Novidades

[News]Theatro Municipal de Portas Abertas com entrada franca

 

 

Governo Federal, Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, Theatro Municipal, Associação dos Amigos do Teatro Municipal, Instituto Cultural Vale e Petrobras

apresentam

Theatro Municipal de Portas Abertas com entrada franca

Foto: Igor Corrêa – Ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro em Noites de Walpurgis

Depois de um ano e sete meses fechado ao público devido à pandemia, o Theatro Municipal do Rio de Janeiro reabre as portas a partir do dia 28 de outubro com os balés Des Enfants/ Paquita Grand Pas Classique/Noite de Walpurgis

Arte: Luisa Mattos

 

Teasers:

imagens:  Igor Corrêa (https://vimeo.com/638782958 )- Noite de Walpurgis formato TV - teaser

imagens Igor Corrêa - (https://vimeo.com/638801849) - Paquita  formato TV - teaser

No dia 13 de março de 2020, as portas de um dos mais importantes e frequentados teatros do país foram fechadas. O perigo do contágio do coronavírus afastou o público e após decreto no Diário Oficial, a estreia da Série Grandes Vozes no Rio de Janeiro, que tinha como convidada a soprano norte-americana Sondra Radvanovsky, foi cancelada. Um ano e sete meses depois, o Theatro Municipal abre as cortinas para uma nova etapa, valorizando ainda mais os artistas da casa que não pararam neste período tão difícil. É o Theatro Municipal de Portas Abertas que, com o público reduzido, vai disponibilizar sessões gratuitas para a população.

    Foto: Gui Maia

 

"O Theatro Municipal é um patrimônio do estado do Rio de Janeiro. Esse período da pandemia foi difícil, então nada mais justo que os artistas do estado reinaugurem o Theatro. Durante esse período, apoiamos a cultura fluminense com diversos editais, e recentemente lançamos o Pacto Cultural RJ, que vai injetar R$ 75 milhões ao fomento das artes até o final do ano", disse o governador Cláudio Castro.

Serão duas obras-primas do balé clássico: Paquita, com música de Ludwig Minkus e coreografia de Marius Petipa, do qual será apresentada uma abertura com as alunas da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa do TMRJ, Des Enfants, e o famoso Grand Pas Classique; e Noite de Walpurgis, originalmente da ópera Fausto, com música de Charles Gounod e coreografia de Leonid Lavrovsky.

De acordo com a secretária de Estado de Cultura e Economia Criativa do Rio de Janeiro, Danielle Barros, a reabertura do Theatro Municipal é uma sinalização da retomada cultural em todo estado.

"O Estado do Rio avança na vacinação e para coroar este momento de retomada, reabrimos as portas do Theatro Municipal, que é a joia da coroa da cultura fluminense. Um verdadeiro presente para a população que poderá acompanhar lindas apresentações no nosso histórico palco, de forma gratuita", afirmou Danielle Barros.

"É um orgulho muito grande poder compartilhar com a população fluminense esse momento tão importante para a cultura! Reabrir as portas do Theatro Municipal, ainda mais de forma gratuita e depois desse longo hiato, é um marco importantíssimo para nossa história. Contamos com a presença de todos!" – ressalta a Presidente da Fundação Teatro Municipal do Rio de Janeiro, Clara Paulino.

O Diretor da EEDMO e Regente Interino do Ballet do TMRJ, Hélio Bejani fala da importância de investir nos talentos da casa: “Imprescindível retomarmos nossos espetáculos para, acima de tudo, preservarmos a possibilidade de nossos jovens talentos seguirem suas carreiras já bastante prejudicadas pelo momento de tantas incertezas que vivenciamos ”.

Durante esta fase em que o TMRJ não pôde receber o público, também foi essencial manter a parceria com os Patrocinadores Ouro, Petrobras e Instituto Cultural Vale que seguiram ao lado do Theatro Municipal do Rio de Janeiro ao longo de todos esses meses em que ficou fechado.

“Nós temos uma alegria imensa de unirmos forças neste momento de retorno, para uma abertura festiva do nosso Theatro Municipal”, festeja Steffen Dauelsberg, vice-presidente da Dellarte, responsável pela coprodução do evento.

                                 Foto: Igor Corrêa – Paquita Grand Pas Classique é uma das obras apresentadas na reabertura do TMRJ

 

Paquita é um balé em dois atos produzido pela primeira vez em 1846 na Opéra de Paris, com música de Édouard Deldevez e coreografia de Joseph Mazilier. Em 1847 foi montado no Bolshoi de São Petersburgo por Pierre Frédéric Malevergne e Marius Petipa, em sua estreia russa, na qual participou também como bailarino. Mas foi na remontagem de 1882 que Petipa, com o auxílio de Ludwig Minkus, criou as passagens mais famosas do balé: o Pas de Trois, Mazurka des Enfants e o Grand Pas Classique.  O balé é ambientado na Espanha durante a ocupação de Napoleão. Conta a história de uma cigana que salva a vida de um oficial francês que por ela se apaixona.

