Novidades

[News] É Tudo Verdade exibe curta sobre Zuza Homem de Mello, de Jorge Bodanzky

 



Marcando uma semana da despedida do crítico e historiador musical, Zuza Homem de Mello (1933-2020), em homenagem à sua carreira e ao legado que deixou para a história da cultura nacional, o É Tudo Verdade exibe neste sábado, 10 de outubro, a partir das 11h,  em seu canal do YouTube, o curta “Zuza Homem de Mello”, do cineasta Jorge Bodanzky. A transmissão vai ser seguida de entrevista com Bodanzky conduzida por Amir Labaki, diretor-fundador do festival.

Uma semana antes de falecer, Zuza assistiu à produção em sua homenagem e deixou uma carta ao diretor, que estava prestes a estrear “Utopia, Distopia” na 25ª edição do É Tudo Verdade.


A seguir a carta na íntegra:


 


CARTA DE ZUZA AO DIRETOR JORGE BODANZKY


Meu querido Jorge,


Acredite que somente hoje é que pude ter a alegria de ver aquele documentário feito há quase 5 anos atrás.


Fiquei impressionado como você pode extrair daquele bate papo tão informal o material para esse filme...


Quanta coisa veio à tona de minha vida, de meus tempos, do Jazz e da música brasileira.


Engraçado notar que grande parte do que foi dito acabou ocorrendo nos 5 anos seguintes, entre eles o livro sobre o samba-canção (Copacabana, a trajetória do samba-canção, Editora 34) que não sei se você tem.


E agora a biografia de João Gilberto que estou finalizando para ser lançada no início de 2021.


Tudo se encaixa nesse seu filme em que tive a honra de participar.


Muito obrigado Jorge, Marcia e toda a equipe.


Ganhei meu dia. Obrigado pelo envio.


Pretendo assistir "Utopia, Distopia" o quanto antes e cuja repercussão já se faz sentir.


Que seja assim.


Um abraço deste admirador e amigo,


Zuza


24 setembro 2020


 


Serviço


Exibição inédita de “Zuza Homem de Mello” + entrevista de Jorge Bodanzky a Amir Labaki


Data: 10 de outubro

Horário: 11h

https://www.youtube.com/user/festivaletudoverdade


 


Sinopse: Zuza Homem de Mello abre as portas de sua casa para compartilhar parte de sua história com a música. Apresentando a sua coleção de vinis e cd?s, Zuza relembra os primeiros anos vivendo em Nova York, quando conheceu nomes expressivos do Jazz. Passando por diferentes gêneros e estilos musicais, ele relembra as histórias de sua trajetória como jornalista musical.


Zuza se especializou em história da música popular brasileira (MPB). Atuou como baixista na noite até meados nos anos 1950, quando passou a se dedicar ao jornalismo. Publicou diversos livros sobre música, entre eles: Música popular brasileira cantada e contada (1976), A Era dos Festivais (2003) e Música com Z (2014). Faleceu em 04 de outubro de 2020, deixando importante legado para a música brasileira. 



Curta-metragem, documentário, 16', 2015, inédito.

Direção: Jorge Bodanzky


Ficha técnica:


Direção: Jorge Bodanzky


Ass. de direção: Pedro Herique


Roteiro e Montagem: Bruna Callegari


Assistente de montagem: Lorena Pazzanese


Pós-produção: Espaço Líquido Audiovisual


Patrocínio: CPFL Energia


Realização: Ministério da Cultura

 



 


 

Nenhum comentário