Novidades

[News] Seguinte é a nova casa editorial de Rainbow Rowell no Brasi

A nova aposta da Seguinte, selo do Grupo Companhia das Letras, é Rainbow Rowell, nome de peso na literatura juvenil ao redor do mundo. Best-seller do New York Times, a escritora norte-americana já teve alguns de seus livros publicados no Brasil anteriormente – somando 300 mil exemplares vendidos – e terá ainda mais destaque em sua nova editora.

Foram adquiridos cinco títulos de Rainbow, todos com publicação prevista para este ano: Eleanor & Park, Fangirl e a trilogia Simon Snow (Carry On, Wayward Son e Any Way the Wind Blows, este último ainda não lançado no exterior). As edições contarão com novas traduções, por Lígia Azevedo, e terão cronograma completo de publicação anunciado em breve. “Eleanor & Park é um dos meus livros favoritos de todos os tempos, então poder publicar esta e outras obras da Rainbow Rowell na Seguinte é um sonho realizado. Rowell tem um talento único com as palavras, e todo mundo que é ou já foi adolescente um dia se identifica e se emociona com suas histórias”, comenta Nathália Dimambro, editora do selo.

O primeiro lançamento será Eleanor & Park, romance jovem adulto elogiado por nomes relevantes do segmento, como John Green, Gayle Forman e Stephanie Perkins. Previsto para maio, o livro já vendeu mais de 1 milhão de exemplares no mundo todo e está sendo adaptado para filme, com roteiro da própria autora, pelas produtoras PICTURESTART e Plan B. Narrado durante o ano letivo de 1986, Eleanor & Park conta a história de dois jovens de dezesseis anos que, mesmo sabendo que o primeiro amor quase nunca é para sempre, têm coragem e esperança suficientes para tentar.

Best-seller do New York Times
Livro de honra do Michael L. Printz Award (2014)
Vencedor do Boston Globe-Horn Book Award de melhor livro de ficção (2013)
Escolhido como um dos melhores livros juvenis pela Publishers Weekly (2013)
Escolhido como um dos melhores livros juvenis pelo New York Times Book Review (2013)
“Eleanor & Park me lembrou não só como é ser jovem e se apaixonar por uma garota, mas como é ser jovem e se apaixonar por um livro.” — John Green, autor de A culpa é das estrelas



Nenhum comentário