Novidades

[News]Plataforma auxilia em buscas por fomentos na área artística na França e na Alemanha

 

Com uma longa jornada de cooperação internacional, França e Alemanha trazem uma novidade para o Brasil. No dia 22 janeiro, o Serviço de Cooperação e Ação Cultural do Consulado Geral da França no Rio de Janeiro e o Goethe-Institut Rio de Janeiro se juntam para lançar a Plataforma de Busca de Incentivos Culturais: um ambiente digital que reúne iniciativas alemãs e francesas de apoio e fomento a arte e cultura. Ao acessar o site e navegar pelo mecanismo de busca, artistas, criativos, estudiosos e produtores brasileiros podem encontrar informações sobre oportunidades como cursos, bolsas, residências, programas de incentivo e outros projetos. O link de acesso é apoio.art.

O lançamento da ferramenta será em cerimônia online, no dia 22 de janeiro (sexta-feira), às 15h, pelo YouTube (bit.ly/ccfa_rio). No encontro, será feito um tour digital pela plataforma. Veja, abaixo, como ela funciona.

Os projetos podem ser selecionados por tags, organizadas por três diferentes verticais:

- país de origem (Alemanha ou França);

- área (artes cênicas, artes visuais, audiovisual, design, editorial, gestão e mediação, moda, mundo digital, museus e patrimônio, música, urbanismo e arquitetura, ou multidisciplinar)

- tipo de apoio (bolsa, comercialização, cooperação, fomento, formação, prêmio ou residência).

É possível filtrar, por exemplo, apenas oportunidades de residência, ou apenas para as Artes Cênicas, ou apenas em solo francês. Ou, claro, fazer cruzamentos entre essas tags e encontrar instituições que ofereçam especificamente o que o usuário deseja;

Cada um dos fomentos será acompanhado de um resumo em português, com detalhes sobre a instituição e a candidatura;


Está prevista uma seção “Relatos”, para depoimentos de pessoas que já participaram de programas, fizeram residência artística ou tiveram outras experiências locais.

“Nosso intuito é contribuir para a democratização da informação sobre as oportunidades existentes, e trazer novas perspectivas para os profissionais brasileiros. Esperamos que eles possam fazer proveito desde já, pesquisando e preparando candidaturas. Há vários editais que operam com muita antecedência. Então, os proponentes precisam de tempo para buscar ajuda, preparar currículo em outros idiomas e organizar diversos documentos”, avalia Christian Strube, coordenador do projeto de integração franco-alemã do Goethe-Institut Rio de Janeiro.

Sobre a parceria franco-alemã no Rio de Janeiro

O lançamento da Plataforma de Busca de Incentivos Culturais marca o aniversário de 2 anos da assinatura do Tratado de Aix-La-Chapelle, firmado entre o presidente francês Emmanuel Macron e a chanceler alemã Angela Merkel. O acordo reforça a amizade e a cooperação entre França e Alemanha, selada no Tratado de Eliseo, em 1963. 

O tratado de 2019 prevê 15 ações prioritárias, entre elas, a criação de quatro institutos culturais integrados franco-alemães no mundo. O mais importante deles será no Rio de Janeiro - as outras cidades são Palermo (Itália), Erbil (Iraque) e Bishkek (Quirguistão). 

Desde então, o Serviço de Cooperação e Ação Cultural do consulado francês do Rio de Janeiro e o Goethe-Institut Rio de Janeiro já desenvolveram vários projetos conjuntamente, como duas edições de uma convocatória para uma bolsa de pesquisa curatorial na área de artes visuais, uma residência artística sonora com artistas alemães, franceses e brasileiros em parceira com o festival Novas Frequências e dois colóquios com convidados alemães, franceses e brasileiros organizados pelas bibliotecas dos dois institutos.

A escolha pela capital fluminense reforça os laços entre França, Alemanha e a Cidade Maravilhosa. Os consulados dos dois países no Rio de Janeiro se uniram sob o mesmo teto em 2013. Na ocasião, a Maison de France passou a se chamar Casa Europa.





Nenhum comentário