Books Brasil Books

Novidades

[News]Com arte e gastronomia, nos dias 16 de 17 de julho, sábado e domingo, acontece festa e troca de saberes do povo tradicional da Costa Verde

 Com arte e gastronomia, nos dias 16 de 17 de julho, sábado e domingo, acontece festa e troca de saberes do povo tradicional da Costa Verde

 

Evento gratuito, “Salvaguarda das Manifestações Culturais da Comunidade Caiçara do Rio Pequeno”, mantém o propósito de passar adiante as referências culturais caiçaras e caipiras do Rio Pequeno, com programação na Casa da Farinha

 

 

Para promover e preservar a memória do povo tradicional caiçara da Costa Verde do Rio de Janeiro, nos dias 16 e 17 de julhoa partir das 15 horas no sábado e às 10 horas no domingo, acontece nos espaços culturais de Rio Pequeno o evento, “Salvaguarda das Manifestações Culturais da Comunidade Caiçara do Rio Pequeno”. Dois dias de festa e de celebração, com programação que conta com apresentação do grupo musical Ciranda de Tarituba, além da já tradicional Festa na Casa de Farinha.

 

E se é para passar adiante as tradições, como a produção da farinha da mandioca, da cultura da cana de açúcar e dos alimentos da roça caiçara, muita troca de saberes com oficinas dos alimentos produzidos localmente, bem como a arte. O melhor da memória e da história dessas pessoas, com degustação de comidas e bebidas, oficinas de gastronomia do Azul-Marinho, e da paçoca de banana verde. A arte está representada com duas oficinas: Oficina de Versos do Arara” e a "Oficina de Dança do Arara”.

 

A união dos moradores da região tem como propósito manter viva as suas raízes e divulgar o Roteiro de Turismo de Base Comunitária, com as trilhas locais e a trilha para Pedra da Macela. Por isso, estão promovendo encontros de gerações a partir de eventos como o  “Salvaguarda das Manifestações Culturais da Comunidade Caiçara do Rio Pequeno”, realizado pela Associação de Moradores e Produtores Rurais da Comunidade Tradicional Caiçara do Rio Pequeno, em parceria com a Associação de Defesa do Povo Tradicional Caiçara do Rio Pequeno e Naturais de Paraty e com o patrocínio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, através do Edital Povos e Comunidades Tradicionais Presentes RJ.

 

"As futuras gerações, apesar de todo avanço tecnológico que vivemos hoje, precisam conhecer a história dos seus antepassados para valorizar suas raízes, e preservar o nosso passado. Não podemos preservar e valorizar o que não conhecemos como nosso", reflete Núbia Oliveira, liderança da Comunidade Caiçara.

 

A comunidade do Rio Pequeno, é uma das principais comunidades que mantém o modo de vida tradicional caiçara, com intensa produção de farinha de mandioca, pesca e culinária como formas de geração de renda. Fortalecidos pela união das famílias locais, que resgataram documentos para a realização do Levantamento de Referências Culturais Caiçaras e Caipiras da Comunidade do Rio Pequeno, estas pessoas estão determinadas a transmitir e espalhar práticas através da oralidade e promovendo seus espaços culturais. Através da Cartografia Social, os comunitários ressaltam a importância de valorizar os usos sustentáveis dos recursos naturais com contar a própria história para preservar a memória do seu lugar e da sua gente, suas tradições ancestrais que precisam estar presente nas próximas gerações.

 

Sobre a Ciranda de Tarituba:

O grupo Ciranda de Tarituba irá realizar a “Oficina de Versos do Arara” e a "Oficina de Dança do Arara", o grupo é formado por moradores da comunidade de Tarituba, em Paraty, comunidade vizinha ao Rio Pequeno e relacionada através de redes familiares e de vizinhança. Sob a liderança de Mestre Pardinho, o grupo tem origem nos bailes populares caiçaras que reúnem as comunidades para celebrar as datas das festas comunitárias, as pescarias e datas religiosas. O grupo é guardião de um rico patrimônio imaterial, como as manifestações culturais conhecidas como Cana Verde, o Arara, o Caranguejo, o Chapéu, a Flor do Mar e a Tontinha. Tudo acompanhado de versos e músicas executadas em violão, viola, cavaquinho, pandeiro.

 

 

"A Festa da Casa de Farinha"A Festa da Casa de Farinha do Rio Pequeno, contará com um grupo de ciranda caiçara, e a "Oficina Gastronômica de Azul-Marinho", "Oficina de Paçoca de Banana Verde". Esse encontro fortalece a segurança alimentar da comunidade, gerando emprego e renda, e o público convidado serão as comunidades caiçaras e caipiras das vizinhanças que já frequentam as festas da comunidade e visitantes e turistas que visitam Paraty. Dessa forma, o evento reúne diferentes grupos sociais, valorizando e difundindo a cultura caiçara e suas manifestações artístico-culturais.

 

 

"É importante realizar eventos com as atividades comunitárias que foram identificadas no "Levantamento de Referências Culturais Caipiras e Caiçaras do Rio Pequeno" lançado em 2021 e construído coletivamente pela comunidade, através de pesquisa oral com os mais velhos da comunidade. Com essas ações, buscamos apoio de possíveis parceiros que possam colaborar para darmos continuidade às tradições da nossa comunidade," reforça Adão Alves Pacheco, líder da Comunidade Caipira. 

 

Serviço:

Salvaguarda das Manifestações Culturais da Comunidade Caiçara do Rio Pequeno

Datas: 16 e 17 de julho de 2022 | sábado e domingo

Local: Casa da Farinha

Endereço: Estrada Rio Pequeno s/n, Bairro Rio Pequeno, Paraty

Entrada franca, sujeito a capacidade do local

Faixa etária: Livre

 

Dia 16 de julho | sábado | Ciranda de Tarituba, Café e Oficinas:

Horário: das 15h às 20h

 

Programação

15h - Abertura

15h30 - Lançamento do Roteiro de Turismo de Base Comunitária

16h - Café Caiçara

17h - Oficina de Dança do Arara

18h – Apresentação Ciranda de Tarituba

 

Dia 17 de julho de 2022 | domingo

"Festa da Casa da Farinha"

Horário: das 10h às 15h




 

Programação

10h - Abertura

10h30 - Oficinas Gastronômica de Azul-Marinho; Paçoca de Banana Verde

12h - Ciranda Caiçara

13h - Almoço com Azul Marinho

14h30 - Apresentação do trabalho de Cartografia Social do Rio Pequeno

 

IMPORTANTE: Protocolo de COVID-19 adotado nos eventos será a exigência de uso de máscara de todos os participantes, álcool gel, comprovante de vacinação e as cozinheiras usarão tocas, luvas e máscaras no preparo dos alimentos.




 

Vídeos:

Casa da Farinha (produção da farinha)https://youtu.be/EnXjlYq4Zks

Ciranda de Taritubahttps://youtu.be/gMd5FONzCKQ

Nenhum comentário