14 novembro 2018

[News] STU Open recebe o happening ‘Mais que um rolê’ na Barra da Tijuca

Evento, no feriado do dia 15, debaterá sobre o papel do skate na ocupação da cidade

O happening “Mais que um rolê - Ocupação da cidade”, o próximo encontro com o público na agenda do Conexidade, será realizado no feriado do dia 15 de novembro, quinta-feira, a partir das 16h, na Praça Duó, na Barra da Tijuca, durante o STU Open. O papel debaterá o papel do skate na cultura urbana, como esporte, meio de transporte e revitalização do espaço público. Com o objetivo de juntar diferentes admiradores da modalidade e criar novas conexões no campo da arte, cultura e tecnologia, o Conexidade convida coletivos de skate para uma tarde de muito bate-papo, música e arte.

O painel terá mediação de Bill Tassinari (399 e Arte Core), que comandará a conversa com Pharrá Buarque (Coletivo XV), Thayná Gonçalves (Britney’s Crew), Sylvio AZ (Rio Ramp Design) e Diego Reis (Maré Longboard). Os painelistas falarão sobre a visão do universo do skate e a modalidade como elemento de integração social. Interessados em participar podem se inscrever pelo link https://www.sympla.com.br/happening---oi-stu-open-mais-que-um-role__403307.

Após o bate-papo, o público poderá continuar se divertindo no Warm Up Conexidade, com o DJ Jimmy Jay, do Baile do Ademar, e participação especial de Maré Longboard. Em seguida, os shows do STU continuam no palco principal.

A agenda do Conexidade contará com diversos encontros, que acontecerão espalhados pela cidade, com o objetivo de conectar pessoas e iniciativas. A rede vai se construindo até o encerramento do Conexidade em uma grande ocupação inédita na Praça XV nos dias 15 e 16 de dezembro, quando arte, esporte, tecnologia e cidade serão integrados por meio de música, artes, skate, cultura digital e arquitetura.

Os happenings incentivam a conexão de pessoas, iniciativas e movimentos por meio de trocas artísticas e de conhecimento, além de provocar uma ampliação geográfica dos encontros para além do Centro e da Zona Sul, visando estimular a pluralidade, a diversidade de olhares e o acesso descentralizado.

Enquanto isso, os painéis promoverão diálogos e a conexão de olhares diversos sobre cidade, arte, esporte, tecnologia e rede a partir de uma abordagem Conexidade sobre os assuntos, estimulando que se reconheçam em sua diferença e se conectem para um melhor desenvolvimento coletivo. Dessa forma, o Conexidade segue com seu processo de rede num movimento crescente de mobilização e engajamento.

O Conexidade tem como papel criar soluções para unir pessoas e instituições, por isso, estimula a criatividade e o estabelecimento de um ambiente favorável para melhorar o dia a dia de todos. A Secretaria de Estado de Cultura do Rio de Janeiro e a Oi são patrocinadoras do evento por acreditarem que o papel de ambas é romper barreiras, aproximar e conectar pessoas em todo o Rio de Janeiro e também no Brasil. 






Nenhum comentário

Postar um comentário