Novidades

[Divulgação]Dentista recomenda cuidado com a higiene bucal durante a pandemia da covid-19

Dentista recomenda cuidado com a higiene bucal durante a pandemia da covid-19

Boca é a principal porta de entrada para contaminação do novo coronavírus


A chegada do novo coronavírus no Brasil mudou radicalmente os hábitos de higiene da vida de milhões de brasileiros, principalmente com a limpeza das mãos. Mas os cuidados com a higiene bucal também devem ser lembrados, afinal, uma das principais "portas de entrada" do novo coronavírus é a boca. Realizar uma boa escovação e mantê-lá em dia é uma das formas de evitar a contaminação pelo vírus.

O Conselho Regional de Odontologia (CRO-RJ) suspendeu os atendimentos eletivos no estado durante a pandemia de Covid-19, e recomendou aos profissionais do setor que limitem o atendimento à população, atendendo apenas os casos de urgência e emergência.

A cirurgiã dentista Ludmila Lifon aponta que além de manter a rotina diária de escovação da bucal é importante higienizar a escova de dente após o uso.“Uma das medidas eficazes de evitar a infecção pelo vírus é limpar corretamente a escova de dente mergulhando-a no enxaguatório bucal que tenha clorexidina 0,12%. Essa substância é facilmente encontrada em marcas populares. Trocar a escova a cada três meses é muito importante”, explica a doutora lembrando que a boca é uma mucosa - superfície que facilita a entrada do vírus no organismo.


Além deste cuidado com a higienização da escova, a limpeza da língua também é primordial, como relata a especialista. "Uma coisa que todo mundo esquece é a escovação da língua. É super importante manter essa limpeza diária para eliminar as bactéricas que ficam em cima do órgão e que podem causar doenças”, lembra.

A cirurgiã-dentista alerta que antes de realizar a limpeza bucal é importante higienizar as mãos. “Em todo processo de higiene bucal usamos as mãos para escovar os dentes além de usar o fio dental. Mas para isso é importante que as mãos estejam bem higienizadas para que possa fazer todo processo de limpeza com segurança”, relata.

O novo coronavírus é mais perigoso para pessoas que têm alguma doença, principalmente as crônicas. Então, manter a saúde e a imunidade pode ser determinante.

Em casas onde há uma pessoa infectada pelo coronavírus, a melhor medida é manter distância e mante-lá isolada em um quarto com banheiro exclusivo para ela, além de separar tudo, como toalhas e sabonetes.

PR/AUchoa

Nenhum comentário