Novidades

[News] Teatro Sérgio Cardoso recebe, na próxima quarta-feira, cerimônia de anúncio dos vencedores do Prêmio Dynamite de Música Independente 2020

 

O Prêmio Dynamite de Música Independente retorna ao Teatro Sérgio Cardoso em uma cerimônia transmitida ao vivo por meio da plataforma #CulturaEmCasa, criada pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerida pela Amigos da Arte. A cerimônia que irá anunciar os ganhadores das 19 categorias será realizada dia 14 de outubro, quarta-feira, a partir das 21h. O evento será apresentado por Bianca Jhordão e conta com números musicais com as bandas Replicantes, Golpe de Estado, Leela e Jonnata Doll e os Garotos Solventes – a data faz parte da programação de aniversário do Teatro Sérgio Cardoso, que chega em outubro aos seus 40 anos.

 

O Prêmio Dynamite é um projeto da ACESD sob gestão e produção da Amigos da Arte, com realização da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo. “Sem contar toda a infraestrutura, o profissionalismo e atenção da equipe e da Amigos da Arte no fomento e apoio à manifestações que não são mainstream, a expectativa para o evento é grande, porque será a primeira premiação na qual teremos o componente online e virtual em evidência. Ou seja, é literalmente um recomeço”, diz Pomba, idealizador do Prêmio Dynamite.

 

Criado em 2002 pelo produtor e ativista André Pomba, o Prêmio de Dynamite de Música Independente é a maior e mais tradicional premiação desta cena, tendo sido na época de sua criação o principal mapeador e catalizador da música independente brasileira. “Quando começamos, éramos a única premiação focada na música independente. O que mudou com o passar dos anos foi a exigência de lançamentos físicos (como CD, EP e demo) para a questão de trabalhos realizados, principalmente das plataformas de áudio e vídeo. Isso mostra que a despeito do mercado estar em retração, a cena continua pulsante e ainda tem muita coisa boa para ser mostrada”, conta Pomba.

 

Neste ano, as categorias foram divididas em Melhor lançamento de rock, Melhor lançamento de indie rock, Melhor lançamento punk / hardcore, Melhor lançamento de heavy metal, Melhor lançamento de rap / hip hop / black music, Melhor lançamento pop, Melhor lançamento de música eletrônica, Melhor lançamento de MPB, Melhor lançamento de reggae, Melhor lançamento de música instrumental, Revelação, Melhor Selo, Melhor casa de shows alternativos, Melhor Evento, Melhor revista, fanzine, site, blog ou coluna, Melhor programa de TV ou emissora, Melhor programa de rádio ou emissora, Melhor produtora, coletivo ou entidade, personalidade. Além delas, a produção oferece ainda Prêmios Especiais para o conjunto da obra de três personalidades que fomentaram a cena independente ao longo de sua trajetória.

 

Indicados de cada categoria

 

Melhor lançamento de rock

Aminoácido - "Sem Açúcar"

Autoramas - "Libido"

Blue Lips - "Dancing By The Cliff"

Disaster Cities - "Lowa"

Dom Pescoço - "Tropsicodelia"

El Efecto - "Memórias do Fogo"

Joe Silhueta - "Trilhas do Sol" 

Molho Negro - "Normal" 

Música Agosto - "Coleta Seletiva de Ideias" 

Pata - "Shit and Blood" 

Pitty - "Matriz" 

Premiere - "Premiere"

Roberta de Razão - "Só vou ter paz quando morrer" 

Selvagens à Procura de Lei - "Paraíso Portátil" 

Somaa - "O mundo quer te enganar" 

Sunroad - "Heatstrokes" 

The Mönic - "Deus Picio" 

Tublues - "Vinte" 

Violet Soda - "Violet Soda"

Zimbra - "Verniz"

 

Melhor lançamento de indie rock

Alaska - "Ninguém vai me ouvir"

Antiprisma - "Hemisférios" 

Bike - "Quarto Templo" 

Boogarins - "Sombrou Dúvida" 

Brvnks - "Morri de Raiva"

Caffeine Lullabies - "We Want You To Be Happy"

Carne Doce - "Tônus" 

Dingo Bells - "Todo mundo vai mudar"

El Toro Fuerte - "Nossos Amigos e os Lugares que Visitamos"

Glue Trip - "Sea At Night" 

Loyal Gun - "Faux Nostalgia" 

Lupe de Lupe - "Vocação"

Moons - "Thinking Out Loud" 

Old Books Room - "Songs About Days"

Oruã - "Romã"

O Terno - "<atrás/além>"

