Books Brasil Books

Novidades

[News]Teatro Sérgio Cardoso recebe show de encerramento da Tour de 10 anos da banda Maglore

Teatro Sérgio Cardoso recebe show de encerramento da Tour de 10 anos da banda Maglore

 

O espaço cultural, marco do teatro no bairro do Bixiga, abre suas portas também para apresentações musicais. Além da exibição de diversos shows transmitidos pelo #CulturaEmCasa, o Teatro Sérgio Cardoso recebeu recentemente Paulinho Boca de Cantor e agora traz a banda Maglore pelo projeto Palco Bixiga

 


Crédito: Lucca Mezzacappa

 

Teatro Sérgio Cardoso, equipamento da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e gerido pela Amigos da Arte, recebe show de encerramento da Tour de 10 anos da banda Maglore no dia 19 de março, sábado, às 21h. O show faz parte do Palco Bixiga, projeto idealizado pelas produtoras Mundo Giras e Difusa Fronteira que propõe edições mensais de apresentações no bairro do Bixiga com artistas representativos da nova cena de música brasileira. 

 

Revisitando o repertório dos quatro álbuns de estúdio e vários singles lançados, o grupo inicia a despedida do projeto que se iniciou em 2019, com o registro do DVD ao vivo. No set list, canções como Me deixa legalMantraCafé com Pão Não Existe Saudade no Cosmos estarão presentes.

 

A banda baiana revisita o repertório de seus quatro álbuns e vários singles. A turnê de despedida do show de 10 anos fecha um ciclo, com o registro do DVD ao vivo e também prepara o público para o novo álbum que vai ser lançado ainda em 2022.

 

“Nossos 10 anos foram um momento de relembrar tudo o que vivemos na última década, como os nossos quatros discos, os singles lançados, as turnês e as parcerias”, conta o cantor e compositor Teago Oliveira. “A banda se estabeleceu num local muito legal do cenário e foi intenso fazer isso pelas vias da música independente”, comenta. 

 

Sobre Maglore 

 

Originada como quarteto em Salvador, em 2009, então com Carlos Nery (baixista) e Lelo Brandão (guitarra e teclado), e atualmente residente na capital paulista, a Maglore lançou os CDs independentes Veroz (2011) e Vamos Pra Rua (2013) — neste último, Carlinhos Brown e Wado emprestam suas vozes em participações especiais. Os álbuns destacaram o grupo como aposta do país e representante de peso do circuito baiano.

Em 2015, lançaram III (Deck), resultado da mudança de integrantes e, por consequência, de sonoridade da banda, agora mais direta e simples, mas não menos inventiva e elegante, com influências que vão de Caetano Veloso a Wilco, do misticismo da Bahia à rotina esmagadora da vida em São Paulo. Trazendo hits como “Mantra” (indicado à categoria “nova canção” do Prêmio Multishow 2015), “Dança Diferente”, “AiAi”, III foi considerado um dos melhores álbuns de 2015 por Rolling Stone, Billboard, MTV, UOL Entretenimento, entre outros grandes veículos, e uns dos melhores shows do ano pela Folha de S. Paulo. O disco ainda levou a MAGLORE ao 27o Prêmio da Música Brasileira, que reconheceu o grupo como um dos melhores daquele ano, e rendeu convites para o Lollapalooza Brasil 2016, onde os baianos se apresentaram no palco principal e para o festival SXSW, em Austin (EUA), como artistas brasileiros convidados, ao lado de Liniker.

 

No segundo semestre de 2017, a Maglore lançou Todas as Bandeiras, seu quarto e elogiado disco, que foi eleito pela crítica especializada um dos melhores discos do ano (Rolling Stone, UOL, Tenho Mais Discos Que Amigos, Scream Yell, Gazeta do Sul, etc.) além de listas internacionais (La Tundra, BeeHype, etc.). Em uma pesquisa realizada por Pena Schmidt sobre a reputação dos artistas em 2017, examinando todas as listas de “Melhores do Ano", a Maglore ficou em 8o lugar. Com ele, a banda já se apresentou em todas as regiões do país e em Nova York (EUA) no ano de 2018.

 

Site Oficial: http://www.maglore.com.br/ 

Facebook: facebook.com/maglore 

Instagram: instagram.com/magloreoficial 

Twitter: twitter.com/maglore 

 

Ficha técnica:

Teago Oliveira (vocal e guitarra)

Lelo Brandão (guitarra e synth)

Lucas Oliveira (vocal e baixo) 

Felipe Dieder (bateria)

 

SERVIÇO

Maglore - Encerramento da Tour de 10 anos
Teatro Sérgio Cardoso - Sala Nydia Licia 

Endereço: Rua Rui Barbosa, 153 - Bela Vista | São Paulo – SP
Data: Dia 19 de março, sábado, às 21h.
Duração: 90 minutos
Classificação etária: 18 anos
Ingressos: 

Lote 1 - R$50 (inteira) e R$25 (meia-entrada)

Lote 2 - R$60 (inteira) e R$30 (meia-entrada)

Lote 3 - R$70 (inteira) e R$35 (meia-entrada)


https://site.bileto.sympla.com.br/teatrosergiocardoso/ 

 

 

Sobre a Amigos da Arte

A Amigos da Arte, Organização Social de Cultura responsável pela gestão dos teatros Sérgio Cardoso e de Araras e diversos programas de difusão cultural e economia criativa, trabalha em parceria com o Governo do Estado de São Paulo e iniciativa privada desde 2004. Música, literatura, dança, teatro, circo e atividades de artes integradas fazem parte da atuação da Amigos da Arte, que tem como objetivo difundir a produção cultural por meio de festivais, programas continuados e da gestão de equipamentos culturais públicos. Em seus 17 anos, a entidade desenvolveu 12 mil ações culturais, atingindo mais de 25 milhões de pessoas.

 

Sobre o Teatro Sérgio Cardoso

Localizado no boêmio bairro paulistano do Bixiga, o Teatro Sérgio Cardoso foi inaugurado em 13 de outubro de 1980, com uma homenagem ao ator. Na ocasião, foi encenado um espetáculo com roteiro dele próprio, intitulado “Sérgio Cardoso em Prosa e Verso”. No elenco, a ex-esposa Nydia Licia, Umberto Magnani, Emílio di Biasi e Rubens de Falco, sob a direção de Gianni Rato. A peça “Rasga Coração”, de Oduvaldo Viana Filho, protagonizada pelo ator Raul Cortez e dirigida por José Renato, cumpriu a primeira temporada do teatro.

 

Sobre Mundo Giras Produções - Hernan Emiliano Halak (Diretor)

Nascida em 2010, Mundo Giras é uma produtora cultural com base em São Paulo, que tem como objetivo desenvolver projetos culturais na América Latina com o Brasil como eixo principal. Trabalham com diferentes formatos: música, teatro, circo, dança, exposições, intervenções e festivais, acreditando fortemente no desenvolvimento das artes do nosso continente.  

Site

www.mundogiras.com

 

Sobre Difusa Fronteira Núcleo De Integração Cultural - Felipe França Gonzalez (Diretor)

Produtora é responsável por produzir mensalmente apresentações de música, teatro, dança, circo, oficinas e intervenções urbanas de grupos artísticos latinos em solo brasileiro e de grupos brasileiros em outros países da América Latina. Fundado em 2006, é uma organização de gestores culturais com foco de ação em diversos países sul americanos e da América Central que busca efetivar o intercâmbio cultural e o acercamento artístico entre eles. 

Site

www.difusafronteira.com.br

 

Nenhum comentário