Books Brasil Books

Novidades

[News] Comediando ilumina os descolados comediantes por trás dos clubes de comédia da cidade. A estreia no dia 22 de julho é com Diogo Portugal

 

Se durante o dia o paulistano corre no ritmo nervoso da cidade, à noite tem bons motivos e um cardápio variado para aliviar o estresse do cotidiano. Afinal, quem não gosta de dar risada? Há mais de duas décadas São Paulo tem um cenário consolidado de stand-up e a série de programas COMEDIANDO direciona seu foco apara os mais engraçados humoristas por trás dos clubes de comédia da cidade.  

Com apresentação da humorista, atriz e comediante da nova geração do stand-up, Danúbia Lauro, a primeira temporada da série de programas, de 30 minutos cada, será exibida entre 22 de julho e 7 de outubro, sempre às 20 horas, pelo canal de Youtube do Polo Cultural - @polocultural. Diogo Portugal, Lea Maria Jahn, Tiago Carvalho, Patrick Maia, Babu Carreira, João Bubiz, Bernardo Veloso, Osmar Campbel, Arianna Nutt, Priscila Castelo Branco, Doulgaas Barbosa e Abner Henrique são os comediantes entrevistados nos 12 programas. Veja mais abaixo a agenda com os dias de exibição.

Para combinar com o clima descontraído do programa e deixar o entrevistado à vontade, o cenário - de cores quentes, tons vibrantes e formas geométricas, criado por Nathália Campos – tem uma pegada divertida. As gravações aconteceram nos meses de maio e junho nos estúdios da produtora, na zona Norte de São Paulo. Os episódios trazem imagens captadas nos clubes, numa dinâmica que mescla externas a entrevistas com comediantes. Revelar histórias inusitadas, curiosidades e bastidores deste universo artístico é a proposta da produtora Polo Cultural ao criar o Comediando. As casas de comédia visitadas são: Comedy Sampa, Hillarius, Bixiga Comedy Clubm Clube do Minhoca, Clube Barbixas, Lilith Comedy Club, Beverly Comedy, Capão Comedy, My Fucking Comedy Club, Acústico Comedy, Caverna Comedy Club e Hamsa Comedy.

Idealização e direção geral de Marcelo Sollero, roteiro e co-direção de João Bley, pesquisa de M. Fernanda Teixeira, pauta de João Bley, M. Fernanda Teixeira e Raissa Tomazin, direção de arte de Nathalia, montagem de Anita Fabri, produção de Raíssa Tomazin e Luiza Pitta, assessoria de imprensa de Arteplural, produção de Luiza Pitta, áudio e podcast de Rachel Rocha, produção executiva de Alcione Alves. Produtoras associadas – Imagem Essencial e Pas de Deux.

 

Sobre Danúbia Lauro

 

Com estilo de humor ácido, os vídeos de Danúbia Lauro nas redes sociais somam milhões de visualizações. Nascida e criada no Mato Grosso, a humorista dirige seu foco de piadas para a vida no Interior. Religião, morte e depressão também entram na roda. A comediante utiliza a música como recurso cômico e tem o ukulelê como sua marca registrada. Atualmente, está com o show solo Meio Dark, Meio Doce, com previsão de estreia para o segundo semestre de 2022. A artista vê no stand-up uma forma de canalizar as dores e transformar em piada, assim consegue a identificação com o público.

 

Sobre o Polo Cultural 

 

Com mais de 20 anos de atuação no cenário da arte e da cultura independentes, a produtora Polo Cultural lança mão de seu background para produzir e traçar um panorama dos espaços onde a arte da comédia é celebrada. “A ideia é criar um conteúdo interessante tanto para os gestores dos clubes de comédia, ávidos por notoriedade, quanto para seus frequentadores, sedentos por uma boa programação de stand-up comedy”, comenta Marcelo Sollero, diretor do Polo Cultural.


Episódio 1 – Diogo Portugal (espaço: Comedy Sampa). Dia 22 de julho, 20h

 

A estreia do Comediando, dia 22 de julho, focaliza o Comedy Sampa Club e traz entrevista com Diogo Portugal. Na conversa com Danúbia Lauro, um dos precursores do stand-up comedy conta detalhes curiosos de sua trajetória no mundo do humor. Ficamos sabendo, entre outros fatos, que o organizador do Risorama faz questão de incentivar o trabalho de novos comediantes. Humorista versátil, Diogo vai do stand-up até as tradicionais esquetes, encarnando os tipos mais hilários e diferentes, além de criar, interpretar e dirigir seus espetáculos.

 

O Comedy Sampa, com capacidade para 500 pessoas, fica próxima do trecho inicial da Avenida Paulista e a 200m do metrô Ana Rosa

 

Episódio 2.– Lea Maria Jahn (espaço: Hillarius SP). Dia 29 de julho, 20h.

