Novidades

[News] CCBB recebe artistas e ativistas em evento que marca o Dia Internacional do Orgulho LGBTI+

Tertuliana Lustosa e Gabe Passarelli conversarão com o público sobre inserção no mercado de trabalho e a condição trans e não-binária;
Evento inclui oficina de escrita poética, e os trabalhos produzidos serão expostos no prédio do Centro Cultural Banco do Brasil

Rio de janeiro, junho de 2018 –Esta quinta-feira, 28 de junho, marca o Dia do Orgulho LGBTI+, e o Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro abre espaço para o diálogo e troca de experiências entre artistas, ativistas e público. O evento Corpos Dissidentes: Escritos LGBTI+ recebe Tertuliana Lustona e Gabe Passarelli para um debate e oficina criativa a partir das 15h.

Lustosa e Passarelli comandarão, no Dia do Orgulho LGBTI+, um debate sobre a condição trans e não-binária na atualidade, considerando a perspectiva latino-americana e a inclusão no mercado de trabalho. Após o bate-papo, os participantes poderão ler textos e zines (publicações independentes) de autorxs da área, e participar de uma oficina de escrita poética. Os trabalhos produzidos serão expostos no térreo do prédio do CCBB.

Os interessados em participar do evento no CCBB devem fazer inscrição no site www.ccbbeducativo.com.

O Dia do Orgulho LGBTI+ é celebrado internacionalmente em 28 de junho, data que marca o protesto realizado em Nova Iorque, em 1969, contra a repressão sofrida por gays, travestis e ouros grupos marginalizados que frequentavam o bar Stonewall. O protesto é considerado um dos primeiros registros de reação coletiva contra abusos homofóbicos.

SERVIÇO
Evento: Dia Internacional do Orgulho LGBTI +
Data: 28 de junho (quinta-feira)
Horário: 15h
Inscrição:www.ccbbeducativo.com

Tertuliana Lustosa é escritora, cordelista e artista visual. É graduada em História da Arte na UERJ, onde também é professora da oficina de literatura do COART, Escritos Trans: literatura, gênero e poder. Publicou os ensaios "Manifesto traveco-terrorista" na Revista Concinnitas, e "A lenda da trava leiteira" na Revista Concinnitas.

Gabriel (GABE) Passareli é formada em Terapia Ocupacional pela UFRJ; Estudou mediação em museus tanto na EAV Parque Lage quanto na Casa França-Brasil; Participou durante a graduação de projetos de extensão que pensam o cuidado, trabalho compartilhado em saúde mental, produção de oficinais-intervenções de arte e cultura para as juventudes. Recentemente participou de duas performances no SPArte 2018 .


Nenhum comentário