Novidades

[News]Oito horas de festival, mais de 1.600 ouvintes e contratos fechados: Esse foi o saldo positivo do Club Music Festival 2021

Oito horas de festival, mais de 1.600 ouvintes e contratos fechados: Esse foi o saldo positivo do Club Music Festival 2021

Primeira edição uniu artistas de diversos lugares em dois dias de evento virtual dentro da rede social

(Na foto, Marília Lopes, artista e idealizadora do Festival | Divulgação)

Em um cenário de isolamento social mais restrito do que nunca, ter um respiro com arte e cultura foi uma das saídas para a população que pôde ficar em casa durante o último fim de semana. Sexta e sábado, 19 e 20 de março, respectivamente, aconteceu a primeira edição do Club Music Festival, o festival de música ininterrupta dentro do ClubHouse - a rede social de conteúdos ao vivo em áudio.

Com participação de nomes como Kell Smith, Dorgival Dantas, Nina Oliveira, a italiana Aramà, Isabella Taviani, entre outros, o evento foi idealizado pelos multiartistas Marília Lopes e Mateus Ribeiro, que também se apresentaram. Em uma das noites, Tico Santa Cruz, um dos fortes nomes engajados no Festival, cantou a clássica “Você Me Faz Também”, do Detonautas (2006). Emocionado, o artista sugeriu um coro à distância, onde todos os participantes puderam abrir seus microfones para replicar o refrão que leva o nome da música. 

Durante as apresentações, artistas emocionados lembravam da principal causa, a doação para o projeto Mulheres do Áudio, que até agora, dia 22, arrecadou mais de 10 mil reais em contratos fechados, cestas básicas e valores em dinheiro. Na soma dos dois dias, passaram mais de 1.600 ouvintes pelas salas, além de uma presença inesperada, a Head of Media Partnerships do ClubHouse, Fadia Kader que, em inglês, parabenizou a sala pela iniciativa e publicou sobre o evento em seu perfil no Twitter. O conjunto dos bons resultados motivou os idealizadores a iniciar o planejamento de uma segunda edição.

“Queremos entender o que podemos melhorar e fazer um movimento de divulgação antecipado. A importância de um evento desses pensando na cena independente, é a conexão. Nós artistas nos conectamos com outros artistas de forma genuína. Nos conectamos com o público. E principalmente tivemos um momento de notoriedade na hora da apresentação de nossas canções. Ou seja, um espaço a mais para mostrarmos nosso trabalho”, comenta Marília Lopes.

Marília Lopes e Mateus Ribeiro são criadores da sala “Artistas no Club”, que já ultrapassou 30 encontros, diariamente, no aplicativo, com novas audiências e maior relevância. O evento contou com parcerias importantes de empresas como Inbraza, Liga Entretenimento e The Booker. Saiba mais sobre a iniciativa em clubmusicfestival.com.br 

PR/Ragazzi

Nenhum comentário