Novidades

[News] Sem Descanso, doc sobre violência policial, lança trailer

Sem Descanso (Restless), do diretor Bernard Attal, divulga seu trailer oficial. O filme relata uma história real, que expõe a atual violência policial, e mostra através de fatos a urgência deste tema ser debatido pela sociedade brasileira. Sem Descanso participa do San Francisco Black Film Festival em edição virtual em junho. O documentário já participou em 14 festivais em todo mundo, inclusive na Competição Principal da Première Brasil do Festival do Rio 2019, e venceu quatro prêmios: Melhor documentário no Black Montreal International Film Festival; Melhor documentário no Fenavid Santa Cruz da Bolívia; Melhor longa no Araial Cinefest; Menção de excelência no Impact Doc Awards; Prêmio Vertentes de Cinema de Melhor Documentário do Festival do Rio 2019. O lançamento está previsto para o segundo semestre. A nova versão do trailer apresenta imagens e relatos que mostram o paralelo entre a situação da violência policial no Brasil e o movimento Black Lives Matter nos EUA.  



O documentário mostra como Geovane, um jovem morador da Suburbana de Salvador, Brasil, foi levado, em 2014, por uma viatura da Policia Militar em pleno dia. Depois de uma investigação conduzida pelo próprio pai e pelo jornal local, o corpo foi encontrado esquartejado e sete policias foram indiciados. A polícia brasileira é uma das mais violentas no mundo. As vítimas são principalmente os jovens negros da periferia das cidades.  



Os casos são raramente elucidados e as famílias ficam na ignorância do destino dos seus filhos. Mas o pai de Geovane se recusou a descansar até descobrir o paradeiro do seu filho. A narrativa, de caráter investigativo, costura a trama e a procura das raízes históricas e sociológicas da violência policial. O documentário foi produzido pela Santa Luzia Filmes e tem distribuição da Livres Filmes. 



Nas palavras do diretor Bernard Attal, “a violência policial no Brasil alcançou tal nível que se pode falar hoje de um verdadeiro genocídio contra a juventude negra das periferias das cidades.  A culpa é da sociedade toda, não somente da polícia, mas também dos governantes, do judiciário e da população em geral que tolera tal violência”. 



Participações em festivais  

Thessalonik Documentary Film Festival: seleção oficial (Grécia) 

Black Montreal International Film Festival: Melhor Documentário (Canadá) 

Saint Louis International Film Festival (EUA) 

Fenavid International Film Fest (Bolivia): Prémio Signis Melhor Documentário 

Yale Latino Film Festival (EUA) 

Agenda Brasil (Itália) 

Festival do Nuevo Cinema de Havana (Cuba) 

Festival Altantidocs (Uruguai) 

Competição Principal da Première Brasil do Festival do Rio 2019 (Brasil) 

Toronto Black Film Festival (Canadá) 

Halifax Black Film Festival (Canadá) 

Festival Au Cinéma Pour Les Droits Humains (França) 

Araial Cinefest: Melhor longa metragem (Brasil) 

Panorama Internacional de Cinema 

Impact Doc Awards: menção de excelência (EUA) 



Sem Descanso (Restless) - Documentário: 2019, 78 min 

Idiomas: Português (subtítulos in Inglês, Francês, Espanhol) 

Não recomendado para menores de 14 anos 



Ficha Técnica 

Direção: Bernard Attal 

Roteiro: Bernard Attal, Fabiola Aquino 

Produção Executiva: Gel Santana e Fabiola Aquino 

Direção de Fotografia: Matheus Rocha 

Montagem: Marcos Lé 

Direção de arte: Carol Tanajura 

Música: Silvain Vanot 

Desenho de som: Pedro Garcia e Eduardo Ayrosa 



Sobre o diretor 

Bernard Attal estudou cinema na New School de Nova Iorque. Ele mora no Brasil desde 2005.  Ele dirigiu três curtas-metragens (29 Polegadas, Ilha do Rato e Passeio de Bicicleta) e um documentário para a televisão pública brasileira, Os Magníficos. Todos esses filmes participaram e foram premiados em festivais ao redor do mundo, inclusive Palm Springs, Chicago, London-BFI, Clermont-Ferrand. Seu primeiro longa-metragem de ficção, A Coleção Invisível, adaptado de uma novela de Stefan Zweig, foi lançado nas salas comerciais em 2013, recebeu quinze prémios no circuito internacional dos festivais (Nashville, Bogotá, Lisboa, Gramado, Paris) e foi licenciado para vários canais como HBO, Telecine, Canal Brasil, e In-flight Entertainment. Em 2017, Bernard finalizou uma comedia para televisão, “A Finada Mãe da Madame” e em 2018, um curta metragem ("DELA") que abriu o encontro dos BRICS no Durban Internacional Film Festival para o centenário do nascimento de Nelson Mandela. 



Sobre a produtora Santa Luzia Filmes 

Santa Luzia Filmes está estabelecida em Salvador (BA) desde 2007, com objetivo de produzir filmes independentes, de documentário e de ficção. Entre os longas recentemente produzidos: em 2019, o documentário RIO DE VOZES, (em finalização), com  dir. Andréa Santana & Jean-Pierre Duret, e o documentário SEM DESCANSO, direção Bernard Attal, que foi selecionado no Thessalonik Documentary Film Festival, e para a Mostra Competitiva do Festival do Rio. Em 2017, lançou a comedia A FINADA MÃE DA MADAME para televisão e em 2013, o longa-metragem de ficção A COLEÇÃO INVISÍVEL, com direção Bernard Attal (35mm, 89 min), com Vladimir Brichta, e Walmor Chagas. As obras produzidas pela Santa Luzia Filmes foram selecionadas em mais de duzentos festivais ao redor do mundo e licenciadas para HBO, Canal Brasil, Telecine, TVE, Amazon Prime, In-Flight Entertainment.  



Sobre a distribuidora Livres Filmes 

A Livres Filmes é uma empresa que entrou em 2014 no mercado de distribuição com a missão de atuar junto ao nicho da produção independente brasileira. Além da distribuição, a Livres vem atuando no desenvolvimento de obras desde a sua concepção, buscando fomentar obras audiovisuais brasileiras ou em coprodução voltadas para o circuito cultural das salas de cinema, das plataformas VOD e TVs. Campanhas de Impacto para lançamento, designer de público e difusão em circuitos alternativos são expertises que fazem parte do trabalho da distribuidora.

Nenhum comentário