Raça - "Saúde" 

Terno Rei - "Violeta"

The Baggios - "Vulcão" 

Valv - "Nautilidae" 

 

Melhor lançamento punk / hardcore

ACruz Sesper - "The Cell"

Alcoóliques - "Poucas Ideias"

Astma - "Ghosts"

Dead Fish - "Ponto Cego"

Deafkids - "Metaprogramação" 

Duplo - "Dor Dor Dor, bb" 

Facada - "Quebrante" 

Hayz - "Não estamos mais em casa"

Lili Carabina - "Pistolar y Pogar"

Manger Cadavre? - "AntiAutoAjuda" 

Menores Atos - "Lapso" 

Os Replicantes - "Libertà!"

Pense - "Realidade, Vida e Fé" 

Quazimorto - "Cold Front" 

Rakta - "Falha Comum" 

Rosa Idiota - "Somatic" 

Sapataria - "Sapataria" 

Statues On Fire - "Living In Darkness" 

Surra - "Escorrendo pelo Ralo" 

Tuíra - "Calma e Força"

 

Melhor lançamento de heavy metal 

Ajna - "War Crimes" 

Angra - "Ømni" 

Black Pantera - "Agressão" 

Carnívoro - "Culto Pagão" 

COISO - "Abjeto"

Damn Youth - "Breathing Insanity"

Desalmado - "Save Us From Ourselves"

Escarnium - "Godless Shrine Of Decay"

Expurgo - "Deformed By Law"

Flageladör - "Predileção pelo Macabro"

Hellish War - "Wine of Gods"

Ignispace - "The Inner Source" 

Krisiun - "Scourge Of The Enthroned"

NervoChaos - "Ablaze" 

Nervosa - "Downfall of Mankind" 

Overlloud - "Splendor Solis" 

Petals Blade - "Holocausto" 

Red Razor - "The Revolution Continues"

Uganga - "Servus" 

Vodu - "Voodoo Doll"

 

Melhor lançamento de rap / hip hop / black music

Baco Exu do Blues - "Bluesman" 

Bixarte - "Faces" 

BK - "Gigantes" 

Black Alien - "Abaixo de Zero: Hello Hell" 

Diomedes Chinaski - "Comunista Rico" 

Djonga - "O menino que queria ser deus"

Drik Barbosa - "Drik Barbosa" 

Emicida - "AmarElo" 

FBC - "Padrim" 

Filipe Ret - "Audaz" 

Hot e Oreia - "Rap de Massagem" 

Kunumi MC - "Todo Dia é Dia de Índio" 

Larissa Luz - "Trovão" 

Nego Gallo - "Veterano" 

Preto - "Canto Negro" 

Rashid - "Crise" 

Rincon Sapiência - "Mundo Manicongo: Dramas, Danças e Afroreps"

Sound Food Gang - "Food Station" 

Tássia Reis - "Próspera" 

WC no Beat - "18k" 

 

Melhor lançamento pop

ÀTTØØXXÁ - "Luvbox" 

BaianaSystem - "O futuro não demora" 

Bruna Mendez - "Corpo Possível" 

Bruno Capinan - "Real" 

Clarice Falcão - "Tem Conserto" 

Duda Beat - "Sinto Muito" 

Francisco el Hombre - "RASGACABEZA" 

Jaloo - "ft (pt. 1)" 

Lau e Eu - "Selma" 

Luísa e os Alquimistas - "Jaguatirica Print" 

Magíster - "Desnormativa" 

MC Tha - "Rito de Passá" 

Potyguara Bardo - "Simulacre" 

Pratagy - "Pratagy" 

Romero Ferro - "Ferro" 

Silva - "Brasileiro" 

Thiago Pethit - "Mal dos Trópicos" 

Tuyo - "Pra Curar" 

Urias - "Urias"

YMA - "Par de Olhos" 

 

Melhor lançamento de música electrónica

Audax - "The Line" 

Autorall - "The Unpopular" 

Badsista - "Na Onda da Babylon" 

Bhaskar - "Make Me Feel" 

Cool Keedz - "Going Out" 

Daniel Peixoto - "Mastigando Humanos Remixes" 

D.I.B - "Dancefloor" 

Edgar - "Ultrassom" 

Felguk - "Work That Body" 

GEO - "GEO_01" 

Gui Boratto - "Pentagram" 

Heavy Baile - "Carne de Pescoço" 

L_cio - "Poema" 

Marco Hansen - "8" 

Pic Schmitz - "Offshore" 

Pri Pach - "Loving Myself" 

Ralk - "No Excuses" 

Teto Preto - "Pedra Preta" 

The Fish House - "Palomita" 

Xerxes - "Defumação" 

 

Melhor lançamento de mpb

Alice Caymmi - "Electra" 

Anelis Assumpção - "Taurina" 

Ana Frango Elétrico - "Little Electric Chicken Heart" 

Céu - "APKÁ!" 

