Novidades

[Nerds & Geeks] Histórias essenciais dos Jovens Titãs e Live-action

     Duas fotos novas de Brenton Thwaites (Oculus) como o Robin da série Novos Titãs foi divulgada pela DC hoje:


Essa versão parece se inspirar no traje de Tim Drake ao mesmo tempo que evita os tons vívidos de vermelho, amarelo e verde e se baseia mais na ideia de uma armadura do que uma roupa. 
A série Novos Titãs estreará no serviço de streaming do Universo Extendido da DC ano que vem e fará parte de uma leva de títulos como Monstro do Pântano, Young Justice, Harley Quinn e Doom Patrol, que será um spin-off da série dos Titãs. 
 Selecionei 5 HQs essenciais dos Jovens Titãs para conhecer:

1) Os Novos Titãs volume 1 de Marv Wolfman e George Pérez (contém material de DC Comics Presents #26 e os 8 primeiros volumes de The New Teen Titans):

Os Jovens Titãs podem ter começado nos anos 60 e terem sido esporadicamente até os anos 70, não foi até meados dos anos 80 que ela começou a fazer sucesso, com a revitalização das histórias escritas por Marv Wolfman e desenhadas por George Pérez, intituladas New Teen Titans, publicadas a partir de 1980.  Eles pegaram os tradicionais membros Robin, Moça-Maravilha, Kid Flash e Mutano com os novos personagens Ciborgue, Ravena e Estelar, criando a formação mais icônica da equipe, que viria a ser usada na série animada mais tarde.
Os primeiros 6 números contam a história da formação da equipe,a estreia do Exterminador, a primeira batalha dos Titãs contra o pai demoníaco de Ravena, Trigon e o confronto com a Liga da Justiça que serviu de base para o desenho.Os últimos dois volumes mostram a trajetória pessoal dos membros, focando nos novos integrantes.  Fez tanto sucesso que passou a rivalizar com os X-Men da Marvel. A série fez tanto sucesso que a DC relançou na série Archive no final dos anos 90 e tem sido lançado em brochura nos últimos anos.

2)Os novos Jovens Titãs: O Contrato Judas, de Marv Wolfman e George Pérez (contendo os números 39 a 44 de Os Novos Jovens Titãs e o Anual dos Jovens Titãs número 3):
 Se os Jovens Titãs dos anos 80 era a resposta da DC aos X-Men então O Contrato Judas foi o equivalente à Saga da Fênix. Essa história em 7 partes conta a história da traição de Terra, que vinha trabalhando para o Exterminador desde sua introdução. Tem dois motivos pelo qual essa história é notável: por ser incrivelmente sombria e por apresentar a estreia de Asa Noturna, a identidade que Dick Grayson adotou após passar o manto do Robin para Jason Todd. Ela foi editada várias vezes em brochura mas está atualmente fora de catálogo, porém pode ser encontrada no omnibus dos trabalhos de Wolfman e Pérez.

3)Quem é Donna Troy? de Marv Wolfman, George Pérez, Phil Jimenez e outros (incluindo os volumes 38 a 50 dos Novos Jovens Titãs Vol. 1,  os números 50 a 55 de Os Novos Jovens Titãs Vol. 2 e material de Jovens Titãs: Arquivos Secretos de 2003):

Esse volume conta as origens de Donna Troy aka Moça-Maravilha, a irmã mais nova de Diana. Começa com duas das melhores edições em toda a história dos Titâs, o número 38 que revela a origem da personagem, antes de Crise nas Infinitas Terras e o número 50, que mostra o casamento dela com Terry Long e depois há um avanço de tempo até a segunda encarnação dos Novos Jovens Titãs. Para concluir, um arco de 6 edições mostrando a Donna pós-Crise, que marcou o retorno de Pérez à série e um pulo até 2003, uma história de Phil Jimenez narrando o funeral de Donna. Quando ela foi trazida de volta á vida em 2005, foi lançada uma coletânea de todas as histórias. 

 4) Jovens Titãs: Um jogo de criança, de Geoff Johns, Mike McKone e Tom Grummett (contendo os números 1 a 7 dos Jovens Titãs Vol. 3 e material de Jovens Titãs: Arquivos e Origens Secretos, de 2003):

Depois de Marv Wolfman finalmente deixar o título em 1996, a equipe teve algumas encarnações razoavelmente bem-sucedidas. Entretanto, não foi até 2003 (o mesmo ano em que o desenho estreou no Cartoon Network) que a DC resolveu incluir os Jovens Titãs no seu mais alto escalão ao contratar o ícone Geoff Johns (hoje um dos chefões da DC)e ele formou um time semelhante ao da era Wolfman Pérez:  Estelar, Mutano, Ciborgue e eventualmente Ravena com as encarnações modernas de Robin, Moça-Maravilha, Kid Flash e Superboy. 
A história começa com a formação do time após a dissolução da Justiça Jovem no crossover ´´Dia de Formatura´´ e abrange o primeiro final de semana deles como uma equipe. A era Johns foi reunida em 50 volumes, considerados alguns dos melhores já escritos de JT e que foram reunidos em uma edição de capa dura.

5) Os Jovens Titãs: Terra Um de Jeff Lemire, Terry Dodson e Rachel Dodson
     O período pós-Geoff Johns tem sido controverso. A série dos Novos 52 foi alvo de críticas. Essa graphic novel, lançada em 2014, continua a história da saga Terra Um, mostrando novas versões dos personagens em Terras sem super-heróis. A formação de Lemire inclui Ciborgue, Mutano, Ravena, Terra e Jericó explorando seus poderes e as conexões misteriosas entre eles, a mãe de Ciborgue e o Exterminador. As belas artes de Terry e Rachel Dodson complementam as histórias. 
E você concorda com a minha lista? Quais títulos acrescentaria? Me responda nos comentários!

Nenhum comentário