Novidades

[News]Scott Storch estreia "Fuego Del Calor (Remix)", com produção de Papatinho e versos de Ludmilla

 

SCOTT STORCH ESTREIA “FUEGO DEL CALOR (REMIX)”, COM PRODUÇÃO DE PAPATINHO E VERSOS DE LUDMILLA

 

 

Scott Storch, um dos maiores artistas do pop e hip hop de estúdio, compositor multi-platina e produtor conhecido por assinar melodias de teclado e incorporar sons inspirados no oriente médio em incontáveis hits para artistas que incluem Beyoncé, Post Malone, Roddy Ricch, A Boogie Wit Da Hoodie, P!nk, T.I., Fat Joe, Big Boi, Nas, Snoop Dogg, Lil’ Kim e The Roots, para citar apenas alguns, estreia uma nova versão do grande sucesso da carreira, “Fuego Del Calor”. Colaboração original com Ozuna e Tyga, a música agora ganha um remix produzido pelo beatmaker, produtor e DJ Papatinho, diretamente do estúdio dele, no Rio de Janeiro, e versos de Ludmilla. Juntos, os artistas dão um toque de brasilidade à música ao incluírem batidas do funk no hit.

 

Clique aqui e confira o lyric vídeo de "Fuego Del Calor (Remix)":

 

Sobre a colaboração, Ludmilla – um dos principais nomes da música pop do Brasil – comentou: “se é para botar funk na música é com a gente mesmo! Só posso dizer que estou sentindo a responsa que é trabalhar uma música do Scott, que é um artista com tanta bagagem e tão premiado. É do caramba! Mas, ao mesmo tempo, é uma baita felicidade, porque é o funk chegando cada vez mais em longe, em lugares que, antes, considerávamos inalcançáveis”.
 
“Fuego Del Calor (Remix)” com Papatinho & Ludmilla, já disponível em todas as plataformas digitais, é mais uma música que promete ser um sucesso do produtor. Scott Storch é responsável por estar por trás das cenas em diversos singles de peso nas últimas duas décadas, incluindo a faixa certificada platina e nominada ao Grammy Award “Candy Shop (feat. Olivia)”, de 50 Cent; “Cry Me A River”, de Justin Timberlake, “Lean Back (feat. Fat Joe & Remy Ma)”, de Terror Squad; “Still D.R.E. (feat. Snoop Dogg)”, de Dr. Dre; “Run It (feat. Juelz Santana)”; de Chris Brown, “Let Me Love You”, de Mario; “Fighter”, de Christina Aguilera; e “TR666”, de Trippie Redd and Swae Lee’s, entre outros.

 

 

Sobre Scott Storch:
 
Depois de quase três décadas de trabalhos na indústria fonográfica, Scott Storch segue ocupando o mesmo lugar, abençoando gravações com com assisturas próprias – marcas registradas do trabalho do artista, repertórios de beats e um toque sem erros. Com oito Grammy Awards no currículo e mais de 100 milhões em vendas sob o nome dele, o icônico produtor discográfico expande trabalhos em dezenas de sucessos que são topo dos charts, incluindo a vencedora do Grammy, do The Roots, “You Got Me (feat. Erykah Badu & Eve)”, o clássico do Dr. Dre “Still D.R.E. (feat. Snoop Dogg)”, “Lean Back (feat. Remy Ma)”, sucesso de Fat Joe, “Naughty Girl”, de Beyoncé, “Undecided”, de Chris Brown e “Zack and Codeine”, de Post Malone”. Membro fundador do The Roots, Storch recebeu uma série de honrarias ao longo da extraordinária carreira, incluindo prêmio de “Compositor do Ano”, em 2006, pela ASCAP.

 

 

Sobre Papatinho:
 
Autodidata, o DJ, produtor e beatmaker Papatinho veio à tona com o grupo Cone Crew Diretoria, sucesso absoluto do rap nacional. Com a carreira solo, entre as principais parcerias estão Criolo, Anitta, Marcelo D2, Black Alien, Sabotage, Mr. Catra e Ludmilla. Já os nomes internacionais estão will.i.am (Black Eyed Peas) e outras super estrelas como Travis Barker (Blink 182), The Game e Snoop Dogg. Seu último hit é “Lance Criminoso” com BK, MC Cabelinho e Xamã e antecede o álbum “Workaholic”.
 
Sobre Ludmilla:
 
Dona de uma voz potente e talento singular para compor, Ludmilla nasceu na cidade de Duque de Caxias, no Rio de Janeiro e, aos 8 anos de idade, descobriu sua vocação para cantar. Após o primeiro sucesso e com carreira ascendente, Ludmilla assina, em 2014, contrato com a Warner Music Brasil e, em seguida, emplaca o single “Sem Querer”. De lá para cá, a cantora lançou os álbuns “Hoje” (2014) Além de “Te Ensinei Certin”, o clipe de “Hoje” tornou-se uma das mais celebradas canções da artista e, nos dias atuais, tem mais de 100 milhões de visualizações no YouTube. “A Danada Sou Eu” (2016), segundo álbum da carreira de Ludmilla, contou com as participações de Filipe Ret, Jeremih e Gusttavo Lima e a consagrou, definitivamente, como referência de funk brasileiro – o trabalho foi indicado ao Grammy Latino de Melhor Álbum Pop Contemporâneo de 2017.O ano de 2018 é marcado por uma explosão de sucessos com os singles  “Solta a Batida”, “Não Encosta”, “Din Din Din” e “Jogando Sujo” – todos atingindo o topo das paradas de streaming e rádidos. Com duas turnês realizadas na Europa, lança o terceiro e último álbum e DVD, “Hello, Mundo” (2019), repetindo o sucesso de crítica e público e com participações de Léo Santana, Jão, Simone & Simaria, entre outros. Em 2020, de “Cobra Venenosa”, Ludmilla prova a versatilidade como intérprete  no EP “Numanice”, composto de seis faixas inéditas dedicadas ao pagode.

Instagram: instagram.com/scottstorchofficial

PR/WMB

Nenhum comentário