Novidades

[News]Mostra ‘Peraltagens’ traz programação especial gratuita para o Dia Internacional dos Contadores de Histórias

Mostra ‘Peraltagens’ traz programação especial gratuita para o Dia Internacional dos Contadores de Histórias

Apresentações artísticas e oficinas de formação são algumas das ações virtuais do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias


Crédito Flavio Salgado

 

Peraltagens é uma mostra virtual do acervo particular do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias, com obras feitas de tecido e inspiradas em contos do mundo inteiro e autores renomados. A partir do dia 20 de março, celebrando o Dia Internacional dos Contadores de Histórias, o grupo elaborou uma programação voltada para toda a família, sobretudo o público infanto-juvenil, com exposição virtual, visitas guiadas, sessões de histórias e oficinas de formação de contadores de histórias. Serão realizadas ao todo 33 ações virtuais distribuídas pelas redes sociais da Biblioteca Parque Niterói, do grupo Os Tapetes Contadores de Histórias e de instituições parceiras. O projeto é viabilizado pela Lei Aldir Blanc, por Edital da Secretaria de Cultura e Economia Criativa SECEC/RJ, Edital Retomada Cultural - Estado do Rio de Janeiro, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo e Governo Federal.

 

A mostra reúne o vasto acervo de cenários de tecido costurados ao longo de 23 anos no Brasil, França e Peru pelo grupo. São tapetes, malas, painéis, maquetes, objetos e livros de pano que servem de cenários para narrativas tradicionais do mundo inteiro, e contos de renomados autores nacionais como Ana Maria Machado, Carlos Drummond de Andrade, Graciliano Ramos, Ricardo Azevedo e Sérgio Capparelli, que ganharão vida durante o Dia Internacional dos Contadores de Histórias. “Esta data tomou um novo significado durante a pandemia, pois as famílias puderam conferir em casa, de forma virtual, o nosso trabalho e entender a importância do trabalho lúdico de contar histórias e o papel do contador que leva narrativas orais de origens diversas, conhecimento e emoção para dentro da casa das pessoas”, diz Warley Goulart, coordenador geral do projeto.

 

Com duração média de 10 minutos cada, serão realizadas 12 visitas guiadas virtuais, com mostra de acervo e temas variados, que serão exibidas pelo canal do YouTube do grupo. Também serão oferecidas sessões de histórias abertas para o público em geral, que poderão ser conferidas pelo Instagram e Facebook da Biblioteca Parque Niterói. E, ainda, será realizada uma oficina online de formação de contadores de histórias via Zoom, com duração total de 12h, distribuídas em 4 encontros de 3 horas, para até 25 participantes. Ministrada pelos coordenadores do grupo e idealizadores do projeto, a oficina será exclusivamente para os inscritos pelo Instagram dos Tapetes Contadores de Histórias, a partir do dia 18 de março.

 

SOBRE O GRUPO OS TAPETES CONTADORES DE HISTÓRIAS

 

Há 23 anos, o grupo carioca Os Tapetes Contadores de Histórias cria e utiliza tapetes, painéis, malas, aventais, roupas, caixas e livros de pano como cenários de contos autorais e populares de origens diversas, a fim de despertar o imaginário de crianças, jovens e adultos para as artes e a leitura. Referência internacional na pesquisa sobre infância e cultura, oralidade e artes visuais, intersecções entre texto e têxtil, e manifestações plásticas que os povos criam como cenários para suas narrativas, o grupo já se apresentou e ministrou oficinas em várias cidades do Brasil, e em outros países como Austrália, Índia, México, Espanha, Portugal, Benin, Marrocos, Peru, dentre outros.

 

Coordenado por Warley Goulart, o grupo produz espetáculos, sessões de histórias, oficinas de formação de contadores, exposições interativas e projetos culturais que envolvem oralidade, artes visuais e teatro. São eles: Cadu Cinelli, Warley Goulart, Edison Mego, Rosana Reátegui e Andréa Pinheiro. Em 2020, o grupo adaptou seus 23 anos de experiência para as plataformas virtuais e participou de mais de 100 lives no Brasil e exterior, narrando em português, inglês e espanhol. Participou de lives na Austrália, Índia, México, Argentina, Peru e Espanha. O grupo também participou, de forma remota, do projeto ARTE DA PALAVRA do Sesc Nacional, maior projeto de literatura do país. Ministrou também inúmeras oficinas pelo Instituto de Leitura Quindim. 

 

PROGRAMAÇÃO DETALHADA:

 

- Exposição virtual, com 12 visitas guiadas:
17 de março a 08 de abril, pelo YOUTUBE/tapetescontadores.

- 06 Sessões de histórias, abertas para o público em geral:
20 de março a 04 de abril (aos sábados, 11h e 17h) pelo INSTAGRAM e FACEBOOK /bibliotecaniteroi. 

- 14 Sessões fechadas para escolas públicas e particulares:
29 de março a 02 de abril, pelas redes sociais das escolas inscritas.

- 01 Oficina de Formação de Contadores de Histórias:
05 a 08 de abril, 18h30 às 21h30 (segunda a quinta), pelo ZOOM.
* Inscrições a partir de 18 de março pelo Instagram/tapetescontadores.

 

FICHA TÉCNICA

Coordenação Geral e Curadoria: Warley Goulart | Ações Artísticas e Acervo Exclusivo: Os Tapetes Contadores de Histórias (RJ, Brasil) | Contadores de Histórias: Cadu Cinelli, Rosana Reátegui e Warley Goulart | Programação Visual: Rodrigo Menezes | Vídeos: Flávio Salgado | Fotos: Flávio Salgado | Streamming: Venner Filmes| Vinheta Musical: Grupo Água Viva, especialmente para Os Tapetes Contadores de Histórias |Assessoria de Imprensa: Target Assessoria de Comunicação | Assistente de Produção: Manoel Gonçalves | Direção de Produção e Produção Executiva: Caleidoscópio Cultural.

Realização: Caleidoscópio Cultural | Projeto viabilizado pela Lei Aldir Blanc, por Edital da Secretaria de Cultura e Economia Criativa SECEC/RJ | Edital Retomada Cultural - Estado do Rio de Janeiro | Secretaria Especial da Cultura | Ministério do Turismo | Governo Federal.

Site: https://www.tapetescontadores.com.br 
Instagram: https://www.instagram.com/tapetescontadores
Youtube: https://www.youtube.com/user/tapetescontadores

Facebook: https://www.facebook.com/tapetescontadores


PR/Rosa

Nenhum comentário