Daniel Groove - "Levante" 

Dona Onete - "Rebujo" 

Elza Soares - "Planeta Fome" 

Juliana Perdigão - "Folhuda" 

Júlio Ferraz - "O Manifesto das Cores" 

Karina Buhr - "Desmanche" 

Kléber Albuquerque - "Os antidepressivos vão parar de funcionar" 

Liniker e os Caramelows - "Goela Abaixo"

Luiza Lian - "Azul Moderno" 

Maria Beraldo - "Cavala" 

Mulamba - "Mulamba" 

Rodrigo Alarcon - "Parte" 

Ronei Jorge - "Entrevista"

Siba - "Coruja Muda" 

Teago Oliveira - "Boa Sorte" 

Vinaa - "Elementos e Hortelã na Terra dos Eucaliptos"

 

Melhor lançamento de reggae

Adão Negro - "Alma Leve" 

Alma Livre - "O Preço da Paz" 

Dada Yute - "Lavanda" 

Danilo Fogo & Sementes da Tribo - "Frutos de uma Mesma Árvore" 

Dubalizer - "Revolução Amplificada" 

Dubstereo - "Dubstereo" 

Gabriel Elias - "4 Estações" 

Hey Joe! - "Deskareggae" 

Jah Live - "Ouça" 

Naguetta - "Positividade" 

Nathan Ribeiro - "Querendo te ver" 

Nazireu Rupestre - "Rasta Punk" 

Outragalera - "Dub da Tapioca" 

Ponto de Equilíbrio - "Mais Amor" 

Pov3da - "Eletroprana" 

Surf Sessions - "Inverso" 

Tati Portella - "Impermanência" 

Tribo de Jah - "Confesiones de un Viejo Regueiro"

Veja Luz - "Dona da Minha Cabeça" 

Vibrações - "Lei da Atração" 

 

Melhor lançamento de música instrumental

Beach Combers - "Beach Attack" 

Bixiga 70 - "Quebra Cabeça" 

Camarones Orquestra Guitarrística - "Surfers" 

Chimpanzé Clube Trio - "Zerânia" 

E a Terra nunca me pareceu tão distante - "Fundação" 

Ema Stoned - "Phenomena" 

Gabriel Thomaz Trio - "BaBaBaBa" 

Glauco Sölter - "Dois em Um" 

Huey - "Ma" 

Labirinto - "Divino Afflante Spiritu" 

Lilt - "Solis" 

Macumbapragringo - "Macum Sessions" 

Manoel Cordeiro - "Guitar Hero Brasil" 

Meneio - "Movediço" 

Mescalines - "Brazilian Voodoo Exportation" 

Os Pontas - "Nas Ruínas da Terra Sagrada" 

ruído/mm - "A é Côncavo, B é Convexo" 

Taco de Golfe - "Folge" 

The Mullet Monster Mafia - "I.N.F.E.R.N.O." 

Yamandú Costa e Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro - "Vagner Cunha: Concerto para violão de 7 cordas e orquestra"

 

Revelação

2emdois 

Agenor, Agostinho & Léo 

Beradelia 

Cáusticos 

Chapéu de Palha 

Doda Garcia 

Föxx Salema 

Funmilayo Afrobeat 

Getulio Abelha 

Indiegentes 

Indxxr 

Johnny Millky 

Katu Mirim 

LoreB 

Mateus Fazeno Rock 

Necromantticu 

Os Alquimistas 

Quebrada Queer 

Santa Pipe 

Vício Vintage 

 

Melhor Selo

Balaclava

Cena Cerrado

EAEO

Efusiva

Flecha Discos

Flux

Hearts Bleed Blue

Hellion Records

Hérnia de Discos

Howlin' Records

Laboratório Fantasma

Läjä Records

midsummer madness

Nada Nada Discos

PWR Records

Risco

Sagitta Records

Sinewave

Transfusão Noise

Transtorninho

 

Melhor casa de shows alternativos

74 Club (SP)

A Autêntica (MG)

A Obra (MG)

Aparelho (RJ)

Associação Cultural Cecília (SP)

Cativeiro (PR)

Cavernas Bar (MT)

Célula Showcase (SC)

