Novidades

[Resenha] Hackeando Darwin

 

Sinopse:

Após 3,8 bilhões de anos, a humanidade está prestes a começar a evoluir com novas regras... uma revolução futurista vai sacudir os fundamentos de nossa vida: sexo, amor e morte. Nosso DNA está se tornando tão legível e rastreável que será possível hackeá-lo como qualquer dado ou informação tecnológica. Mas tudo tem seu preço... as escolhas que faremos hoje serão a diferença entre realizar avanços impressionantes ou uma corrida genética perigosa e, potencialmente, mortal.

Este livro é um convite para entrar nos laboratórios onde os cientistas estão transformando ficção científica em realidade. Olhe para um futuro em que nossas questões éticas serão desafiadas de modo quase irreal, e a própria essência do que significa ser humano estará em transformação.

                           O quê eu achei?

Eu quis pedir esse livro porque sempre me interessei por livros de ciência e quando li a sinopse, soube que deveria pedi-lo na hora. Quando chegou e comecei a me aventurar em suas páginas, não me arrependi nem um pouco.

Jamie Metzl é uma referência internacional em tecnologia, saúde futurista, geopolítica, é phD em História Asiática por Oxford e Doutor pela Universidade de Direito de Harvard. Já trabalhou no Conselho Nacional de Segurança dos EUA, Departamento de Estado, Comitê de Relações Exteriores do Senado e como Oficial de Direitos Humanos da ONU no Camboja. Em fevereiro do ano passado, a Comitê das Nações Unidas para o desenvolvimento de padrões globais, governança e supervisão da edição da edição do genoma humano.

O autor começa contando sobre como funcionará as clínicas de fertilidade no futuro e como a engenharia genética nos ajudará a tornas os filhos mais aptos, mais inteligentes, menos propensos a determinadas doenças, etc, através de respostas a questões como: ``Se você pudesse prevenir que seu filho tivesse uma doença terrível, faria isso por meio de fertilização in vitro e triagem embrionária? Você aceitaria selecionar um gene que determinasse que seu filho tivesse um determinado estilo de personalidade?`. Tudo é apresentado em linguagem acessível e o tradutor Renan Cardozo fez um ótimo trabalho, com frases bem estruturadas que prendem a atenção do leitor. Tanto leigos quantos leitores experientes com textos das áreas de ciências apreciarão a leitura. 

À primeira vista, a ideia de poder ``programar`` o código genético do seu filho pode parecer uma ideia radical mas pense melhor: se no nosso cotidiano, já tomamos decisões essenciais como onde morar, onde trabalhar, o parceiro ideal, etc, por quê não optar pelo gene que garantirá uma vida mais saudável às futuras gerações, se temos o poder da escolha? A tecnologia e a medicina avançam a níveis nunca vistos na história da humanidade e ela sempre procura melhorar nossa qualidade de vida,

Além de engenharia genética, Metzl também aborda outros assuntos como a tendência das pessoas fazerem menos sexo no futuro e optarem por métodos artificiais de concepção.

`´Hackeando Darwin`` foi considerado o novo Sapiens-que eu não posso atestar porque li apenas trechos do livro do Yuval Noah Harari.Mas posso dizer que para uma entusiasta da ciência como eu, foi uma leitura muito prazerosa. 

                                                                                                              




Nenhum comentário