 

Antropóloga que virou comediante com um vídeo que viralizou, onde comentava sobre são Paulo, A alemã, residindo atualmente em São Paulo, Lea Maria Jahn viaja o mundo desde 2015 criando conteúdo em forma de imagens e vídeos. Em 2019 começou a fazer shows e se apresentar como comediante stand-up e desde então sua carreira não pára de crescer. Com um passado na antropologia, explora a comédia por trás da diferença de costumes entre alemães e brasileiros, além das incongruências de palavras e gírias brasileiras – coisas do tipo “Você já parou para pensar por que não tem laje no Parque Lage, no Rio? Ou cadê os Pinheiros do bairro Pinheiros, de São Paulo?”.

 

Localizado na região do Tatuapé, o Hillarius SP faz parte de uma franquia de casas de comédia com mais duas unidades: no ABC e no Vale do Paraíba.

 

 

Episódio 3. Tiago Carvalho (espaço: Bixiga Comedy Club). Dia 5 de agosto, 20h.

 

Em seu texto, Tiago aborda particularidades de sua família, infância e até seus problemas com a falta de beleza, extraindo detalhes minimalistas do cotidiano. Está em cartaz há cerca de dois anos com a Comédia Império, grupo do qual é idealizador e fundador. Recentemente teve seu trabalho divulgado na Rede Globo, no programa ‘Altas Horas’ no Coral dos Humoristas e semanas depois em performance com Marcelo Marrom, além de participação no programa Piadaria, exibido pela MixTV.

 

O Bixiga Comedy Club fica na Bela Vista, bairro também conhecido como Bixiga, e recebe comediantes de todo o País.

 

 

Episódio 4. Patrick Maia (espaço: Clube do Minhoca). Dia 12 de agosto, 20h.

 

Comediante, roteirista, diretor, empresário e agitador cultural, atualmente Patrick assina quatro especiais: Piadas Para Pessoas, Home Office, Partiu Stand Up e Linhas Tortas. Criador do Clube Do Minhoca, também criou e dirige a Banca do Minhoca, editora especializada em livros e impressos de comédia, produzidos pelos comediantes. Na TV, trabalhou em programas como Agora É Tarde (Roteiro), MTV (apresentador) e Pânico na Band (apresentador).

 

Localizado no Centro da cidade, o Clube do Minhoca valoriza novos talentos e apresenta noites de microfone aberto, onde o artista pode chegar e fazer seu show.

 

 

Episódio 5. Babu Carreira (espaço: Clube Barbixas). Dia 19 de agosto, 20h.

 

Influenciadora e comediante, no stand-up aborda temas como gordofobia e bissexualidade, de maneira leve e divertida. Em seu show ,  brinca sobre como é ser bissexual. Começou como designer, e se interessou pelo stand-up a partir da websérie “A vida sexual de Babu”. Foi chamada pelo Multishow para fazer parte do elenco do “Papo Calcinha”. Integrou o elenco do Comedians, Mamacitas e Dopamina. Por conta de seu material tratar sobre bissexualidade e sobre ser uma mulher gorda, acumulou fãs da comunidade LGBTQIAP+. Prepara o novo show solo, “Pobre Menina Rica”. Está para lançar o “Novelei”, primeira produção original da Globo para YouTube. Trabalha no “Biscoito Podcast”, primeiro podcast sobre bissexualidade no Brasil, e no “Eu vi num filme”, um podcast que ela apresenta junto da comediante Renata Said e que analisa comédias românticas sob a ótica da vida real.

 

O Clube Barbixas de Comédia fica na região central da cidade e tem capacidade para 200 pessoas.Iniciativa dos artistas Anderson Bizzocchi, Daniel Nascimento, Elidio Sanna (Os Barbixas) e do produtor Joca Paciello.

 

 

Episódio 6. João Bubiz (espaço: Lilith Comedy Club). Dia 28 de agosto, 20h.

 

Há 13 anos no cenário da comédia, começou em Aracaju, e já se apresentou em Maceió, Salvador e Recife. No Rio, fez curso de teatro. Participou do Comédia em Pé, e foi da geração de Bruna Louise. Em 2017, começou a participar de programas como Pânico e Comedy Central, e a fazer shows no “grande circuito” do stand-up (como Comedians). Gravou com Whindersson Nunes, e é muito amigo de Gustavo Mendes. Em 2017, passou por problemas pessoais que afetaram sua carreira profissional. Atualmente, está focado em alimentar essas redes sociais e o solo “Em Transe”, que vai falar sobre sua experiência de transição de gênero.

 

O Lilith Comedy Club fica a 300 metros do Metrô Vila Prudente, na zona Leste. Tem capacidade para 50 pessoas, serve drinques e porções.

 

 

Episódio 7. Bernardo Veloso (espaço: Beverly Comedy). Dia 2 de setembro, 20h.

 

Roteirista, Radialista e Comediante, começou como roteirista do site Humortadela, escreveu também para o site Animatunes. Desde 2008, está na Rádio Energia 97,7 FM (SP), como roteirista e produtor das esquetes de humor do programa Estádio 97. Também é integrante do programa do Palhacinho, Rádio Energia 97,7 FM (SP).