 

Programa:

Des Enfants (abertura)

Alunas da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa do TMRJ

Coreografia Original – Marius Petipa

Remontagem e adaptação – Paula Albuquerque 

Ensaios – Cristiana Campello

Grand Pas Classique de Paquita

Companhia de Ballet da Escola Maria Olenewa / Cia BEMO

Música – Ludwig Minkus

Coreografia Original – Marius Petipa

Remontagem e adaptação – Jorge Texeira

Ensaios – Cristiane Quitan 

Figurinos – Tânia Agra

Cenografia – Carlos Dalarmelino

Direção Geral – Hélio Bejani

Elenco Paquita:

Companhia de Ballet da Escola Maria Olenewa | Cia BEMO

Participação dos alunos do segundo básico e primeiro médio da EEDMO

Paquita e Lucien  – Marcella Borges e Michael Willian

Pas de Trois – Ana Flavia Alvim, Diovana Piredda  (ou Tabata Salles), Tiago Tonini (ou Luiz Paulo Martins)

Solistas:

1ª Var – Olivia Zucarino

2ª Var – Luiz Paulo Martins

3ª Var – Tabata Salles (ou Diovana Piredda)

4ª Var – Marcelli Tatagiba (ou Isa Mattos)

Corpo de Baile – Fernanda Lima, Isa Mattos, Luana Macedo, Manuela Roçado e Marina Tessarin 

 

                                       Noite de Walpurgis – Foto Igor Corrêa – com a primeira bailarina do TMRJ Márcia Jaqueline

 

“Noite de Walpurgis” – ballet de um ato - é uma das cenas mais marcantes da ópera de Charles Gounod “Fausto”. Executada separadamente é considerada uma das obras–primas da dança mundial. Gounod criou uma música excepcionalmente colorida e rica para esta coreografia.

A cena da ópera "Noite de Walpurgis" é celebrada no Monte Broken, reino de Mefistófeles (Pan), quando ele procura desviar os pensamentos de Fausto e Marguerite, convidando-os a desfrutar de todos os benefícios da vida terrena.

Fausto vende a alma a Pan (diabo) em troca da imortalidade. Pan começa a mostrar a Fausto os prazeres da vida. Com esse intuito leva-o ao monte Broken, local onde é celebrado um culto à sensualidade e ao erotismo. Acontece por lá uma orgia, onde faunos e bacantes (mulheres adoradoras do Deus Bákkhos) dançam sensualmente. Ameniza o ambiente a presença das Três Graças, que simbolizam o amor espiritual, casto.  E o ballet termina numa dança vertiginosa, um bacanal.

 

Noite de Walpurgis

Ballet do Theatro Municipal / BTM

Música – Charles Gounod

Coreografia Original – Leonid Lavrovsky

Remontagem e adaptação – Jorge Texeira

Ensaios – Cristiane Quintan

Figurinos – Tania Agra

Cenografia – Carlos Dalarmelino

Direção Geral – Hélio Bejani

Elenco Noite de Walpurgis:

Ballet do Theatro Municipal | BTM

Marguerite – Márcia Jaqueline ou Juliana Valadão

Fausto – Alef Albert ou Alyson Trindade

Pan – Filipe Moreira ou Rodrigo Hermesmeyer

Sátiros – Luiz Paulo Martins, Raffael Lima, Nycollas de Abreu e Tiago Tononi (ou Rodrigo Hermesmeyer)   

Três Graças – Fernanda Martini (ou Olivia Zucarino), Rachel Ribeiro (ou Isa Mattos) e Liana Vasconcelos (ou Marcella Borges) 

Bacantes – Ana Flavia Alvim, Diovana Piredda, Fernanda Lima, Isa Mattos, Luana Macedo, Manuela Roçado, Marcella Borges, Marcella Tatagiba, Marina Tessarin, Olivia Zucarino, Tabata Salles, Saulo Finelon, Alyson Trindade, Gabriel Feleciano, Marcelo Soares, Michael Willian, Miguel Alves, Moisses Pepe, Romilton Santana e Tiago Tononi.

 

BTM

A história do Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro começa em 1927, quando a bailarina Maria Olenewa funda a primeira escola de dança do Brasil sediada no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Inicialmente, Corpo de Baile e Escola de Dança se fundiam numa única estrutura na apresentação de espetáculos, até que em 1936, foi oficialmente criado o Corpo de Baile com a separação definitiva entre escola e companhia profissional. A partir de então, o Ballet do Theatro Municipal do Rio De Janeiro vem cultivando ao longo de sua existência a tradição na excelência de seu repertório, na escolha de grandes nomes para sua direção, e de contar com coreógrafos e bailarinos de prestígio internacional. Atualmente o Ballet do Theatro Municipal/BTM se destaca no cenário nacional, principalmente, como a única companhia a manter a tradição do Ballet de Repertório Clássico.

