Novidades

[News] Cidade Invisível, série protagonizada por Marco Pigossi, estreia dia 5 de fevereiro na Netflix

 

(Créditos: Alisson Louback/Netflix)

São Paulo, 17 de dezembro de 2020 - Mistério: como um boto-cor-de-rosa, de água doce, acaba aparecendo morto nas areias de uma praia carioca? O que parece ser um caso sem solução é apenas a porta de entrada para um mundo invisível aos olhos de quem não acredita no fantástico.

Cidade Invisível - nova série original brasileira da Netflix - estreia dia 5 de fevereiro. Carlos Saldanha, criador e co-produtor, embarca em seu primeiro projeto live-action trazendo as lendas folclóricas brasileiras para os dias de hoje em uma trama investigativa instigante e surpreendente. O enredo é uma criação original de Saldanha inspirado em uma história desenvolvida por Carolina Munhóz e Raphael Draccon. 

Com sete episódios, a história acompanha os esforços de um fiscal ambiental (Marco Pigossi) para descobrir os reais motivos da morte de sua esposa - que parecem estar ligados diretamente ao surgimento do boto-cor-de-rosa na praia. Correndo contra o tempo para salvar sua família, ele acaba se deparando com seres mitológicos do folclore brasileiro durante a investigação.

Cidade Invisível é uma série policial que traz temas relevantes como a preservação ambiental, o resgate da cultura popular brasileira,  além de explorar as relações humanas através do místico. 

Protagonizada por Marco Pigossi e Alessandra Negrini, a produção ainda conta com Jéssica Córes, Fábio Lago, Wesley Guimarães e Manu Diegues no elenco. Cidade Invisível é produzida por Beto Gauss e Francesco Civita (Prodigo Films), com Caito Ortiz (Prodigo Films), Maresa Pullman (BottleCap Productions) e Marco Anton (Boipeba Filmes) também assinando a produção executiva. O enredo é uma criação original de Saldanha inspirado em uma história desenvolvida por Carolina Munhóz e Raphael Draccon tendo Mirna Nogueira como roteirista-chefe. A série é dirigida por Luis Carone e Julia Jordão, com direção-geral de Luis Carone.







São Paulo, 17 de dezembro de 2020 - Mistério: como um boto-cor-de-rosa, de água doce, acaba aparecendo morto nas areias de uma praia carioca? O que parece ser um caso sem solução é apenas a porta de entrada para um mundo invisível aos olhos de quem não acredita no fantástico.

Cidade Invisível - nova série original brasileira da Netflix - estreia dia 5 de fevereiro. Carlos Saldanha, criador e co-produtor, embarca em seu primeiro projeto live-action trazendo as lendas folclóricas brasileiras para os dias de hoje em uma trama investigativa instigante e surpreendente. O enredo é uma criação original de Saldanha inspirado em uma história desenvolvida por Carolina Munhóz e Raphael Draccon. 

Com sete episódios, a história acompanha os esforços de um fiscal ambiental (Marco Pigossi) para descobrir os reais motivos da morte de sua esposa - que parecem estar ligados diretamente ao surgimento do boto-cor-de-rosa na praia. Correndo contra o tempo para salvar sua família, ele acaba se deparando com seres mitológicos do folclore brasileiro durante a investigação.

Cidade Invisível é uma série policial que traz temas relevantes como a preservação ambiental, o resgate da cultura popular brasileira,  além de explorar as relações humanas através do místico. 

Protagonizada por Marco Pigossi e Alessandra Negrini, a produção ainda conta com Jéssica Córes, Fábio Lago, Wesley Guimarães e Manu Diegues no elenco. Cidade Invisível é produzida por Beto Gauss e Francesco Civita (Prodigo Films), com Caito Ortiz (Prodigo Films), Maresa Pullman (BottleCap Productions) e Marco Anton (Boipeba Filmes) também assinando a produção executiva. O enredo é uma criação original de Saldanha inspirado em uma história desenvolvida por Carolina Munhóz e Raphael Draccon tendo Mirna Nogueira como roteirista-chefe. A série é dirigida por Luis Carone e Julia Jordão, com direção-geral de Luis Carone. 

                                 Vídeo:        


Sobre a Netflix
A Netflix é o principal serviço de entretenimento por streaming do mundo. São mais de 195 milhões de assinaturas pagas em mais de 190 países assistindo a séries, documentários e filmes de diversos gêneros e idiomas. O assinante Netflix pode assistir a quantos filmes e séries quiser, quando e onde quiser, em praticamente qualquer tela com conexão à internet. O assinante pode assistir, pausar e voltar a assistir a um título sem comerciais e sem compromisso.

Sobre a Prodigo Films
Prodigo Films é uma conceituada produtora brasileira, conhecida por Coisa Mais Linda, série ficcional desenvolvida para a Netflix; (FDP) série de ficção premiada, para a HBO. Atualmente trabalha no lançamento Cidade Invisível, série de realismo fantástico do diretor e criador brasileiro Carlos Saldanha, também para Netflix. Prodigo produziu os longas-metragens O Roubo da Taça, vencedor do prêmio de Audiência no SXSW 2016, A Hora e a Vez de Matraga, que levou 5 prêmios no Festival Internacional de Cinema do Rio de Janeiro e  Sueño Florianópolis, vencedor de 4 prêmios no Festival Internacional de Cinema de Karlovy Vary. No EUA, a Prodigo é representada pela agência CAA. Outras obras relevantes incluem: Aging – HBO (Série Documental – 2 temporadas); Rompendo o Silêncio – HBO (Série Documental); Mundo S/A – Globo News (Programa Jornalístico – 7 temporadas); Motoboys_Vida Loca – do diretor Caito Ortiz (Longa Documentário).
 
 Sobre Carlos Saldanha
Nascido no Rio de Janeiro, Carlos Saldanha é um diretor/produtor indicado duas vezes ao Oscar e fundador das produtoras BottleCap Productions (Estados Unidos) e Boipeba Filmes (Brasil). Co-dirigiu A Era do Gelo (2002) e Robôs (2005), além de dirigir o curta-metragem de animação indicado ao Oscar A Aventura Perdida de Scrat (2004). Também assinou a direção de A Era do Gelo 2 (2006) e A Era do Gelo 3 (2009). Em 2011, criou e dirigiu Rio, uma carta de amor à sua terra natal, que se tornou um grande sucesso no mundo todo e ganhou a sequência Rio 2. Mais recentemente, o diretor carioca esteve a cargo da direção da animação O Touro Ferdinando (2017), indicada a dois Oscar.




Nenhum comentário