Novidades

[News]Pai Denisson D’Angiles - Sacerdote de Umbanda - dirigente/fundador do Instituto CÉU ESTRELA GUIA e CÉU Pela Vida, em SP

Pai Denisson D’Angiles - Sacerdote de Umbanda - dirigente/fundador do Instituto CÉU ESTRELA GUIA e CÉU Pela Vida, em SP 




As festas de Cosme e Damião são um momento singular da cultura brasileira. Caracterizado em seu processo histórico pela presença da devoção, comida, doces, pureza e muita alegria,  esta festa religiosa e popular é celebrada anualmente em setembro no dia 27.

A devoção a Cosme e Damião é antiga no Brasil, também é configurado por uma série de ressignificações que interconectam o catolicismo, religiões de matrizes africanas e também a mitologia grega. Historicamente em  aproximadamente os irmãos gêmeos Castor e Pólux, figuras semi-divinas,  foram creditados com o papel de médicos na qual curavam sobretudo crianças. Para a Igreja católica, Cosme e Damião, datados de 300 D.C. eram irmãos, médicos, que realizavam curas; também com crianças. Para as religiões de matrizes africanas tem-se o entendimento dos Ibejis, que na mitologia Yorubá significa gêmeos. Da mesma forma que a crença católica, a crença na mitologia grega, nós acreditamos que as crianças são a certeza da continuidade da vida, que regem a alegria, a inocência mas também realizam a cura e a renovação.

A abrangência territorial deste dia faz com que em vários cantos do país haja procissões, festas, giras e sobretudo distribuições de alimentos doces  para as crianças.  Particularmente não conheço nada que aproxime e integre mais crianças que brincadeiras, o colorido, a cantiga de roda,  o momento de leveza, de encanto e também os doces, estes que não podem faltar nas festividades em celebração a Cosme e Damião. Os doces representam a doçura da vida, para que  na medida em que nós estivermos o apresentar  da amargura, o doce seja capaz de  nutrir e ocupar o lugar do azedume de tudo que envolve a nossa vida,os doces também têm o poder de atração,  cada qual com a sua construção química, contudo capazes de alterar energias em nossos corpos físicos e espirituais.

A Festa  de Cosme e Damião  está permeada pelo sagrado, pelo simbólico, pela ancestralidade e pela também pela história cultural de nosso país. Que a alegria das Crianças, contagie nossas vidas, abra nossos caminhos para o amor e para a pureza, o encanto da criança que existe em cada um de nós. Que a força do amor e da alegria esteja presente em todos os dias de nossas vidas.

Salve São Cosme e São Damião.

Oni Ibejada. 

Nenhum comentário