Books Brasil Books

Novidades

[News]King, Azzy e Kawe lançam videoclipe de “Sadomasoquismo”

 King, Azzy e Kawe lançam videoclipe de “Sadomasoquismo”

Trio está no cinema cantando o single que faz parte da trilha sonora de “Me Tira da Mira”, filme produzido e protagonizado por Cleo que também assina o projeto do álbum.




Foto: André Senna / Comunicação: Porque Assessoria


“Me Tira da Mira” está em mais de 400 salas de cinema em todo o Brasil. E quem também chegou estreando nas telonas foram King, Kawe e Azzy que pela primeira vez assinam uma faixa que compõe a trilha sonora de um filme. A música “Sadomasoquismo” está disponível nas principais plataformas de áudio - ouça agorahttps://ingrv.es/sadomasoquismo-me-tira-w4r-t - e também tem clipe - assista aqui.




Para King, que já esteve ao lado de Cleo em outros projetos, “Sadomasoquismo” coroa essa conexão entre as artistas. “Sou uma grande fã da Cleo, não é a primeira vez que trabalho com ela, mas esse convite foi bastante especial por ser a primeira música que assinei para uma trilha sonora de cinema, e que integra um álbum apenas com nomes monstruosos da música brasileira”, explica a carioca.  


Kawe também frisa a importância do projeto. “Mano, a experiência foi nova, a gente que é do movimento mais rua fazer uma parada pra dentro de um filme é bem fora da caixa, estar É uma realização foda. Estou muito feliz por essa conquista”, comemorou o trapper que ainda elogiou o trabalho de Azzy e King, “São duas minas muito talentosas, somar com elas e unir as forças de SP e RJ com essas minas que representam a cena é muito brabo”.


Azzy ainda afirma que estar em uma trilha sonora reforça o quanto tanto ela quão Kawe e King ultrapassam diversos limites. “É extremamente satisfatório porque são portas que pra quem vem do rap nacional seriam fechadas. E representar isso de uma forma tão livre, com tanto empoderamento é demais”.


“Sadomasoquismo” faz parte do álbum de “Me Tira da Mira”. O disco foi lançado em duas partes e ainda conta com uma versão deluxe, prevista ainda para o primeiro semestre. São  12 faixas, sendo quatro regravações e oito músicas inéditas, nas vozes de 28 grandes artistasda música brasileira e internacional. Nomes como Thiaguinho, Carol Biazin, Renegado, Alcione, Pabllo Vittar, Elza Soares, Dilsinho, Xamã, Cleo, Vitão, Ella & The Pepper Juice, Franglish, entre outros.


Cleo assina a produção executiva do álbum ao lado de Jenni Mosello e Diego Timbó. Ambos também fazem parte da direção artística do projeto, ao lado de Lucas Vaz. A produção fonográfica é de Gabriel Guper e Grape Sound Lab, selo responsável pelo álbum em conjunto com a produtora artística Uno Criativo. 



LETRA

Sadomasoquismo


Ele me chamou pro canto 

De cara finge de santo 

Te pego 

Arrasto pra lambo 

Na cama 

Faço de bobo 

Tu e teus amigos todos 

Se estressa 

Arrasta pro lado

Sou eu quem manda na área 

Me enrola 

A gang te passa 

Sem tempo pra pouca nota 

Só cola com conta alta 

Respeita 

A mãe te soca 

Aplica na sua cara 

Se soma grana 

Repassa 

Se some a gang te acha 

Tá quente no microondas 

Vingança em prato de prata 


No meu quarto 

De bandido 

Nosso caso 

É no sigilo 

Bota bota 

Seu safado 

Que hoje é sadomaso 


No meu quarto 

De bandido 

Nosso caso 

É no sigilo 

Bota bota 

Seu safado 

Que hoje é sadomasoquismo 


No meu quarto de bandido 

Pego tu e teu marido 

Yeah 

Tuas amigas 

Teus amigos 

Deixa tudo no sigilo 

Que hoje é sadomaso


No meu quarto de bandido 

Pego tu e teu marido 

Yeah 


Azzy na voz ... 

