12 junho 2018

[News] No Dia dos Namorados, Lagum lança canção que prega a leveza nas relações

Lagum, grupo natural de Belo Horizonte, composto pelos amigos Pedro Calais nos vocais, Otávio Cardoso e Glauco Borges nas guitarras, Francisco Jardim no baixo e Tio Wilson na bateria, lança nesta terça-feira, 12 de junho, o novo single “Bem Melhor”. A canção, que fala sobre leveza e amor próprio, chega como uma proposta diferente para embalar o Dia dos Namorados.
Já disponível nas plataformas digitais de áudio (https://SMB.lnk.to/BemMelhor), a faixa estreia com um clipe que transmite de forma descontraída a mensagem da música. Ao som de “Ser leve é bem melhor. Celebre a vida e só”, Pedro, Chico e Otávio, saem em busca da leveza interior e se tornam aprendizes do Tio Wilson e seu ajudante Glauco, que os ensinam a levitar. A produção se baseia no resgate do bem-estar e nos valores incondicionais de amizade.
Pedro, vocalista do grupo, falou sobre a canção:
“Escolhemos justamente o Dia dos Namorados para falar sobre a sensação aliviadora que é sair de um relacionamento que já estava pesado para os dois lados.
Não é uma música anti-dia-dos-namorados, até porque eu seria muito hipócrita em escrever algo assim depois de ter lançado “Deixa” (kkkkk). Se trata de amor próprio. De considerar o que você sente internamente.
Independente do seu estado civil, ´ser leve é bem melhor´
O talento do grupo mineiro que carrega uma sonoridade única vem lhes rendendo cada vez mais destaque na cena nacional. Com quatro anos de carreira, a banda já abriu shows de nomes como Natiruts e Planet Hemp, e acumula interessantes números nas plataformas digitais de áudio e no YouTube – já são mais de 700 mil ouvintes mensais no Spotify, com mais de 14 milhões de streams acumulados nas plataformas digitais, além de 7 milhões de visualizações em seus vídeos. O sucesso “Deixa”, com participação da cantora Ana Gabriela, entrou para o Top 200 do Spotify, com mais de 3 milhões de streams. O clipe oficial da faixa já passa de 2 milhões de views no YouTube.
Por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário