Novidades

[News]Banda Gente lança EP ao vivo "Descarregar"

BANDA GENTE LANÇA EP AO VIVO “DESCARREGAR”

Álbum traz músicas que marcam a nova fase do grupo, com

arranjos dançantes sem perder o peso e a força da banda

 

Ouça aquihttps://found.ee/bandagente_descarregar


Ao Vivo é sempre melhor! Com a certeza de que seu lugar é no palco, mesmo tendo que buscar alternativas nesta pandemia, a Banda Gente “reabre” o ciclo “Descarregar” com o primeiro trabalho Ao Vivo, no EP que chega às plataformas de streaming dia 28 de Maio em parceria com o selo Diversão e Arte + Elemess Music + distribuição Altafonte.

 

O álbum traz cinco faixas extraídas do show “Banda Gente na Laje”, dirigido pelo premiado Jodele Larcher e lançado com exclusividade no YouTube em março, reunindo músicas de destaque da carreira da banda, com novos arranjos e em versão mais “tropical”. São elas: “Por Tua Causa”, “Indiferença”, “Samba do Trem”, “Cólera” e Meu Sonho”

 

Descarregar representa pra gente um momento de distensionamento; a gente vem vivendo um furacão político desde 2013 e esses acontecimentos foram motivando nossas composições. Chegou um momento em que paramos e pensamos: ‘Calma, assim a gente vai enlouquecer, surtar com tudo isso. Resolvemos dar uma acalmada nos arranjos, falar de outros assuntos, dar uma abrandada. Não trair nossa causa, nossa narrativa, mas respirar agora para bater mais forte depois, sabe?”, explica a vocalista Iolly Amâncio. “Somos porrada, mas também temos cintura”, brinca o guitarrista Wallace Cruz.

 

A Banda Gente tem seis anos de estrada, seis trabalhos lançados, entre álbuns e singles, parcerias com Letrux, Roberta Dittz, Luiza Casé e Luciane Dom, e um histórico show no Palco Favela do Rock in Rio com a banda Canto Cego. O grupo anda no mesmo trilho musical de artistas como O Rappa, Elza Soares, Nação Zumbi, Novos Baianos, Metá Metá e Canto Cego. O Rock tropical do grupo conquistou os jovens da Baixada Fluminense e vem ampliando seu espaço para o Rio de Janeiro e outros estados, com seu som urbano e tons mestiços, cintilando suingue e poesia.

 

Iolly e uma importante voz na cena cultural e feminina das periferias cariocas e faz questão de investir na autoestima da juventude da Baixada Fluminense. “Como diz Angela Davis: ‘Quando a mulher negra anda, o mundo se movimenta junto’. Porque ela está na base da pirâmide e é pessoa ativa no progresso da sociedade”, acredita. “Eu me sinto como uma astronauta que fincou a bandeira na lua, porque me inspirar na minha cidade é permitir que ela possa se inspirar em mim também”.

 

Apesar do nome pequeno, a Banda Gente representa uma multidão: A negritude brasileira, o trabalhador, a mulher, os emigrantes e a arte estão estampadas nos integrantes Iolly Amâncio (vocal), Wallace Cruz (guitarra), Jonathan Panta (baixo) e Jéssica Nepomuceno (bateria).

 

A série “Descarregar” foi apresentada durante o mês de março em 4 diferentes apresentações: Live em estúdio, Sarau Acústico com participação de poetas da Baixada, gravado no teatro Sylvio Monteiro em Nova Iguaçu, Show audiovisual Banda Gente na Laje, gravado no topo de uma casa em Mesquita, e o Show Descarregar, direto do palco do Solar de Botafogo, no Rio, com participações das cantoras Luciane Dom (na inédita “Rainha do Fogo”) e Roberta Dittz, da banda Canto Cego, no hit “Corda Bamba”. Todas as apresentações estão no canal de YouTube https://www.youtube.com/BandaGente.

 

O projeto é fruto do edital #RetomadaCulturalRj da SECECRJ através da Lei Aldir Blanc, visando reativar a cadeia produtiva musical nas três principais cidades do eixo Baixada-Rio.

 

Instagram: @bandagente - YouTube: BandaGente - Facebook: @BandaGente - Spotify: Banda Gente

 

CARREIRA BANDA GENTE:

 

­  2015 – Lançamento do primeiro EP “O Rock Está no Ar”.

­  2016 – Representou a Baixada Fluminense no Nova York Chelsea Film, apresentando o documentário em parceria com a ONU Brasil “#BXD – Baixada Nunca se Rende”, que tem a música “Rede” na trilha-sonora. O filme também foi exibido na China, Bulgária e na Sede das Nações Unidas, em NY.

­  2017 - Lançamento do álbum "#Somos Todos Silvas".

­  2017 – Apresentação no Palco Favela do festival Rock in Rio com a banda Canto Cego.

­  2017 – Apresentação no Circuito Sesc e gravação do clipe colaborativo “Infância”.

­  2018 - Lançamento dos singles "Viga Humana" e "Massa".

­  2019 - Lançamento do single "Corda Bamba", com Roberta Dittz do Canto Cego.

­  2020 – Show com Luiza Casé, Pedro Sá e Jonas Sá no Baixo Gávea, Rio de Janeiro.

­  2020 – Participação no álbum “Replay Acabou Chorare”, da Som Livre, que recria discos icônicos reinterpretados por novos artistas. Iolly Amâncio gravou a música “Preta Pretinha” em dueto com Letrux. O álbum também traz participações de nomes como Maria Gadú e Marcelo Jeneci.

­  2021 - Lançamento Projeto DESCARREGAR

­  2021 – Lançamento EP “Descarregar”

PR/Kelita

Nenhum comentário