No stand-up é um dos criadores dos grupos As Comédias de Todos Nós e Comédia na Veia. Hoje está com o espetáculo Sem pé nem Cabeça, ao lado de José Luiz Martins.

 

Beverly Comedy Club foi a primeira casa do gênero no Brasil. Em seu palco sobrem humoristas de todo o Brasil.

 

 

Episódio 8. Osmar Campbel (espaço: Capão Comedy). Dia 9 de setembro, 20h.

 

Criou o “Em Pé Na Rede”, em 2008, em Belém-PA, o primeiro grupo de comédia stand-up e improvisação do Norte do Brasil. Participou de diversos festivais de humor – Risadaria, Risorama, Risológico, Risonorte. Integra o elenco regular do Clube do Minhoca, Hillarius e outros. Está com o espetáculo solo "É Muito Difícil Ser Eu". Integra o elenco regular do Clube do Minhoca, Hillarius e outros. Está com o espetáculo solo "É Muito Difícil Ser Eu". .

 

Capão Comedy Club é um projeto que busca levar o stand-up para a zona Sul, em parceria da Fábrica de Criatividade​.

 

 

Episódio 9. Arianna Nutt (espaço: My Fucking Comedy Club). Dia 16/ 9. 20h

 

Nascida em Maceió e criada no interior de Alagoas, em Palmeira dos Índios, fez  Nutrição e acabou abandonando para cursar publicidade, profissão que a trouxe para São Paulo. Atuou por 15 anos como publicitária por 15 anos, chegou a ser diretora de criação. Tornou-se humorista depois fazer um curso de palhaço, com Carol Zoccoli. Como faz desde os jogos de bola da infância, conquistou seu espaço em um meio ainda dominado por homens.

 

My Fucking Comedy foi idealizado por Danilo Gentili. Localizado na região da avenida Paulista, foi criado e idealizado por um dos principais comediantes do País, Danilo Gentili. A curadoria é apurada e tem o selo de aprovação do próprio Danilo.

 

 

 

Episódio 10. Priscila Castello Branco (espaço: Acústico Comedy). Dia 23/ 9. 20h

 

Atriz e comediante, participou de um quadro do Agora é tarde, no ar por 4 meses. A partir daí, resolveu seguir no stand-up. Fez curso com Fábio Lins. Logo entrou no elenco da novela  “Deus Salve o Rei”, da Rede Globo, indo morar no Rio de Janeiro e dando um tempo na carreira de comediante. Participou da série “Homens?” e foi uma das competidoras do reality show “Futuro Ex-Porta”. Atualmente, está se apresentando com seu primeiro show solo, “Eu tô quase lá”.

 

Acústico Comedy tem 66 Lugares. Fica perto das estações Consolação e Paulista do Metrô, e é uma das casas mais aconchegantes de São Paulo, Possui uma cafeteria com doces artesanais, cerveja e porções.

 

 

Episódio 11. Douglas Barbosa (espaço: Caverna Comedy Club). Dia 30/ 9. 20h

 

Douglas Barbosa sempre gostou de desenho animado e histórias em quadrinhos. Aprendeu a ler muito cedo preenchendo os balões dos gibis com suas próprias ideias de fala. Suas duas grandes inspirações foram seu pai, que sempre virava a alma das festas contando piadas; Jim Carrey, que assistiu no programa do Gugu. Fez teatro e figuração na plateia da MTV até que passou a integrar o Trolalá, com Tatá Werneck. Esteve no programa do João Kléber (Rede TV) e no Legendários, com Marcos Mion.

 

Localizado na Consoção, Caverna Comedy Club, tem dois espaços - bar com mesas ao ar livre e música ambiente no térreo; e no subsolo um ambiente com palo e outro bar.

 

 

Episódio 12. Abner Henrque (espaço: Hamsa Comedy). Dia 7 de outubro,  20h

 

Paulista de São Caetano, tem 26 anos, começou a fazer comédia em 2017, quando cursava a faculdade de História. Após o curso, passou a se dedicar ao stand-up. O conteúdo de suas piadas passa por suas vivências. Seu show solo, “Quanta blasfêmia”, trata de várias passagens da sua vida, inclusive da sua criação na religião evangélica.

 

Hamsa Comedy está instalado na zona Leste, a sete minutos do metrô Artur Alvim e Corinthians Itaquera.

 

Ficha Técnica

 

Direção geral e idealização: Marcelo Sollero. Roteiro e Co-direção: João Bley.  Direção de arte: Nathália Campos. Produção executiva: Alcione Alves. Produção: Raissa Tomasin. Apresentadora: Danúbia Lauro. Imagem: Bruno Di Giorgi. Pauta: João Bley, Maria Fernanda Teixeira e Raissa Tomazin. Figurinos: Amanda Pilla e Samantha Macedo. Montagem: Anita Fabri. Edição de Áudio e Podcast: Rachel Rocha. Assessoria de Imprensa: Arte Plural.





Nenhum comentário