Novidades

[Resenha] 27 Dias

 
Sinopse: O que você faria se a morte te desse uma segunda chance?

Quando Archer Morales dá fim a sua vida, todos os colegas de escola ficam abalados. Hadley Jamison sente a perda de forma mais acentuada. Eles estudavam na mesma sala e só agora ela percebe que nunca conversou com Archer – o que a faz se questionar como não notou que havia algo de errado acontecendo.

Tentando entender e lidar com aquela atitude trágica, Hadley vai ao funeral de Archer. Após conhecer a família dele, ela é abordada por um homem sombrio, que se apresenta como Morte, e faz uma proposta surpreendente e, ao mesmo tempo, assustadora.

Ele oferece 27 dias para Hadley voltar no tempo e alterar o passado. 27 dias para ela ajudar Archer a mudar seu destino ou, então, Hadley é quem sofrerá as consequências. Mesmo confusa, a jovem aceita a proposta. Sua missão não será fácil. Com os dias correndo, ela tem pouco tempo para ajudar Archer a sair do caos que o levou a cometer um ato tão brutal. Mas entrar na mente de uma pessoa em desespero pode colocá-la igualmente em perigo.

O que achei? Escrito por Alison Gervais e lançado pela Faro Editorial, 27 Dias é um livro de suspense que fala sobre temas como suicídio, solidão, traumas, mas também fala de família, amizade, companheirismo, confiança, apoio e amor.

A premissa do livro é bem interessante e usa do tema viagem no tempo de forma original, convincente e emocionante. Os temas tratados no livro são difíceis, mas a autora os desenvolveu de forma delicada e sem oferecer soluções fáceis demais ou superficiais, já que não é com apenas uma conversa ou amizade à primeira vista que todos os problemas são magicamente resolvidos.

Hadley e Archer são – à primeira vista – personagens completamente opostos, mas conforme o leitor vai conhecendo-os melhor, percebe que eles têm em comum a solidão, apesar de Archer ser sozinho porque ele escolhe afastar as pessoas e Hadley é sozinha por ter uma vida familiar com pais ausentes. Ao longo da história, Archer e Hadley vão encontrando um no outro aquilo que falta em suas vidas. 
 
Os obstáculos que Hadley enfrenta para salvar Archer - sobrenaturais ou não - servem de analogia que não é fácil ajudar uma pessoa com tanta bagagem emocional e traumas. 

Os personagens secundários que tem mais destaque no livro é a família de Archer. Apesar de terem passado por experiências difíceis, são uma família unida e amorosa. É através deles que descobrimos muito sobre Archer, já que ele é um personagem que não se abre muito.

Hadley não é uma personagem superficial, mas – ao se deparar com uma realidade social, emocional e até mesmo econômica diferente da sua – ela vai amadurecendo ao longo do livro.

Enfim, 27 Dias é um livro que mantem o leitor interessado do início ao fim e a contagem regressiva cumpre bem o papel de nos deixar tensos e ansiosos para saber como a história irá terminar e se Hadley conseguirá cumprir sua missão.

O livro está em fase de negociações para uma adaptação para os cinemas e, com o elenco, roteiro e direção certa, pode ser uma boa adaptação. 
 
Escrito por Michelle Araújo Silva




Nenhum comentário