Novidades

[Programação] Filmes em Destaque no Canal Brasil – 22 a 28 de junho


BIG JATO (2016) (93’) 










 
Horário: Segunda, dia 22, às 21h15

Inédito e exclusivo

Direção:
Cláudio Assis
Classificação: 16 anos

Sinopse: Francisco é um menino que passa os dias na companhia do pai (Matheus Nachtergaele) no trabalho. O homem é motorista do imponente Big Jato, um caminhão-pipa utilizado para limpar as fossas da cidade sem saneamento básico. Mas o garoto está mais interessado nas ideias do tio, um artista libertário e anarquista. À medida que descobre o primeiro amor, Chico percebe a vocação para se tornar poeta.
 

O SEGREDO DOS SEUS OLHOS (2009) (129’) 


Horário: Terça, dia 23, às 22h

[Latinidades]

Direção: Juan José Campanella
Classificação: 16 anos

Sinopse: Adaptado do livro “La Pregunta de Sus Ojos”, do escritor portenho Eduardo Sacheri, o roteiro narra a história de um crime ocorrido 25 anos antes e jamais esquecido por Benjamín Esposito (Ricardo Darín), então oficial de justiça do tribunal penal designado a investigá-lo. Recém-aposentado e com bastante tempo livre, Benjamín começa a redigir um romance, voltando ao passado e revivendo o caso trágico do estupro e consequente assassinato de uma bela jovem em 1974.
 
AEROPORTO CENTRAL (2020) (101’) 
 
 
Horário: Quarta, dia 24, às 20h

INÉDITO E EXCLUSIVO
Direção: Karim Aïnouz
Classificação: 12 anos

Sinopse: Ao longo de um ano, entre 2015 e 2016, o diretor Karim Aïnouz acompanhou, para assinar esta coprodução entre o Canal Brasil e a Mar Filmes, o estudante sírio de 18 anos Ibrahim e o fisioterapeuta iraquiano Qutaiba, ambos refugiados que moram no abrigo criado no extinto Aeroporto de Tempelhof, em Berlim. À medida que se ajustam ao cotidiano transitório de entrevistas com o serviço social, aulas de alemão e exames médicos, eles tentam lidar com a saudade e a ansiedade para saber se poderão residir no país ou se serão deportados.

TORRE DAS DONZELAS (2019) (92’) 
 
 
Horário: Quinta, dia 25, às 22h20
Direção: Susanna Lira
Classificação: 14 anos

Sinopse: O Presídio Tiradentes foi o calvário de diversas mulheres consideradas terroristas pelo regime militar, presas sem qualquer direito e vítimas da tortura dos órgãos oficiais de repressão. O documentário de Susanna Lira recria as acomodações de muitas das detentas que passaram pela casa de detenção – entre elas, a ex-presidenta Dilma Rousseff – e denuncia as cruéis experiências a que foram expostas nas mãos da brutalidade do regime militar.

MR. LEATHER (2019) (84’) 
 

Horário:
Sexta, dia 26, às 23h10

Inédito e exclusivo

Direção:
Daniel Nolasco
Classificação: 18 anos

Sinopse: O documentário acompanha a segunda edição do concurso Mr. Leather Brasil, cujos participantes são Dom PC, Kake, Deh Leather e Maoriguy. O campeão recebe o prêmio pelas mãos de Dom Barbudo, o primeiro Mr. Leather do país, e terá como tarefa divulgar a cultura do couro durante o próximo ano.

BUNCH OF KUNST – UM FILME SOBRE OS SLEAFORD MODS (2017) (102’) 
 

Horário: Sábado, dia 27, às 19h

INÉDITO e EXCLUSIVO
 
Direção: Christine Franz
Classificação: 14 anos

Sinopse: Polêmicos ícones da cena underground do Reino Unido, o Sleaford Mods, duo que mistura punk e música eletrônica formado por Jason Williamson e Andrew Fearn, é o tema do documentário dirigido por Christine Franz. Desbocados, agressivos e performáticos, o grupo conquistou apelidos curiosos e fãs e críticos, como a “banda mais zangada do Reino Unido”, alcunha concedida pelo tradicional jornal The Guardian, a “voz da Inglaterra”, assim chamado pelos próprios fãs; e até “a melhor banda de rock ‘n roll do mundo”, para citar as exatas palavras do colega Iggy Pop. O documentário de Christine Franz acompanha dois anos de trabalho da banda, de uma garagem em Nottingham até a gravação de um disco de sucesso nas paradas.
 
MAMONAS PARA SEMPRE (2011) (84’) 
 

Horário: Domingo, dia 28, às 19h55
Direção: Cláudio Kahns
Classificação: 14 anos

Sinopse: O documentário musical dirigido por Cláudio Kahns relembra a trajetória de uma banda de carreira meteórica durante o curto período de existência: os Mamonas Assassinas. Em 1995, o conjunto de Guarulhos conquistou o Brasil com seu rock irreverente, em uma mistura de guitarras pesadas e humor até então inédita no país. Em pouco tempo, o disco homônimo vendeu mais de dois milhões de cópias, a banda fazia shows contínuos em casas lotadas e era disputada nos mais populares programas de televisão. Tão rápida quanto sua ascensão, foi sua despedida. Após um problema no pouso, o avião que levava o quinteto para São Paulo se chocou contra a Serra da Cantareira, causando a morte imediata de todos os integrantes. 



Nenhum comentário