proporcionar uma experiência ímpar para o público, que nem sempre conta com possibilidade de acesso à música clássica tocada ao vivo. E a oportunidade de um contato estreito com os músicos.
No domingo, dia 18, às 15h, a apresentação será de Miriam Grosman (piano); Trio Mignone - Afonso Oliveira (violino), Ricardo Santoro (violoncelo) e Miriam Grosman  (piano); Humberto Amorim (violão); Luis Carlos Barbieri (violão) e Duo MezzoPiano - Sophia Chueke (mezzo-soprano) & Zélia Chueke (pianista).
Ricardo Tacuchian, um dos maiores compositores clássicos brasileiros da atualidade, será homenageado por ilustres intérpretes como: Miriam Grosman, Trio Mignone, Duo MezzoPiano, Luis Carlos Barbieri e Humberto Amorim, que apresentarão um belo panorama da obra do maestro no dia de seu aniversário, num concerto imperdível.
Nascido no Rio de Janeiro, em 18 de novembro de 1939, Ricardo Tacuchian é um maestro e compositor brasileiro e Doutor em Música pela University of Southern Califórnia. Suas composições são executadas na Europa e na América Latina e sua discografia está disponível em CD e LP. Além de publicações de artigos e contribuições acadêmicas, Tacuchian também ministra palestras no Brasil e no exterior. É descendente de uma família da Armênia. Iniciou os estudos musicais com Nelly Adelino dos Santos. Aos 12 anos ingressou na Escola Nacional de Música. Estudou com Florêncio de Almeida Lima, José Siqueira e Francisco Mignone. Foi orientado em composição também por Cláudio Santoro e em regência por Hilmar Schatz e Hans Swarowsky. Diplomou-se em piano em 1963 e em composição e regência em 1965. Tacuchian é membro da Sociedade Brasileira de Música Contemporânea, da Federação Fluminense de Bandas de Músicas Civis, da Sociedade Brasileira de Musicologia e da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Música.

REPERTÓRIO (com obras de Ricardo Tacuchian):
- Retreta: Dobrado, Valsa, Maxixe. (Intérprete: pianista - Miriam Grosman)
- Cerâmica (Intérprete: Miriam Grosman)
- Naquela Mesa (Sergio Bittencourt/ Ricardo Tacuchian) (Intérpretes: Trio Mignone: Afonso Oliveira, Ricardo Santoro, Miriam Grosman)
- Preludio IX (Intérprete: violonista – Humberto Amorim)
- Evocando Manuel Bandeira. (Intérprete: Humberto Amorim)
- Toccata (Intérprete: violonista: Luiz Carlos Barbieri)
- Três Cantos de Amor/texto de Carlos Drummond de Andrade : Amar, Poema patético e Toada de Amor
A Sala Baden Powell, onde acontece o Festival, disponibiliza a venda antecipada dos ingressos a preços populares (20% ingressos para o público em geral) e cobra valores convidativos na bilheteria da sala (50% dos ingressos por meio da bilheteria do teatro).

Acessibilidade
Quanto à acessibilidade física, a sala Baden Powell dispõe de elevador de acesso do 1º piso à sala e atende aos critérios de acessibilidade para facilitação de livre acesso a cadeirantes e pessoas idosas, oriundos de programas especiais de incentivo à cultura.

Democratização de Acesso
Para fins de formação de plateia aos alunos de escolas públicas de música e de Ongs parceiras da sala Baden Powell, será feita a divulgação dos concertos para o público interessado, na imprensa e nas mídias sociais, além de articular com as escolas de música para disponibilização de, no mínimo, 5% dos ingressos para seus alunos, em caso de lotação de sala. De acordo com a IN no.5 art 20 do MINC, acontecerá a distribuição gratuita dos ingressos para os alunos de escolas públicas de música e para ONGs locais para os assentos vagos e restantes, até 10 minutos antes da apresentação, mediante comprovação.
Sobre o Instituto CCR: O Instituto CCR, uma entidade privada sem fins lucrativos, nasceu em 2014 com o objetivo de estruturar a gestão de projetos sociais, culturais, ambientais e esportivos apoiados há mais de dez anos pelo Grupo CCR. Por meio do Instituto CCR são viabilizados projetos, com recursos próprios da companhia e oriundos de leis de incentivo, com foco prioritário em quatro áreas: Saúde e Qualidade de Vida; Educação e Cidadania; Cultura e Esporte; Meio Ambiente e Segurança Viária. Comprometido com o desenvolvimento sustentável, socioeconômico e cultural nas regiões onde atua, o Grupo CCR se orgulha de ter levado mais de 500 projetos para 130 cidades que, desde 2003, já beneficiaram cerca de 8 milhões de pessoas com investimentos de R$ 261 milhões em projetos estruturados.

Serviço:
Festival Domingos Clássicos

Concerto em Homenagem ao Maestro Ricardo Tacuchian


Sala Baden Powell

Av. Nossa Sra. de Copacabana, 360 - Copacabana, Rio de Janeiro

Data

Domingo, 18 de novembro, às 15h


Ingressos

R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)

Classificação

Livre

Nenhum comentário

Postar um comentário