Novidades

[News] Mauro Marcondes - "Sem Palavra" entre Búzios, Rio, Nova York, nas redes e plataformas digitais

 Mauro Marcondes - "Sem Palavra" entre Búzios, Rio, Nova York, nas redes e plataformas digitais

(Single e vídeo têm participações do músico erudito Bernardo Marcondes e de Marcelo Larraburu, bandoneonista argentino)




Mais uma composição da laboriosa parceria entre Mauro Marcondes e Zéjorge, "Sem Palavra", que chegou às plataformas digitais recentemente, ganha versão em audiovisual. Filmado e editado, em regime de quarentena, entre as cidades do Rio de Janeiro, Búzios/RJ e Rochester/NY, nos EUA, durante setembro e outubro de 2021, além da voz e violão de Mauro Marcondes, a canção conta com o talento de dois excelentes instrumentistas: Bernardo Marcondes, no violão acústico solo, músico erudito, residente nos EUA e filho de Mauro, e do argentino radicado em Búzios Marcelo Larraburu, no bandoneon. Felipe Camara (Studio Marfin) responde pela direção e edição do videoclipe. Produzido pela “Duas Luas", com mixagem e masterização de Vini Machado, o vídeo teve as filmagens do músico Marcelo Larraburu realizadas por Toninho Fleury.

A música de Marcondes e Zéjorge, como sempre, de linha melódica refinada e poética elegante, é uma canção romântica sem beirar pieguice ou banalidade. Para ilustrar, alguns versos: ..."Foi você que um dia chegou/e ouviu minha rima cantada/ sem querer descobriu quem eu sou/ porque sou sua alma calada..."

O cantor, compositor e violonista Mauro Marcondes tem aproveitado esse período de pandemia para dedicar-se, ainda mais, aos trabalhos de composição e gravação de suas músicas. O artista esteve afastado, durante anos a fio, do seu ofício predileto por conta de uma outra bem-sucedida carreira. Executivo e homem público dedicado às atividades de planejamento governamental e execução de políticas públicas voltadas ao desenvolvimento do País e de integração da América do Sul, Mauro Marcondes trabalhou em Washington, no Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID, como um dos seus diretores. Antes, foi presidente da agência do governo br asileiro que financia a inovação, a ciência e a tecnologia nacionais - FINEP. Também trabalhou no Ministério da Saúde e no Ministério do Planejamento como Secretário de Planejamento.  Mas nada disso fez com que abdicasse de sua maior paixão: a música. E entende do riscado, não é apenas um "hobbie". Tanto que, desde o início suas canções despertaram o interesse e foram gravadas por algumas grandes cantoras como Sandra de Sá, e foi ganhador e/ou finalista de muitos festivais país afora.

Nenhum comentário