28 junho 2018

[Discurso] Harvey Milk

Hoje, 28 de Julho, é celebrado o Dia Mundial do Orgulho LGBT, e como não poderíamos deixar passar em branco, separamos uma postagem especial.
Harvey Milk foi um político norte-americano que ganhou notoriedade por ter sido o primeiro homossexual assumido a ocupar um cargo público na California, no fim da década de 70. Numa época onde lutava-se para que a homossexualidade fosse considerada crime pelo radicais conservadores, Milk trouxe a palavra de união e aceitação.
Confira um dos discursos de Milk:

"Em algum lugar em Des Moines ou Santo Antonio há uma jovem pessoa homossexual que, de repente, percebeu que ele ou ela é gay; sabem que se seus pais souberem, eles serão colocados para fora de casa, seus colegas vão humilhá-los, e Anita Bryant e John Brigge estão fazendo sua parte na TV. E aquela criança tem várias possibilidades: ficar no armário e se suicidar. E então, um dia, aquela criança pode abrir o jornal que diz “Homossexual eleito em São Francisco” e surgem duas novas opções: a opção é ir para a Califórnia ou ficar em Santo Antonio e lutar. Dois dias depois que fui eleito, recebi um telefonema. E a voz era de alguém muito jovem. Era de Altoona (Pennsylvania). E aquela pessoa disse “Obrigado”. E você precisa eleger homossexuais, assim milhares e mais milhares de crianças como esta saberão que existe esperança de um mundo melhor; que há esperança por um amanhã melhor. Sem esperança, não só gays, mas os negros, os asiáticos, os deficientes, os idosos, os Estados Unidos: sem esperança os Estados Unidos perderá. Eu sei que você não pode viver de esperança sozinho, mas sem ela, a vida não vale a pena. E você… e você, e você e você precisam dar esperanças a esses jovens”.

Em 2009 foi lançado uma cinebiografia chamada "Milk - A Voz da Igualdade" inspirado na vida de Harvey Milk, com Sean Penn no papel principal.

Nenhum comentário

Postar um comentário