09 novembro 2018

[Resenha] Dracul - A Origem de Um Monstro

Sinopse: Todas as lendas têm um começo, e por trás de toda história escrita há uma verdade: o manuscrito proibido da edição original de Drácula, de Bram StokerO manuscrito original de Drácula, um dos maiores clássicos de horror da literatura mundial, tinha mais páginas que a versão que viria a ser publicada. Considerado "sombrio e assustador demais" para os leitores da época, um trecho foi suprimido, contra a vontade do autor. Essa primeira parte do livro nunca foi divulgada e, ao longo dos anos, apenas alguns poucos leitores selecionados tiveram acesso a ela. O atual responsável pelo espólio de Stoker, Dacre, e o escritor e roteirista J. D. Barker (Forsaken) acharam que estava na hora de contar essa história. Edição autorizada pelo espólio de Bram Stoker.
O que eu achei?
Começamos o livro com o Bram Stoker em momentos tensos, ele está prestes a ir de encontro com uma criatura que o apavoraria por muitos de seus dias. Armado com uma espingarda velha ainda assim conseguiu conter essa criatura. Após rever o filme de sua vida se passar em sua mente, ele decide colocar toda sua história em um diário, visto que sua história é macabra desde que se entende por gente.


A história que vemos em Dracul foi criado pelo bisneto de Bram Stoker em parceria com J. D. Barker. Inspirado nos manuscritos de Stoker, essa trama vai além de momentos assustadores, como também vai nos envolver em lendas urbanas que são ainda mais perturbadoras e que se passa antes da história de Drácula, tronando o livro um prequel. 

A trama é muito bem escrita, é surpreendente como os autores conseguem colocar toda a tensão, e momentos claustrofóbicos nas páginas de uma forma tão transparente. Poucos momentos durante a leitura você pode achar lento. O livro em si tem sua pega dos clássicos e com algumas referências, mas também vemos traços de ficções atuais e a leitura em si é muito fluida e você termina o livro muito satisfeito. 

Os personagens são muito bem colocados, Bram e sua babá esquisita desde a sua infância são personalidades que ornam muito bem com as cenas, e em consonância com toda a atmosfera do livro, fica impossível não adorar a história. Certamente um dos melhores livros que li esse ano e você com certeza merece dar uma chance. 


Por Leonardo Alves

Nenhum comentário

Postar um comentário