 

Cia BEMO

A Cia BEMO – TMRJ (Cia de Ballet da Escola Maria Olenewa do Theatro Municipal do Rio de Janeiro) é uma companhia pré-profissional composta por alunos dos últimos anos de formação e alunos formados da Escola Estadual de Dança Maria Olenewa do Theatro Municipal do Rio de Janeiro (EEDMO), com a qual a renomada Companhia Brasileira de Ballet (CBB) se fundiu há dois anos. O objetivo central da CIA. BEMO-TMRJ é propiciar aos seus integrantes experiências e amadurecimento profissional. Seus bailarinos têm a oportunidade de fazer estágio ou participar como profissionais contratados do Corpo de Baile do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, caminho natural para ingressar na principal companhia pública brasileira. A Cia BEMO – TMRJ vem cada vez mais se destacando no cenário da dança brasileira, pelo seu excelente nível de qualidade de trabalho desenvolvido com jovens de todas as classes sociais. Em apenas dois anos a companhia apresentou alguns dos mais importantes ballets do repertório clássico internacional, tais como: Giselle, Lago dos Cisnes, Don Quixote, A Flauta Mágica e O Quebra Nozes. 

 

SulAmérica

A SulAmérica é uma companhia de 125 anos que se dedica a entregar Saúde Integral para seus mais de 7 milhões de clientes por meio de produtos e serviços de Saúde, Odonto, Vida, Previdência e Investimentos. A companhia tem como missão melhorar a vida das pessoas, oferecendo apoio, segurança e autonomia em cada momento e decisão de saúde física, emocional e financeira. Para isso, conta com colaboradores engajados e comprometidos, além de uma rede de distribuição com milhares de corretores de seguros em todo o Brasil. Em 2020, a companhia registrou receitas operacionais de R$ 20 bilhões, além de mais de R$ 45,9 bilhões sob gestão de sua asset. Para mais informações, acesse: www.sulamerica.com.br.

 

Circuito SulAmérica Música e Movimento

O Circuito SulAmérica Música e Movimento apoia 38 iniciativas em todo o país por meio das leis de incentivo à cultura e ao esporte. Desde 2008, mais de 2,8 milhões de brasileiros já foram impactados por projetos socioculturais e socioesportivos incentivados pela SulAmérica, como espetáculos que foram sucesso em todo o país, como Tim Maia – Vale Tudo, As Noviças Rebeldes, Cazuza – Pro Dia Nascer Feliz, Palavra Cantada, Turma da Mônica – O Show e muitos outros, além de evento, ações e iniciativas voltadas ao esporte em diversas cidades do Brasil, que buscam incentivar a Saúde Integral das novas gerações e o acesso a oportunidades, como o circuito Up Night Run e o projeto social Escolinha de Triathlon Formando Campeões.

 

Serviço:

Theatro Municipal de Portas Abertas

Des Enfants/ Paquita Grand Pas Classique/Noite de Walpurgis

Entrada Franca

Datas:

28/10 - 19h - Récita 1

29/10 - 19h - Récita 2

30/10 - 16h - Récita 3

31/10 - 16h - Récita 4

Lugares disponíveis: 550 – plateia e balcão nobre

(Serão autorizados quatro ingressos por CPF)

Retirada de ingressos: no dia das apresentações a partir das 10h

Horário de funcionamento da bilheteria – 10h às 18h

Endereço da bilheteria: Av. Treze de Maio – Boulevard

Theatro Municipal do Rio de Janeiro

Praça Floriano, s/ nº - Cinelândia                                                    

Classificação: Livre

Redes Oficiais do TMRJ

Site

http://theatromunicipal.rj.gov.br/

Canal do YouTube

https://www.youtube.com/c/theatromunicipaldoriodejaneiro

Facebook

https://www.facebook.com/theatro.municipal.3

Instagram

https://www.instagram.com/theatromunicipalrj/?hl=pt-br

Patrocínio Ouro Instituto Cultural Vale e Petrobras

Patrocínio SulAmérica 

Apoio Livraria da Travessa, Rádio MEC, Rádio SulAmérica Paradiso, Rádio Roquette Pinto - 94.1 FMWindsor

Coprodução: Instituto Dellarte e Interlúdio

Realização Institucional: Fundação Teatro Municipal, Associação dos Amigos do Teatro Municipal

De acordo com decreto municipal, o Theatro Municipal segue todos os protocolos de segurança de prevenção à covid-19 e para ingressar no espetáculo, será necessário apresentar o passaporte de vacinação.

Nenhum comentário