Novidades

[News]Acertos para retomada das rodas de samba de rua.

Acertos para retomada das rodas de samba de rua.




Encontro inédito entre entre o Secretário da Polícia Militar - Coronel Luiz Henrique Marinho Pires, com a deputada Martha Rocha e representantes de associações culturais do Estado do Rio de Janeiro para debater o projeto de lei n° 9373/2021.

O encontro teve como pauta a retomada da cena cultural da cidade do RJ, sobretudo pela responsabilidade da Polícia Militar e na preservação desses espaços. O Secretário da Polícia do Estado do RJ, recebeu também representantes das rodas de samba de rua. O grupo chegou por volta das 11h, na sexta, no QG da Polícia Militar, na Rua Evaristo da Veiga, no Centro.

"Polícia Militar entendeu a nossa demanda, abraçou a ideia que sugerimos que fosse criado um grupo de trabalho para debater as possibilidades, não só sobre a questão da diminuição dos dias necessários para os pedidos de autorização da realização de roda de samba, atrapalhada pela burocracia, mas também para elaboração de um projeto de lei, que oriente determine o formato das rodas de samba como manifestação cultural popular na prática. Para que a gente protege essas manifestações", disse Marcelo Santos, dando todas as dicas do teor da conversa

Na foto, à esquerda Cap PM Masello (representante da PM3), Cel PM Henrique (Secretário de Estado da Polícia Militar) e o da direita, Cel PM Lobasso (Subsecretário Operacional). Com lideranças das rodas de samba de rua, representada pela Rede Carioca de Roda de Samba - W Luna; Movimento das Mulheres Sambistas - Patricia Rodrigues, Henrique Souza - da Associação Arteiros da Glória e Marcelo Santos - da Associação Folia Carioca e CEAP (Centro de Articulações Populações Marginalizadas)

Em tempo: A lei da deputada Marta Rocha - Lei 9.373/2021, declara a cultura das rodas de samba como patrimônio histórico e cultural do Rio. Segundo a lei, o poder público está autorizado a celebrar convênios com entidades ligadas ao turismo e ao lazer com a finalidade de assegurar a história e de incentivar conhecimento e apreciação musical das rodas de samba. Vale lembrar que o samba, patrimônio imaterial, ainda passa por tempos difíceis, provocados principalmente pela pandemia. É preciso organização para sua volta. Semana passada (5), PrefeitEduardo Paes assinou decreto estabelecendo novo cadastramento e calendário atualizado para o circuito das rodas de samba. 

Nenhum comentário