03 dezembro 2018

[Resenha] Outlander - A Viajante Do Tempo

Sinopse: Primeiro livro da série Outlander, que se tornou um fenômeno mundial e foi transformada na bem-sucedida série de TV. “Um sucesso arrasador.” – The Wall Street Journal “Diana Gabaldon tem poucos concorrentes no que diz respeito a escrever romances históricos.” – Publishers Weekly Em 1945, no final da Segunda Guerra Mundial, a enfermeira Claire Randall volta para os braços do marido, com quem desfruta uma segunda lua de mel em Inverness, nas Ilhas Britânicas. Durante a viagem, ela é atraída para um antigo círculo de pedras, no qual testemunha rituais misteriosos. Dias depois, quando resolve retornar ao local, algo inexplicável acontece: de repente se vê no ano de 1743, numa Escócia violenta e dominada por clãs guerreiros. Tão logo percebe que foi arrastada para o passado por forças que não compreende, Claire precisa enfrentar intrigas e perigos que podem ameaçar a sua vida e partir o seu coração. Ao conhecer Jamie, um jovem guerreiro das Terras Altas, sente-se cada vez mais dividida entre a fidelidade ao marido e o desejo pelo escocês. Será ela capaz de resistir a uma paixão arrebatadora e regressar ao presente?

O que eu achei?
Outlander foi uma história que eu sempre ouvir ser muito bem falada (enaltecida por alguns amigos inclusive), e todo momento alguém me dizia "você precisa ler/assistir a série!". Com aquele clássico problema de leitor de querer ler antes de assistir, fui em busca do primeiro volume e dei de cara com um calhamaço de quase 800 páginas, estava com mais medo do que tudo do livro e já pensei que iria travar na página cem. Porém, o maior plot twist dessa história foi o que aconteceu comigo. Diana Galbadon cria uma história fantástica e narra de um jeito ainda mais incrível que é difícil colocar somente um ou doi adjetivso para definir essa trama. 

Outlander vai nos contar um baita romance histórico onde Claire, uma mulher inglesa que está na sua viagem de lua de mel por um pequeno incidente é transportada para duzentos anos no passado no local. Com isso a história começa já nos absorvendo para as páginas.

Claire acaba conhecendo Jaime Fraser, um homem encantador e atraente, com isso a autora vai nos incrementar um pouco dos dois aind amais a cada página. Ela é uma mulher de muita personalidade, sempre foi forte e guerreira desde os tempos de enfermeira em bases militares. Ele mesmo com seu porte e sua reputação, ainda assim é totalmente aberto e sincero com Claire sobre seus sentimentos, e a autora cria um climax sem igual com o casal. Você pode está até pensando que é mais um romance de época regado a clichês, mas a história é tudo, menso isso meu caro.

Além de seu tom romântico o livro vai muito mais além. Com diversos acontecimentos históricos, podemos ver que a autora pesquisou a fundo a história e coloca muitas referências. A trama toda nos prende do começo ao fim, algo que é muito difícil para um livro com o número de páginas que tem. Porém, Gabaldon tem uma narrativa sem igual que nos envolve com momentos intensos, amorosos e sua transparência em cada palavra é muito bem transmitida para o leitor 

Eu estava a procura de livros que são dignos de 5 estrelas e este é um deles. Foi uma grande surpresa toda a história e mal posso esperar para o que essa história ainda pode nos reservar. Sobre a série, a mesma tem um grande nível de fidelidade com a história, mudanças necessárias que talvez funcionam bem nas páginas, mas não na tela, contudo, não deixe de ler essa história que com certeza vai te conquistar. 


Por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário