Novidades

[News]A 2ª edição do Degusta Tijuca, realizada nos dias 13, 14, e no feriado de 15 de novembro, superou todas as expectativas.

 2ª edição do Degusta Tijuca, realizada nos dias 13, 14, e no feriado de 15 de novembro, superou todas as expectativas.




Para o fim de semana prolongado a pedida foi perfeita, delícias e muitas novidades encantaram os tijucanos, até moradores de outros bairros bateram ponto nos 3 dias de evento. Onde uma infinidade de sabores aportou no Arena Tijuca, área de 2.200m² montada na Rua Uruguai, entre a Rua Conde de Bonfim e a Avenida Maracanã, que teve o trânsito parcialmente interrompido.




Com a retomada das atividades ao ar livre e eventos de rua, o carioca estava ávido para sair, encontrar amigos, e claro, tomar umas bebidinhas e descobrir tendências gastronômicas, esses dois últimos pontos são os pilares do Degusta Tijuca, trazendo os melhores quitutes dos botecos, restaurantes e chefs do Rio.




Degusta Tijuca foi idealizado pelo restaurateur e produtor cultural Otto Grunewald, ou simplesmente o Otto, uma referência localTem curadoria dPedro Landim, o expert em gastronomia trouxe um time de 1ª linha, onde 23 tendas eram disputadas pelo público por quase todos os momentos, desde a abertura até o final. Não é pra menos, afinal, em torno de 15 mil pessoas passaram pelo festival.

O festival ganhou também destaque por oferecer música de qualidade, com sets imperdíveis de jazz, bossa nova e black music. A cargo de artistas como as cantoras Thaís Motta e Fernanda Santana, banda Jet Samba Black, entre convidados surpresas.

Na ala das comidinhas.... comidinhas não!!!!! legítimos banquetes preparados pelas mãos do chef Rafa Ramos, leia-se programa Mestre do Sabor, com seus assados e defumados na churrasqueira estilo pit smoker. Outras estreias fizeram sucesso, como a rapaziada Unidos do Largo da Prainha, que trouxeram petiscos da Casa Porto e do Bafo da Prainha, sensação da região portuária. Maria Lôca, bar na Tijuca, mandou bem com o sanduba de pernil com abacaxi e molho especial e as empadinhas, assim como Brooklyn Chicken, Lecker Defumados, Lima Cocina Peruana, Po’Boys e Marmitinha Gourmet, que fizeram seu batismo no evento. Destaque também para o bolinho de bacalhau recheado do Alemão Carioca.  

Os acarajés majestosos do Cheirinho de Dendê, de Rosa Perdigão deram um show, além das incríveis cocadas. O famoso Caldo da Nêga, de Bárbara dos Santos, também foi disputadíssimo, assim como os suculentos hambúrgueres da HOB Hambugueria e Wursteria com seu famoso hot dogs artesanalE sabe que tinha sabores veganos também? Representados pela Natú Petiscos Vegetarianos. Pois é, opções para todos os gostos. Sem falar no BUSteco, um ônibus de verdade transformado em um boteco charmoso, que ficou estacionado na área do evento.

"Desde que fizemos o 1º Degusta Tijuca, assumimos a responsabilidade de realizar a 2ª edição de qualquer jeito, a pressão veio não só de quem participou no ano passado, mas de novos parceiros. O resultado foi tão bom, que já estou na produção para o Degusta em outros bairros do Rio, iremos da zona norte à zona sul, em parceria com bares locais e polos gastronômicos”, declarou Otto.

Outros resultados - Os cannollis da Abboccato tiveram que ser repostos em todos dos dias, o Atelier Bella.Ro também teve uma demanda considerável. Na ala das bebidinhas, o Batida Carioca agradou em cheio, com suas minis degustações. Wine Way correspondeu bem, tendo ainda Eisenbahn liderando o ranking das cervejinhas.
 
Imagine uma infinidade de sabores, a cargo do Buffet Guanabara, quitutes do Otto (precursor no Rio em servir o palmito 'in natura' na casca e em realizar festivais como o de carnes de caça e fondue), Po’Boys e Brewteco. Ou seja, experiências incríveis, onde foi bem interessante ver famílias, casais e crianças curtindo, teve até uma comemoração de aniversário e com direito à parabéns e bolo. Assim como a edição anterior, o Degusta Tijuca se consagra novamente como um dos melhores eventos do ano. 

Foto de Robson Moreira

Nenhum comentário