Books Brasil Books

Novidades

[News] Especialista explica a importância do balanço patrimonial para o desempenho do negócio

 Especialista explica a importância do balanço patrimonial para o desempenho do negócio




Um dos documentos contábeis mais importantes para a gestão empresarial, o balancete aponta a situação financeira de uma empresa
 
De grande importância para uma boa gestão, o balanço patrimonial é um relatório contábil utilizado para demonstrar a situação financeira da empresa. Para isso, o documento reúne informações de todos os ativos e passivos do negócio, ou seja, bens, dívidas, recursos e investimentos. Através do resultado obtido com esta ferramenta, o empresário percebe se a instituição está financeiramente saudável e quais medidas devem ser tomadas. 

Segundo Ricardo Santos, especialista contábil e CEO da ConsulFis Contabilidade, o documento integra as documentações fiscais obrigatórias tanto para o pequeno empreendedor, quanto para empresas de médio e grande porte.  Além das obrigações contábeis, o balanço patrimonial reúne ainda as relações que a empresa tem com os sócios e/ou acionistas, sendo preparado a cada 12 meses.

“Exceto o microempreendedor individual (MEI), todas as outras empresas, bem como o empresário e as sociedades empresárias, são obrigadas a ter uma escrituração contábil e levantar anualmente o balanço patrimonial, como prevê o artigo 1.179 do Código Civil. O balanço é feito anualmente, mas nada impede que seja realizado antes para acompanhamento prévio”, ressalta Ricardo.

De modo geral, a estrutura do balanço patrimonial é elaborada em ordem decrescente de liquidez. Do prazo mais imediato para o menos urgente, em outras palavras, as contas são organizadas respeitando o período de expiração - no caso dos ativos, aquelas que estão próximas a serem recebidas ou resgatadas e, para os passivos e patrimônio líquido, pela ordem de pagamento.

Ricardo Santos ressalta que a organização do documento obedece um padrão e impacta diretamente nas diretrizes que serão aplicadas na empresa. Por isso, é de suma importância que seja organizado por um especialista. “A contabilidade consultiva pode ajudar o empresário a ter um balanço patrimonial fidedigno, que possa de fato refletir em números a realidade da empresa e auxiliar na tomada de decisão”, detalha o especialista contábil e CEO da ConsulFis Contabilidade.

*A análise e os resultados*

Com relação ao resultado, existe uma regra básica, independente do porte da empresa, o balanço patrimonial deve sempre apresentar uma igualdade entre os ativos e passivos do negócio. De modo geral, a análise está contida na equação: Ativo = Passivo + Patrimônio líquido. Quando positivo, o resultado aponta que a empresa está tendo lucros, e quando negativo acende um alerta, pois a gestão está tendo prejuízos e precisará traçar novas estratégias.

“O resultado positivo é representado na igualdade das informações dispostas no balanço, mas quando os valores são distintos a empresa não está financeiramente saudável. Além disso, podemos verificar também o grau de endividamento da empresa, avaliando se a empresa consegue arcar com todas suas obrigações financeiras em curto ou longo prazo”, explica o especialista contábil e CEO da ConsulFis Contabilidade, Ricardo Santos. 

O especialista explica ainda que mesmo com o resultado positivo, que é o ideal, o acompanhamento do contador consultivo pode garantir que os próximos passos sejam tomados de forma correta e segura. “Após o fechamento contábil, o contador consultivo extrairá informações valiosas do balanço, essa análise ajudará os gestores a decidirem se investem em um novo maquinário, se podem contratar mais, se farão mudanças na estratégias de preços, dentre vários outros pontos”, finaliza Ricardo Santos.

Nenhum comentário