07 dezembro 2018

[News] Sesc leva a arte circense a Duque de Caxias neste fim de semana

Companhias do Rio, São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Alagoas se apresentam em lona que será montada na Avenida Automóvel Clube. Atração principal é a Cia. Teatral Turma do Biribinha (AL), que encerra em Duque de Caxias turnê do projeto Palco Giratório


DUQUE DE CAXIAS/RJ - A Cia. Teatral Turma do Biribinha, de Alagoas, chega neste fim de semana (8 e 9/12) a Duque de Caxias, Baixada Fluminense, onde apresenta o espetáculo “Magia”, encerrando a turnê que percorreu vários estados brasileiros este ano dentro do Circuito Especial do projeto Palco Giratório, do Sesc. As duas sessões, no sábado e domingo, às 17h, têm entrada franca e acontecem em uma lona que será montada pelo Sesc RJ na Avenida Automóvel Clube s/n (Terreno da Antiga Carioca Engenharia).

“Magia” conta a saga de um palhaço que é contratado para produzir e dirigir um filme sem elenco e sem dinheiro. Sem a mínima condição, mas também sem poder abrir mão desta oportunidade, Biribinha usa velhos truques de mágica aprendidos no circo para fazer o filme e tentar colorir mais uma vez a sua vida, que estava meio sem cor. Nesta jornada, ele descobre que é dentro de si, mais precisamente em seu coração, que está a verdadeira fonte da transformação. Descobre que o amor, o riso, a fé e as brincadeiras podem levá-lo a uma jornada cheia de surpresas, divertidos momentos em que o público atua como elenco e o ajuda a vencer este grande desafio.

PROGRAMAÇÃO INTENSA - Além do espetáculo da companhia alagoana – fundada há 30 anos por Teófanes Silveira (Palhaço Biribinha), homenageado desta 21ª edição do Palco Giratório -, a lona receberá uma intensa programação dedicada à arte circense ao longo do fim de semana. Sobem ao picadeiro companhias de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Goiás. A artista de rua argentina Espuma Bruma (María Celeste Zalloechevarria) é a atração internacional do evento.

Interessados no assunto poderão ainda participar de oficinas circenses. Serão oferecidas vivências práticas das técnicas de perna de pau e malabares, a fim de desenvolver o potencial criativo corporal dos participantes, promovendo uma aproximação do público com a arte circense. As oficinas, também gratuitas, acontecem nos dois dias, das 9h às 10h30.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO
Avenida Automóvel Clube, s/n – Duque de Caxias
Terreno da Antiga Carioca Engenharia).

8 de dezembro (sábado)
9h – Oficina Circense
10h - Roda Cômica Anjos do Picadeiro | Espuma Bruma (ARG), Bulacha (GO) e Grupo Trampulim (BH)
12h – Circo à céu aberto (RJ)
15h - No Pocket: Um espetáculo para todos os bolsos | Coletivo Nopok (RJ)
17h - Magia | Cia Teatral Turma do Biribinha (AL)

9 de dezembro (domingo)
9h – Oficina Circense
10h - A brincadeira continua | Companhia Tem sim sinhô (GO)
12h - Versão Brasileira | Los circo los (SP)
15h - The Lucca Circus Show | De Lucca (SP)
17h - Magia | Cia Teatral Turma do Biribinha (AL)  

SINOPSES:
Roda Cômica Anjos do Picadeiro | Espuma Bruma (ARG), Bulacha (GO) e Grupo Trampulim (BH).
Encontro de palhaços de regiões e técnicas diversas divertem e emocionam o público com seus números e truques.

Convidados:

Espuma Bruma (Argentina)
É Maria Celeste Zalloechevarria, natural de Mar del Plata, Argentina. Artista de rua autodidata teve sua formação circense na Escola de Circo Criollo - Buenos Aires, na Escola de Artes Urbanas – Rosário e na Escola Nacional de Circo -Rio de Janeiro. É especialista em equilíbrio na corda bamba e bolas de sabão. Com seu trabalho, já circulou por países como Peru, Uruguai, Guatemala, Espanha, França e Itália.

Palhaço Bulacha (GO)
Nasceu para o fazer artístico em 2005 estudando, criando e apresentando números de malabares com dévil, bolinhas e claves. Participou ao longo dos anos seguintes, uma série de cursos e oficinas de formação em teatro e palhaçaria. Em 2010 cursou a Escola Estadual de Circo Martim Cererê, participando da 1a turma. Ainda no mesmo ano cursou sonoplastia no Projeto Bastidores promovida pela AGEPEL. Atualmente cursa a Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás.

