Books Brasil Books

Novidades

[News]Lauana Prado grava "Raiz", seu novo projeto, em São Paulo

 LAUANA PRADO GRAVA “RAIZ”, SEU NOVO PROJETO, EM SÃO PAULO


Cantora traz sucessos revisitados e canção inédita num show com o melhor do modão sertanejo

 



 

Enquanto se prepara para lançar o último volume de seu novo álbum, “Natural”, no início de março, a cantora Lauana Prado já vem se dedicando a um novo trabalho, que mais uma vez dialoga com as suas origens sertanejas. Intitulado “Raiz”, o mais novo projeto da cantora também será nesse ano, via Universal Music.

 

Gravado no último sábado (5 de março), na Casa do Lago, na Estância Alto da Serra, em São Paulo, “Raiz”, projeto paralelo da cantora, conta em seu repertório com o total de 23 canções que marcaram época no sertanejo, na sua maioria pot-pourris, entre regravações de clássicos e novos sucessos do gênero, músicas da cantora, além de uma faixa inédita.

 

Entre os destaques do set list do show, que ressalta as raízes sertanejas de Lauana, estão sucessos antológicos como “Não Aprendi Dizer Adeus”, sucesso da dupla Leandro & Leonardo; “A Ferro e Fogo”, da dupla Zezé Di Camargo & Luciano; “200 Por Hora”, de Jorge & Mateus; “Efeitos”, de Cristiano Araújo; “Pura Magia”, de João Neto & Frederico; a inédita “Quem Cê Pensa Que Eu Sou”, de autoria da própria cantora, além das releituras de “Vontade”, “É Isso Que Chamam de Amor”, “Não Tem Bar na Cidade”, canções da discografia da artista.

 

Produzido por Lauana Prado e Henrique Souza, violonista e diretor musical de sua banda, o projeto nasceu a partir de uma ideia que eles tiveram, no final de 2021, de regravar alguns clássicos da música sertaneja. “Tudo foi concebido na minha casa, no meu home studio. É um projeto lindo e singelo, mas que dentro da sua simplicidade tem uma mágica, um sentimento de nostalgia que acho que será despertado pelas pessoas e um repertório que traz muito de mim e de tudo o que eu tenho de referência. Estou feliz e extremamente grata de ter a honra de cantar esses grandes clássicos que fazem parte da vida da gente”.

 

Contando com direção de vídeo de Fernando Trevisan “Catatau”, o cenário trouxe um clima de boteco que todo mundo gosta, um ambiente de bar rústico, que serve cerveja de garrafa, numa atmosfera que levou os fãs da cantora à uma viagem ao passado, do jeitinho que Lauana começou.

 

Nesse ambiente mais campestre e bucólico, diferente de tudo que as pessoas da capital estão acostumadas, Lauana atendeu a pedidos vindos do público, escritos em guardanapo, e fez todos cantarem juntos com ela um típico modão “Raiz”.

Nenhum comentário