05 dezembro 2018

[Show] Thiaguinho no Teatro Bradesco Rio

Não é de hoje que Thiaguinho vem se destacando no cenário da música popular brasileira. Após emplacar sucesso atrás de sucesso tanto na carreira solo, quanto na época do Exaltasamba, ele agora se propõe a uma versão acústica de suas músicas e de alguns covers que ficaram muito bem sua voz. Com o primeiro volume lançado em Agosto e outro lançado no mês passado o EP – AcusTHico conta com várias músicas com nova roupagem, alguns covers e músicas inéditas.
Na noite dessa terça-feira o Teatro Bradesco recebeu em primeira mão a apresentação desse EP, com o Título “Thiaguinho – AcúsTHico”, a apresentação marcada para as 22 hrs, começando pontualmente, fez um passeio pelos sucessos e até mesmo explorou um lado do cantor que poucos conheciam.  
Começando com seu sucesso “Energia Surreal”, Thiago animou o público de primeira em um teatro lotado, seguido de perto do sucesso “Envolvidão”, “Sinais” um cover do sucesso do cantor Djavan.
Seguindo a linha de seus sucessos embalou o público, que se esforçava ao máximo para se manter sentado, com “Caraca Muleque” e “Final Feliz” dando uma palhinha do hino atemporal “Evidências” sucesso na voz da dupla Chitãozinho e Xororó.

O show seguiu com a música “Serei Luz” parceria do cantor com Vinicius Feyjão – vocalista da banda Natiruts- e com covers de “ Liberdade pra dentro da cabeça” da banda Natiruts e “Assim Caminha a Humanidade” de Lulu Santos. Dando introdução para a versão Reggae de “Sou o cara pra você”.
Thiago mostrou que não estava pra brincadeira, quando deixou claro sua capacidade vocal ao cantar “Deus Quer”, com alcances de levar o público ao delírio. 
Seguindo com “Meu bem querer” do Djavan e “Céu Azul” em homenagem ao Charlie Brown jr. Seguida pela música pela inédita “Xeu Falar” que faz parte do EP AcúsTHico 2. 
Com o Mash Up do sucesso “Só vem” misturado com as internacionais “All that wants” e “Shape Of You” – que levou a Sheerio que tem dentro de mim ao delírio. Seguida dos sucessos “Desencana” e “Ponto fraco” este que foi entoado a plenos pulmões pelo público presente.
A surpresa da noite foi ver Thiago tão a vontade com a apresentação e surpreender o público com o sucesso espanhol “La barca” mundialmente conhecido na voz do cantou Luiz Miguel.
A música “Adrenalina” veio para animar o público, que logo após foi as lágrimas ao escutar o cover dos sucessos “Anjo” e “Não precisa mudar” conhecidos na voz do cantor Saulo.
Dedicando a música a sua mãe e irmã presente no espetáculo entoou a plenos pulmões “A Estrada” da banda Cidade Negra,  seguida de “Só hoje” da banda Jota Quest
O cover de “Pra Você” da banda Onze 20 deu introdução a sequência romântica que se seguiu com “Acredito no amor” e “Ainda bem”.
Terminando o show com os sucessos “Simples desejo” e “A amizade é tudo” da banda Jeito Moleque. 
Com a plateia entoando a plenos pulmões gritos de Eu não vou embora, o cantor fez o Bis com as músicas “Sina” do cantor Djavan e “Eva” da Banda Eva, essa claramente seguida do público de pé cantando e finalmente dançando!
Esse show só deu mais certeza do cantor completo que Thiaguinho é, passeando por vários estilos e de várias formas, brincando com o público e esbanjando simpatia, conquistou a todos e tenho plena certeza que todos que acompanharam as 2 horas de show saíram completamente satisfeitos. 
Vale lembrar que toda a verba arrecadada do show será revestida para serviços sociais.

Por Marina Pereira

Nenhum comentário

Postar um comentário