Complexo Estúdio & Pub (GO)

Curupira Mãe do Mato (AM)

El Rock (RN)

Empório Café (PB)

General Store (PB)

Iraq (PE)

Kasa Coentro (PA)

OCulto (RS)

Reciclaria (SE)

Rex Jazz Bar (AL)

Salão das Ilusões (CE)

Zepelim (DF)

 

Melhor Evento

Abril Pro Rock (PE)

Armageddon Metal Fest (SC)

Bananada (GO)

Circadélica (SP)

Coala (SP)

Dosol (RN)

Goiânia Noise (GO)

Locomotiva (SP)

Maloca Dragão (CE)

Morrostock (RS)

No Ar Coquetel Molotov (PE)

Palco do Rock (BA)

Porão do Rock (DF)

Se Rasgum (PA)

Psicodália (SC)

Psycho Carnival (PR)

SIM - Semana Internacional da Música (SP)

Vaca Amarela (GO)

Vento (SP)

Ultrasonidos (RJ) 

 

Melhor revista, fanzine, site, blog ou coluna

Beat for Beat

Crush em Hi-Fi

Fanzine Mosh

Hits Perdidos

Ligado à Música

Meio Desligado

Nada Pop

O SubSolo

PopLoad

Rap Nacional

Revista Híbrida

Roadie Crew

Rock em Geral

Rock In Press

Rock SP

Scream & Yell

Stereo Pop Club

Tenho mais discos que amigos

Trabalho Sujo

Zona Punk

 

Melhor programa de TV ou emissora

Alto Falante - Rede Minas 

Cena Musical - TV Brasil 

Circular no Mojo 

Cultura Livre - TV Cultura

Escala Musical - TV Cultura 

Estúdio Showlivre 

Hip Hop em Cena - TV UFG

Manos e Minas - TV Cultura 

Música Animada - TV Brasil

Music Box Brazil

Papo de Música

Partituras - TV Brasil 

Popload Session

Radar - TVE 

Reverbera - TV Brasil

Segue o Som - TV Brasil

Senhor Brasil - TV Cultura 

Som na Rural - TV Brasil

TV Cena Underground 

Wasabi Sessions

 

Melhor programa de rádio ou emissora

Autoral Brasil - Kiss FM

Bazar Maravilha - Rádio Inconfidência

Brasil Novos Sons - Rádio Universitária FM

Deguste Cultura - Cultura FM 

Faro - Mood FM 

Francamente - Rádio Difusora Jundiaí 

Heatwave - antenAZero

Heavy Pero No Mucho - 89FM

Idade Mídia 

Indie Storm - Rádio Mundo Livre 

Made in Brazil - Rádio Logos 

Midnight Metal - Rádio Mundo Livre Curitiba 

Mundo Independente - Rádio Graviola

Músicas de Sexta - Frei Caneca FM 

Radioca - Rádio Educadora 

Skataplá - MutanteRadio

SomTemporâneo - Rádio Senado

Sons do Brasil - Rádio Usp

Stay Rock

Vozes do Brasil

 

Melhor produtora, coletivo ou entidade

Aldeia da Fraternidade (aldeiadafraternidade.org.br)

As Mina Tudo (facebook.com/asminatudo)

Associação Portuense de Hip Hop no Tocantins (aph2t.wordpress.com)

BM&A - Brasil Música e Artes (bma.org.br)

Brain Productions (brainprod.tumblr.com)

Casa de Vovó Dedé (cvdd.com.br)

Centro de Educação Profissional de Música Walkíria Lima (www.instagram.com/walkria_lima_cepmusic)

Circuito Orelhas (www.instagram.com/circuitoorelhas)

Escola de Artes de Mossoró (facebook.com/escoladeartesdemossoro)

Girls Rock Camp (facebook.com/girlsrockcampbrasil)

Instituto Ciranda (institutociranda.org.br)

Instituto Grão de Areia (institutograodeareia.org.br)

Elemess (elemess.com.br)

Mandrake Produções (instagram.com/mandrake_producoes)

Música e Cidadania (musicaecidadania.org.br)

Música Para Todos (icsrita.org.br)

Música Para Todos (scar.art.br)

Som do Darma (somdodarma.com.br)

Vale Música (instagram.com/orquestrajovemvalemusicabelem)

ValePunk (facebook.com/valepunk.oficial)

 

