Novidades

[News] Festival dedicado à trilha sonora de cinema homenageia Ennio Morricone

Totalmente online e gratuito, “Festival Luz, Câmera e Close de Música de Cinema” irá discutir a importância da trilha sonora no cinema

O Festival Luz, Câmera e Close de Música de Cinema (FLCCMC), evento de música de cinema que aborda a importância da trilha sonora dentro das artes audiovisuais, acontece entre os dias 08 e 10 de abril, totalmente online e gratuito, no YouTube do Festival.

Na sexta-feira, dia 09 de abril, às 19h, segundo dia do festival, haverá o painel “O Legado Morricone”, numa homenagem ao grande maestro Ennio Morricone, falecido em 2020. O compositor brasileiro e admirador declarado de Morricone, Alexandre Guerra apresenta seus processos criativos e a influência do ícone italiano, acompanhado do professor Nelson Guarniero e a mediação de Tony Berchmans.

Além disso, no sábado, dia 10 de abril, às 19h, durante o show “As Canções do Oscar”, uma homenagem especial será prestada ao grande maestro.

“Ennio Morricone é um gênio, que revolucionou a trilha sonora de cinema, e sempre foi um inovador. Ele compôs diversas obras-primas que são inesquecíveis, como “Cinema Paradiso”. É impossível falar de música de cinema e não citar Morricone como uma referência”, afirma Tony Berchmans.

Homenageado

Ennio Morricone, que morreu ano passado aos 91 anos, é um dos maiores compositores de trilhas sonoras da história do cinema. Com canções curtas e diretas, com pianos elétricos e guitarras, Morricone se tornou um ícone ao misturar diversos elementos em suas músicas.

Ao longo da sua carreira foi responsável pela composição e arranjo de mais de 500 filmes e programas de televisão. Morricone escreveu algumas das trilhas sonoras mais conhecidas dos western spaghetti do cineasta Sergio Leone como: “Por um Punhado de Dólares” (1964) e “Era uma Vez no Oeste” (1968). Outras composições de sucesso incluem as trilhas de: “Era uma vez na América” (1984), “Os Intocáveis” (1987) e “Cinema Paradiso” (1988).

Ganhou seis prêmios BAFTA entre 1980 e 2016. Foi também indicado pela Academia de Hollywood para cinco Oscars de Melhor Trilha Sonora Original. Em 2007, Morricone recebeu pelas mãos de Clint Eastwood um Oscar honorário por sua carreira musical e, em 2016, recebeu seu primeiro Oscar pela trilha sonora de “Os Oito Odiados”, de Quentin Tarantino.

Sobre o FLCCMC

O festival foi criado para mostrar como as trilhas são feitas e o processo criativo dos compositores e realizadores e tem a curadoria e direção musical do compositor e pianista Tony Berchmans e a idealização do produtor Paulo Bastos.

Por meio de workshops interativos, painéis, shows e performance, compositores, artistas, estudiosos e diretores poderão esclarecer dúvidas, trazer curiosidades e contar um pouco mais sobre as trilhas sonoras.

Com convidados como André Abujamra, Antônio Pinto, Ricardo Herz, Ciça Lucchesi, entre outros, o Festival traz ao público um recorte deste segmento artístico tão importante e fundamental para a sétima arte.

O Festival Luz, Câmera e Close de Música de Cinema foi selecionado e contemplado pelo edital N° 40/2020 do PROAC EXPRESSO LEI ALDIR BLANC.

Sobre Tony Berchmans

Compositor, pianista, produtor musical, professor especialista em música de cinema, Tony Berchmans iniciou sua formação musical aos 7 anos de idade, tendo estudado piano, violoncelo, flauta e teoria musical.

Produziu trilhas sonoras para diversos curtas-metragens como "O Retrato da Felicidade", com Ana Lucia Torres e Wagner Molina, e compôs a música original para o longa "Amores Imperfeitos", de Márcio de Lemos.

Em 2006, lançou o livro: "A MÚSICA DO FILME - Tudo o que você gostaria de saber sobre a Música de Cinema". 


Em 2007, foi o curador do “Música em Cena - 1º Encontro Internacional de Música de Cinema”, que contou com a participação de Ennio Morricone, Gustavo Santaolalla, Antônio Pinto, entre muitos outros. É membro votante da WSA Academy (World Soundtrack Awards - Bélgica).

Em 2011, criou o espetáculo CINEPIANO Tony Berchmans e, desde então, já realizou mais de 150 concertos em prestigiadas instituições culturais brasileiras e internacionais.

Em 2018, iniciou a série "CINEPIANO Sessions", no YouTube, em que cria novos arranjos para canções clássicas do cinema, com convidados especiais.

Sobre a PBO

A PBO Entretenimento é uma produtora, idealizada por Paulo Bastos, para criar e executar projetos autorais e de terceiros. A produtora faz curadorias, direção, produções artísticas e musicais, agenciamentos, contratações, criação de conteúdo cultural, além de produções e PR Cultural. A PBO também atua com bandas, cantores, Live PA, Performances e DJ’s. 
 
Serviço

Festival Luz, Câmera e Close de Música de Cinema


Onde: Exibições pelo Youtube e retransmissão pelo Facebook.
Siga também o Festival no Instagram.
Quando: De 08 a 10 de abril
Quanto: Gratuito
Use nossas hashtags #luzcameraeclose #FLCCMC #trilhasonora




Nenhum comentário