Novidades

[News]Amanhã, dia 17 de setembro, o músico Gustavo Fofão lança seu primeiro disco com experimentações de fingerstyle.











Amanhã, dia 17 de setembro, o músico Gustavo Fofão lança seu primeiro disco com experimentações de fingerstyle. 

Fofão está entre as 3 principais referências do Brasil em violão de aço e estilo fingerstyle. Além do lançamento, o instrutor de música também lança um minidocumentário nas redes sociais em que compartilha parte da jornada de criação do disco.




crédito: Agência Film 37



Gustavo Fofão lança seu primeiro disco ‘True North’ com experimentações de violão fingerstyle


EP traz seis novas versões de composições consagradas da carreira do compositor;

Multi-instrumentista é referência nacional em fingerstyle

Amanhã (17) será lançado nas plataformas digitais ‘True North’, o primeiro EP de músicas instrumentais do compositor Gustavo Fofão. Produzido a partir de uma experiência imersiva no Sonastério, o disco é composto por seis faixas com novos arranjos, texturas e timbres de composições consagradas da carreira do instrumentista, compositor e instrutor de música.

Gustavo Fofão é instrutor de música e no disco, o violão de cordas de aço ocupa o protagonismo no ambiente instrumental e as técnicas de fingerstyle são o diferencial na construção de cada faixa.



True North é um convite para a experimentação de sensações diferentes em cada trilha sonora. O músico acredita que esse movimento de sinestesia gera conexão, pois em geral vivemos um momento de autopercepção e reflexão. “Durante a produção do EP, percebi que a busca pelo verdadeiro norte sempre me aproximou da vontade de compreender o que há de singelo no movimento do fluxo de fora para dentro e de dentro para fora”, revela Gustavo Fofão.



Para apresentar o disco ao mundo, Fofão lançou em seu Instagram e Canal do YouTube o TrueNorth.doc, um minidocumentário com 7 episódios em que compartilha as histórias, o processo criativo da produção do EP e a relação da subjetividade com a arte de criar suas composições.



“A ideia do minidoc surgiu dos encontros com a equipe, queríamos contar sobre o processo criativo de cada faixa do EP e construir a ambientação de True North. Fiquei muito feliz com o resultado” conclui Fofão.



Por dentro de ‘True North’



Baby Penguins acessa nos ouvintes aquela espontaneidade de uma criança quando faz perguntas, demonstra interesse, se engaja com a história do outro enquanto deixa seu coração falar. Com essa atmosfera lúdica de fluidez ritmada, se inicia a rota.




crédito: Agência Film 37



No ritmo do percurso, andar só não tem vez. About Friendship é um manifesto pela busca da reciprocidade e da identificação. Um olhar atento para abraçar e aprender a partir da singularidade do outro. O ritmo dessa composição levanta a poeira e abre os caminhos para a celebração da alegria de estar junto, selada em Beaver Bros.



Beaver Bros se comunica pelo olhar de cumplicidade. O ritmo traduz a sensação de estar em casa, seja onde for. Essa composição é a energia pulsante do celebrar e proteger a vida, é o primeiro direcionamento para o sentimento de pertencimento.



Em Helena, há uma proposta de uma dança acompanhada do sentimento de pertencer. O afeto, o singelo e o tom sereno conduzem essa rota. Essa composição encaixa histórias. As histórias do compositor, as histórias do ouvinte. Ao se permitir ser embalado pela calmaria, a memória resgata o que é essencial.



Ao resgatar aquilo que faz ser autêntico há um encontro com as sombras, reconhecendo que muitas vezes agimos como antagonistas de nós mesmos. O Maroto é um blues com uma quebra dramática na linha do disco como a dose de realidade dentro do sonho que se trilhou até a faixa. A música é como um espelho e reflete uma parte de nós que carregamos e enfrentamos todos os dias.



Sunset Riders é a soma de todos os elementos encontrados nas faixas. É um desfecho energizante que remete ao estalo de quando percebemos que o True North, ou seja, verdadeiro norte aponta coordenadas para trilharmos um caminho, partindo para a jornada que nos permite expandir, interagir com o presente e sonhar.



“Toda jornada de True North nos mostra que o destino é nos manter perto de quem somos. Desfrute do percurso”, finaliza Gustavo Fofão.



Assista ao minidoc aqui






Gustavo Fofão

Músico multi-instrumentista brasileiro, caminha pelos gêneros instrumental, celta/irish, folk e blues, com destaque para as composições em violão fingerstyle e no seu percurso como integrante da banda Taverna. Ao longo de sua trajetória, tornou-se referência no violão aço no Brasil como compositor e intérprete e o envolvimento com o instrumento possibilitou diversas experiências dentro e fora do país, passando pela Croácia, Alemanha, Estados Unidos e Canadá. Há 12 anos é instrutor do Cifra Club e coprodutor da metodologia dos cursos de ensino de violão e de Fingerstyle da plataforma. Além disso, produziu workshops sobre fingerstyle e violão celta no Brasil e nos Estados Unidos. Gustavo Fofão é apaixonado por acolher: histórias, memórias, sentimentos, sonhos, paisagens, pessoas. Sua música reflete esse acolhimento e sensibilidade em forma de sons.

Nenhum comentário