Personalidade

Alfredo Rasta

Carlos Eduardo Freitas

Cesar Gavin

China

Cláudia Assef

Desirée Marantes

Edy Star

Eline Ferreira

Flávia Biggs

Inti Queiroz

Irmãos Sampedro

Karen Cunha

Katia Abreu

Letícia Lopes

Nelson Triunfo

Pedro de Luna

Pedro "Poney" Arcanjo

Régis Bezerra

Ricardo Michels

Tico Santa Cruz

 

 

 

Sobre o Teatro Sérgio Cardoso

Localizado no boêmio bairro paulistano do Bixiga, o Teatro Sérgio Cardoso foi inaugurado em 13 de outubro de 1980, com uma homenagem ao ator. Na ocasião, foi encenado um espetáculo com roteiro dele próprio, intitulado “Sérgio Cardoso em Prosa e Verso”. No elenco, a ex-esposa Nydia Licia, Umberto Magnani, Emílio di Biasi e Rubens de Falco, sob a direção de Gianni Rato. A peça “Rasga Coração”, de Oduvaldo Viana Filho, protagonizada pelo ator Raul Cortez e dirigida por José Renato, cumpriu a primeira temporada do teatro.

 

Sobre o #CulturaEmCasa

A plataforma #CulturaEmCasa foi lançada no dia 20 de abril. Seu objetivo é ampliar o acesso da população a conteúdos culturais de qualidade, 100% gratuito. Nos quatro primeiros meses, registrou cerca de 1,6 milhão de visualizações e 1,2 mil conteúdos disponibilizados.

 

O conteúdo é gerado pelas instituições culturais vinculadas à Secretaria, por instituições parceiras e por artistas e produtores culturais independentes, que são remunerados pelo licenciamento. Trata-se, portanto, de um instrumento de geração de renda e oportunidades para o setor cultural e criativo de São Paulo.

 

Realizado pela plataforma, o Festival #CulturaEmCasa apresenta lives de artistas representativos da diversidade cultural de São Paulo, como Renato Teixeira, José Celso Martinez Corrêa, Supla, Sérgio Mamberti, Tom Zé, André Abujamra, Cássio Scapin, Erasmo Carlos, o pianista Marcelo Bratke, Paula Lima e Alaíde Costa, Digão (Raimundos), João Suplicy, Lucy Alves e Rodrigo Penna. É transmitido de sexta a domingo, às 21h30.

 

A plataforma segue apresentando as lives do Intensivão #CulturaEmCasa (que atualmente ocorre de segunda a quinta-feira às 17h). O Intensivão é uma série de aulas e palestras com temas diversos relacionados à arte e à criatividade. Já participaram nomes como Marcelo Tas, Débora Tabacof, Estéfi Machado, Ivam Cabral, Rita Von Hunty e Dona Jacira, Paulo Jackson (do Museu Catavento), Renata Lipia, William Coelho e Rogério Zaghi (Osesp), Moreira de Acopiara, Donny Correia, entre outros.

 

Ainda no formato live, a plataforma #CulturaEmCasa também lançou no dia 29 de junho, o programa #DiálogosNecessários, que reúne pensadores e profissionais de diversas áreas para reflexões plurais com abordagens diversificadas e antagônicas. Os encontros são moderados pelo ensaísta e professor de Literatura João Cezar de Castro Rocha e pelo jornalista Martim Vasques da Cunha. O #Diálogos Necessários é veiculado às segundas e quartas-feiras, às 17h.

 

Na plataforma, também é possível acompanhar o #SPGastonomia, lançado no dia 6 de julho. De segunda a quinta-feira, às 19h30, chefs, nutricionistas e especialistas brindarão o público com aulas, receitas, histórias, curiosidades e debates sobre diversos temas relacionados à gastronomia de São Paulo. É uma grande vitrine da diversidade e da qualidade do setor. As lives têm nomes como Lucas Corazza, Mohamad Hindi, André Boccato, Morena Leite e Lucas Bernardini, Fabrízio Fasano Jr, Roberta Sudbrack, o Chef teen Eduardo Prado, Dri Knapp e Angelita Gonzaga.

 

A plataforma reúne também conteúdos inéditos das instituições da Secretaria, entre as quais a OSESP, a Jazz Sinfônica, a Pinacoteca, o Museu da Imagem e do Som, o Museu do Futebol, o Museu da Diversidade Sexual, a São Paulo Companhia de Dança e o Projeto Guri.

 

Serviço:

Prêmio Dynamite

Dia:14 de outubro, quarta-feira, às 21h

Site: www.culturaemcasa.com.br

 

Redes Sociais:

https://www.facebook.com/culturaemcasasp/

https://www.instragram.com/culturaemcasasp/

https://twitter.com/culturaemcasasp




Nenhum comentário