Novidades

[News]Felipe Araújo reúne sertanejo, pagode e futebol no projeto inédito e inovador "Clube do Araújo"

 FELIPE ARAÚJO REÚNE SERTANEJO, PAGODE E FUTEBOL NO PROJETO INÉDITO E INOVADOR “CLUBE DO ARAÚJO”



O lançamento envolve uma série original no Globoplay, músicas e vídeos, além de turnê pelo Brasil


 Há mais raízes entre o sertanejo, o pagode e o futebol do que pode imaginar a nossa vã filosofia. Durante a pandemia, Felipe Araújo se conectou melhor com suas paixões e deu um jeito de fazê-las aflorar em um projeto que tomou proporções bem maiores do que ele idealizou. Foi assim que nasceu o “CLUBE DO ARAÚJO”, um projeto 360° que engloba todos os pilares da carreira de um artista, reunindo lançamentos audiovisuais e fonogramas, via Universal Music, uma série original com o selo Globoplay, além de uma turnê diferenciada que irá rodar o Brasil no próximo ano.

 

O “CLUBE DO ARAÚJO” irá mostrar todo o processo do cantor para a produção desse novo trabalho, incluindo camping de composições, escolha de novo repertório, gravações em estúdios, bate-papo com cantores convidados, visita a jogadores de futebol e a criação de uma festa exclusiva, liderada por Felipe Araújo, que irá misturar todos esses ingredientes considerados como as paixões nacionais: sertanejo, pagode e futebol.

 

O pontapé inicial do projeto será dado no dia 29 de outubro, com a estreia da primeira temporada da série no Globoplay, que contará com o total de cinco episódios, e o lançamento do álbum, que tem em seu repertório 10 regravações e faixa inédita “7 X 1”, com o grupo Sorriso Maroto. Todas as canções serão acompanhadas de seus respectivos videoclipes, disponibilizados no canal oficial de Felipe Araújo no YouTube.

 

O repertório do volume 1 do “CLUBE DO ARAÚJO” é composto pelas releituras de grandes sucessos de Felipe Araújo e seus convidados, todas em versões de pagonejo. São elas: “A mala é falsa” e “Futuro prometido” (Felipe Araújo feat Sorriso Maroto), “Mentira” e “Refém” (Felipe Araújo feat Dilsinho), “Chave cópia” e “Eu nunca amei assim” (Felipe Araújo feat Menos é Mais), “Ainda sou tão seu” e “Insegurança” (Felipe Araújo feat Pixote), “Fetiche” e “Tira ela de mim” (Felipe Araújo feat Alexandre Pires), além da inédita “7 X1” (Felipe Araújo feat Sorriso Maroto), carro-chefe dessa primeira parte.

 

Para abrilhantar a primeira temporada da série, Felipe Araújo escalou cinco jogadores, que elegeram os seus artistas favoritos. Esse timaço é formado por Daniel Alves, Arrascaeta, Paolo Guerrero, Falcão e Denílson, que bateram um bolão na escolha dos convidados do pagode.

 

“O projeto nasceu a partir de uma vontade de termos uma festa própria do Felipe e aí juntamos os três elementos que ele mais gosta: sertanejo, futebol e pagode. E assim criamos, junto com a Universal Music, o ‘CLUBE DO ARAÚJO’”, revela Emmanoel Camargo, empresário do artista.

 

“Felipe vem construindo o sucesso consistentemente, desde o seu primeiro lançamento como cantor solo até a explosão do mega hit  ‘Atrasadinha’. Nós da Universal Music e GTS ficamos extremamente satisfeitos com a incrível qualidade deste novo trabalho do Felipe. Certamente é um grande projeto audiovisual e estamos muito felizes em poder apresentá-lo aos fãs do cantor”, disse Paulo Lima, presidente da Universal Music Brasil.


Ao longo do projeto, Felipe Araujo vai lançar nas plataformas de streaming um total de 31 músicas. A primeira parte, que conta com o total de 15 faixas (10 regravações e uma música inédita), será disponibilizada no dia 29 de outubro. As outras quatro faixas inéditas, “Credo que delícia” (Felipe Araujo feat Pixote), “Ciúme tá com medo” (Felipe Araujo feat Alexandre Pires), “Natoralmente”(Felipe Araujo feat Grupo Menos é Mais) e “Paga de louca” (Felipe Araujo feat Dilsinho), serão lançadas nos próximos meses.

 

A segunda parte musical, que será apresentada em 2022, contará com mais 16 músicas e vídeos (10 regravações e 6 inéditas). Em campo, ou melhor dizendo, em estúdio, quem garante o placar são os pagodeiros Mumuzinho, Péricles, Thiaguinho, Turma do Pagode e Ferrugem. Esses grandes encontros tiveram como cenário o estúdio Sonastério, cravado no silêncio das montanhas do município de Nova Lima, em Belo Horizonte, onde Felipe e seus convidados mostram toda a sinergia entre sertanejo, pagode e futebol.

 

“Todo mundo sabe que eu sou sertanejo e o quanto sou apaixonado por pagode e futebol. Eu comecei isso lá atrás, com ‘Atrasadinha’, quando eu arrisquei e  lancei uma mistura do pagode e o sertanejo, que deu muito certo. Por que não criar uma festa com a minha cara, com o meu nome, com o meu jeito, unindo tudo isso? E quando vi que o projeto foi ficando gigante, pensei: ‘Preciso mostrar isso pra todo mundo, isso tem de virar uma série’”, disse Felipe.

 

Apresentada pelo Globoplay e dirigida pela Gogacine, a série “CLUBE DO ARAÚJO” traz ao todo 10 episódios, divididos em duas temporadas com cinco programas cada, a união de amigos que se divertem e fazem o que gostam de forma descontraída. Cada programa conta com a presença de um jogador de futebol e um artista convidado, escolha que é feita pelo atleta. Cada episódio trará trechos de três músicas: uma do anfitrião, uma do convidado e uma inédita. “Como muitas pessoas pensam, todo jogador queria ser músico e todo músico queria ser jogador”, resume o craque Daniel Alves.

 

A série foca no processo de criação de uma festa exclusiva, dos bastidores de como tudo acontece, além de mostrar parte da trajetória pessoal do cantor. Para reunir esse time estelar, Felipe escalou para esse seleto clube 10 artistas do pagode e 10 jogadores de futebol, todos seus amigos. A escalação completa é composta por: Sorriso Maroto, Pixote, Alexandre Pires, Grupo Menos é Mais, Dilsinho, Mumuzinho, Thiaguinho, Turma do Pagode, Ferrugem, Péricles, Daniel Alves, Arrascaeta, Paolo Guerrero, Falcão, Denílson, Neymar, Thiago Silva, Vinicius Junior, Arthur Mello e Gabriel Jesus. Fechando o time, está o anfitrião, Felipe Araújo.

 

“Todo mundo sabe o quanto a música sertaneja, o pagode e o samba estão interligados, mas ninguém nunca viu de perto a proximidade que a gente tem, as nossas resenhas, brincadeiras e histórias, o processo de criação das músicas, o momento que a gente está ali gravando. Poder mostrar isso para as pessoas vai ser demais”, acredita Felipe.

Nenhum comentário