Grupo Trampulim (BH)
O Grupo Trampulim é uma das maiores companhias de circo do Brasil. Criado em 1994, especializou-se na linguagem do palhaço que, aliada à música e à improvisação formam o que é hoje o eixo artístico do Grupo. Reconhecido por sua maneira autêntica de se comunicar com o público, o Trampulim é formado por um grupo de artistas comprometidos em fazer de sua sua arte, uma ferramenta para surpreender, emocionar e transformar as pessoas. Por meio de espetáculos, oficinas e workshop´s, o Grupo difunde seu trabalho artístico e pedagógico e aprimora o seu olhar e a sua maneira de lidar com a arte do palhaço.

No Pocket: Um espetáculo para todos os bolsos | Coletivo Nopok (RJ)
Um espetáculo para todos os bolsos é um espetáculo de circo que utiliza as charlas clássicas, a música, a dança e a comédia física na criação de gags e cenas cômicas. Este espetáculo é uma sucessão de números que exploram o virtuosismo técnico acompanhado por música ao vivo. O fio condutor da sua dramaturgia é a relação direta dos artistas com o público, sendo este um importante elemento no jogo estabelecido.

Circo à céu aberto (RJ)
O espetáculo reúne esquetes cômicas clássicas e originais, resgatando a atmosfera lírica do circo-teatro.

Magia | Cia Teatral Turma do Biribinha (AL)
Produzir e dirigir um filme sem elenco e sem dinheiro? Só se for com magia. E assim começa a saga de um palhaço que é contratado para este desafio. Sem a mínima condição, mas também sem poder abrir mão desta oportunidade, Biribinha usa velhos truques de mágica aprendidos no circo para fazer o filme e tentar colorir mais uma vez a sua vida, que estava meio sem cor. Nesta jornada, ele descobre que é dentro de si, mais precisamente em seu coração, que está a verdadeira fonte da transformação. Descobre que o amor, o riso, a fé e as brincadeiras podem levá-lo a uma jornada cheia de surpresas, divertidos momentos em que o público atua como elenco e o ajuda a vencer este grande desafio.

A brincadeira continua | Companhia Tem sim sinhô (GO)
Um espetáculo de brincantes como um teatro de revista, intercalando cenas de palhaços com números de equilíbrio e mágicas; o repertorio musical conta com cantigas de palhaços e músicas populares. Um circo sem lona, onde os Palhaços Siriguela e Alecrim, com suas brincadeiras singelas e atrapalhadas, encantam e arrancam gargalhadas de todo as idades.

Versão Brasileira | Los circo los (SP)
Versões tipicamente brasileiras de cenas clássicas do circo! Com muita comicidade, malabarismo, dança, acrobacias e mágica, o público é convidado a brincar e se surpreender. A trilha sonora empolgante e as rápidas trocas de figurinos marcam o ritmo frenético do espetáculo. Um espetáculo com muita variedade e criatividade, diversão garantida para toda família!

The Lucca Circus Show | De Lucca (SP)
De Lucca Circus Show é um espetáculo de circo que mistura malabarismo, equilibrismo, mágica e música de forma cômica. De Lucca sempre muito carismático se envolve com seu público os tornando parte do espetáculo onde juntos realizam um grande show.

Magia | Cia Teatral Turma do Biribinha (AL)
Produzir e dirigir um filme sem elenco e sem dinheiro? Só se for com magia. E assim começa a saga de um palhaço que é contratado para este desafio. Sem a mínima condição, mas também sem poder abrir mão desta oportunidade, Biribinha usa velhos truques de mágica aprendidos no circo para fazer o filme e tentar colorir mais uma vez a sua vida, que estava meio sem cor. Nesta jornada, ele descobre que é dentro de si, mais precisamente em seu coração, que está a verdadeira fonte da transformação. Descobre que o amor, o riso, a fé e as brincadeiras podem levá-lo a uma jornada cheia de surpresas, divertidos momentos em que o público atua como elenco e o ajuda a vencer este grande desafio.

Oficinas Circenses
Vivências práticas das técnicas de perna de pau e malabares, a fim de desenvolver o potencial criativo corporal dos participantes, promovendo uma aproximação do público com a arte circense.

Nenhum comentário

Postar um comentário