Me tira da tua mira 

Que eu sei que você pira 

Quando o meu olho vira 

Você vai pedir de novo 

Nós tá sempre na pista

Pagando tudo a vista 

Virei capa de revista 

Tamo na boca do povo 

Então vê se tu atura 

Piscando a viatura 

Sente a temperatura 

Você pode se queimar 

Te causo um tormento 

Não pergunta se eu aguento 

Rebolando no talento 

Pronto pra te macetar 


Eu vou te levar comigo 

Agora tu é meu bandido 

Te colocar em perigo 

Sei que nisso tu é perito 

E você vai comigo 

Vai vai vai (então vem)

Vai vai vai (então vem)

vai vai vai 

Vai vai 


Kawe 

Pede pro pai te patrocinar nessa

Sei que cê quer mais do que só sentar

Ela vem

Vai jogando o charme que só você tem

Cai com a bunda que assim sei que manda bem

<Como é que> você fica pelada sessão de <bate> não para 

Me pede tapa na cara 

Só não vale gritar

<Vai me dar, mete, mama>

De bandidona destrava Glock na cara dos cara que quer se aproximar


<Vodka> eu passo o trem

Já falei sou de ninguém

Mas se quiser de novo, quero também


<>


Que hoje é sadomasoquismo 

No meu quarto de bandido 

Pego tu e teu marido 

Yeah 

Tuas amigas 

Teus amigos 

Deixa tudo no sigilo 

Que hoje é sadomaso 

No meu quarto de bandido 

Pego tu e teu marido 

Tuas amigas 

Teus amigos 

Deixa tudo no sigilo 

Que hoje é sadomasoquismo


SOBRE KING

Considerada como “uma das principais compositoras negras da música pop” pela revista Vogue, a Dona do Baile não para. Em 2022, King participou da trilha sonora do filme “Me Tira da Mira”, além disso, está confirmada cantora e compositora nos álbuns de Preta Gil, Jenni Mosello, Negra Li. Após estrear como atriz na série "Onde Está Mariana" e se apresentar em grandes festivais, como Oi Conexidade, REP Festival e Rock in Rio, King se destaca internacionalmente com composições que alcançaram o “Top 50 Global” do Spotify. Ela também é compositora do hit “VIP”, interpretada por Luísa Sonza e o rapper americano 6lack, de acordo com a plataforma e escolhida como “Melhor Música do Ano”. King ainda assina outros singles de sucesso como . Em 2021, lançou “Travessia”, projeto contemplado pela Lei Aldir Blanc que englobou seu primeiro EP que ultrapassa os 100 mil streams, e conta com uma série animada, lançada através do “Cleo On Demand”.


SOBRE KAWE

Idealizador da  “Batalha da Praça”, Kawe começou a carreira participando de  batalhas como a “Batalha da Roosevelt”, “Batalha da Conc” e “Batalha da Leste”. O reconhecimento do público rapidamente o levou para a gigante “Batalha da Aldeia”. A partir disso, sua trajetória foi cada vez mais vitoriosa. Aos 22 anos de idade, Kawe tornou-se o rapper número #01 do Spotify Brasil. Atualmente, ele segue entre os primeiros da lista da plataforma de streaming com mais de 5,2 milhões de ouvintes mensais. Além disso, são mais de 500 milhões de visualizações no Youtube e 1.2 milhão de seguidores no Instagram. Com os hits MDS e Iluminado, o artista conquistou dois Discos de Diamante (mais de 100 milhões de streaming, cada). Ele também ganhou outras importantes certificações: disco de Platina Duplo (Iluminado), dois discos de Platina (Gigante e Brilho) e três discos de Ouro (Jordan, Modo Trapaça e Portugal). Kawe é artista da Elenko Music e da OQ Produções.


SOBRE AZZY

Azzy está entre as artistas de maior sucesso da nova geração de música urbana do Brasil. Com cerca de 3 milhões de ouvintes mensais no Spotify e mais de 1 bilhão de views no YouTube, a cantora e compositora de apenas 20 anos tem uma história de vida que traz um contexto de força, superação e poesia para suas letras autobiográficas. Seu primeiro grande sucesso foi “Fedendo a Ódio”, lançado pela Pineapple em 2018. Aliás, a gravadora revelou Azzy que faz parte de quatro edições do Poesia Acústica. Atualmente, Azzy está gravando um documentário sobre sua trajetória de vida e profissional, além de ter uma série de lançamentos importantes preparados para 2022. Com o retorno dos shows, conforme as liberações dos eventos frente à pandemia, a volta aos palcos também já começou, e a agenda está movimentada. Azzy esteve no Rep Festival - apontado como o maior evento de rap nacional do Brasil - e irá rodar o país nos próximos meses. Ela faz parte do casting da DK Produções.

Nenhum comentário