Novidades

[News] Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca faz homenagem aos 200 anos da independência do México, dia 15 de setembro, em concerto no Palácio Guanabara



Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca faz homenagem aos 200 anos da independência do México, dia 15 de setembro, em concerto no Palácio Guanabara



Comemoração marca parceria do IBME com o Consulado Geral do México no Rio de Janeiro – unidos pela transformação através da educação e da música em escola de intercâmbio em São Gonçalo

Para comemorar o Dia da Independência do México, o Instituto Brasileiro de Música e Educação (IBME) e o Consulado Geral do México no Rio de Janeiro, com apoio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, promovem concerto para celebrar os 200 anos da Independência do México, que acontece no Palácio Guanabara, no dia 15 de setembro4ªf, às 19 horas. Com apresentação da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca, que conta com a participação mais que especial do maestro Ariel Hinojosa, diretor-regente do Programa das Orquestras Sinfônicas Juvenis da Cidade do México que, sob sua batuta, conduz a execução do repertório formado por músicas mexicanas de todos os tempos (Serviço e Programa, abaixo).

 

Com transmissão ao vivo pelo canal youtube.com/orquestranasescolastambém participam do concerto Dia da Independência do México, para entoarem o Hino Nacional Mexicano e Brasileiro, Coro Laboratório Juvenil do Rio de Janeiro, com regência de André Amaral, bem como os alunos da Escola Intercultural México Brasil, sediada no município de São Gonçalo. Apresentação marca o início da parceria do IBME com o Consulado Geral do México no Rio de Janeiro – unidos pela transformação através da educação e da música em para os alunos da escola de intercâmbio em São Gonçalo.

 

Foi em 1821 que a população mexicana mobilizou-se para se libertar do domínio espanhol, mas o início desta independência aconteceu a partir do Grito de Dolores, no dia 15 de setembro de 1810, ocasião em que o padre Miguel Hidalgo y Costilla proclamou a independência do México. Desde então, no dia de 16 de setembro o país cobre-se de bandeiras, e suas ruas são tomadas por grandes desfiles, apresentações, comidas, danças e músicas típicas.

Com a efetiva independência do México há 200 anos, o Grito de Dolores no dia 15 de setembro é um marco que se transformou em celebração para o povo mexicano e, agora, para a parceria que se faz a partir deste intercâmbio do IBME com Consulado Geral do México no Rio de Janeiro, quando nos unimos pela transformação através da educação e da música, para as nossas crianças e jovens.

Com importância fundamental para toda a América Latina, México e Brasil representam riquezas culturais genuínas, com populações calorosas, hospitaleiras e acolhedoras.  

Sobre IBME – Instituto Brasileiro de Música e Educação

Criado em 2011 no Morro da Providência, no Rio de Janeiro, o Instituto Brasileiro de Música e Educação acumula, desde então, um amplo histórico de programas e projetos que promovem vivências artísticas e educacionais. Com o intuito de modificar a vida de milhares de crianças, adolescentes e jovens em diferentes municípios do estado do Rio de Janeiro, o IBME tem a missão de contribuir com a transformação social por meio da educação e da música.

 

Serviço:

Concerto Dia da Independência do México, com Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca | Regente Ariel Hinojosa

Participações: Coro Laboratório Juvenil do Rio de Janeiro e Alunos daEscola Intercultural México Brasil | Regente André Amaral

Dia: 15 de setembro de 2021 | 4ªf | 19 horas

 

Local: Transmissão ao vivo pelo Canal https://www.youtube.com/orquestranasescolas

Direto do Palácio Guanabara | Rio de Janeiro

Classificação: Livre

Apresentação de acordo com protocolos de segurança

 

Programa Dia da Independência do México:

Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca

Integrantes: 65 alunos

Regente: Ariel Hinojosa

Solistas (saxofones):

Denize Rodrigues | Vinicius Macedo | Rui Alvim | Diego Terra 

 

Hino Nacional Brasileiro (Regência: Anderson Alves)

Hino Nacional Mexicano

Chacona - Dietrich Buxtehude

Obertura Mexicana - Merle J. Isaac

Poema de Neruda - Blas Galindo

Vals - Arturo Márquez         

Conga del Fuego Nuevo - Arturo Márquez

Mambo en Sax - Dámaso Pérez Prado
                       Arreglo Héctor Infanzón

 

Danzón Nereidas - Amador Pérez Torres “Dimas”  

Danzón Juárez No Debió Morir - Esteban Alfonzo  

Potpourri de Pérez Prado - Dámaso Pérez Prado                    

                                    Arreglo Eugenio Toussaint

Encore:

Polka “Jesusita en Chihuahua” - Quirino Mendoza y Cortés              

Director: Ariel Hinojosa Salicrup


Redes IBME Orquestra nas Escolas:
youtube.com/orquestranasescolas
facebook.com/orquestranasescolas
Instagram: @orquestranasescolas

Mais informações para a imprensa:
Passarim Comunicação www.passarimcomunicacao.com
Silvana Cardoso | silvana.cardoso@gmail.com | (21) 99249-0947  

Nenhum comentário