Novidades

[News]Músicos fazem sucesso no palco, nas canções e no casamento

Músicos fazem sucesso no palco, nas canções e no casamento

 




Sempre juntos, o casal Rhaissa França e Jefferson Zn estão conquistando o cenário musical do Nordeste brasileiro com diversas canções e composições que estão caindo na boca do povo. Além de cantar e compor, eles detalham como o casal está se preparando para alçar novos voos neste início de 2021 em uma nova parceria com a Utnick Production.

 

Ela é cantora e compositora. Ele é compositor e produtor musical. Ela tem 24 anos de idade. Ele também. Ela nasceu em Pernambuco e mora atualmente no Ceará. Ele também. Tamanha afinidade entre Rhaissa França e Jefferson Zn não se encontra apenas nas canções de sucesso escritas e cantadas pela dupla, afinal, para quem não sabe, eles são casados e estão encantando multidões em palcos por todo o Nordeste brasileiro.

 

Os primeiros acordes, lembra Rhaissa, foram cantados na Igreja, durante a infância e adolescência. Aos 18 anos, ela começou a cantar profissionalmente. De lá para cá, uma trajetória rumo ao sucesso. Atualmente ela se destaca como uma das vozes mais conhecidas do Forró Romântico. “Este é o gênero musical que canto atualmente, mas amo também o Brega, que foi onde tudo começou para mim, e o sertanejo”, detalha.,

 

Por outro lado, Jefferson Zn destaca o lado eclético quando pensa nas composições já feitas: “Gostamos de compor todos os gêneros musicais, sejam eles gospel ou seculares, por exemplo”. Tamanha variedade faz o casal se intitular com uma frase bem impactante: “Somos compositores de sonhos””, reforça a jovem artista.

 

Se por um lado a pandemia exigiu o isolamento social e o distanciamento físico, logo comprometeu a agenda de shows abertos ao público, por outro Rhaissa viu neste momento uma oportunidade para crescimento profissional do casal: “Este momento nos ajudou a compor ainda mais. Tanto que desde o início da pandemia até o último mês de dezembro já vendemos mais de 100 liberações de composições nossas”, destaca. Destes títulos, muitas destas canções farão parte dos repertórios de artistas que cantam estilos diversos, como “o brega, o bregafunk, o bregadeira, o forró de favela e o forró romântico, que são os gêneros que fazem mais sucesso no Nordeste atualmente”, detalha.

 

O jovem casal também já tem uma presença maciça nas redes sociais, onde apresentam seus trabalhos. Rhaissa, por exemplo, já tem CDs disponíveis no YouTube desde a época que ainda integrava uma outra banda, antes da carreira solo. Por outro lado, Jefferson tem músicas postadas na internet do tempo que ainda cantava, antes de dar uma pausa nos microfones para se engajar no mundo da produção.

 

Tamanho sucesso levou os jovens artistas a serem os novos parceiros da Utnick Production. A agência que tem levado ao sucesso diversos nomes da música do Nordeste agora abre as portas para receber Rhaissa e Jefferson para fazerem parte deste time. “Conhecemos a Sophia quando ela estava à procura de compositores para os novos projetos que ela está produzindo para os seus artistas. A partir daí firmamos um acordo onde passaremos a ser os compositores dos talentos que fazem parte desta agência”, detalha.

 

Sophia que ela menciona é a paisagista brasileira Sophia Utnick. Radicada nos Estados Unidos, ela criou uma empresa que ajudou a despontar diversos nomes que estão fazendo sucesso nas rádios e na internet por todo o Nordeste brasileiro, como Mc Abalo, Mc Lipinho Atrevido, dentre tantos outros artistas que cantam e dançam, além de conquistarem muitos seguidores nas redes sociais.

 

Já pensando no fruto desta parceria, Rhaissa conta o maior desafio para se compor tantas músicas: “É sempre criar algo novo, porque, às vezes, vários artistas querem músicas com o mesmo tema. Temos que ter uma história e uma melodia que a diferencie das outras. Então no nosso ponto de vista a principal barreira a ser superada é sempre estar inovando”, destaca. “Além disso, é preciso estudar o mercado, avaliar o que está sendo tocado nas emissoras e o que já não toca mais. Para o compositor, além de tudo isso, tudo pode virar música, desde uma história que aconteceu, como uma palavra que está na boca do povo”, reforça.

 

Diante deste desafio profissional, Rhaissa já traça os novos objetivos: “Quero levar o que amo fazer para o mundo, sabe? Quero retribuir também tudo que meus pais e as pessoas que me apoiaram fizeram por mim”. Na mesma linha de gratidão, Jefferson deseja “ganhar o reconhecimento profissional que luto para ter, além de garantir o meu espaço na música e realizar o sonho de quem sonhou comigo”, conta.


PR/MF

Nenhum comentário