Novidades

[Oscar 2020] JoJo Rabbit



Sinopse: Alemanha, durante a Segunda Guerra Mundial. Jojo (Roman Griffin Davis) é um jovem nazista de 10 anos, que trata Adolf Hitler (Taika Waititi) como um amigo próximo, em sua imaginação. Seu maior sonho é participar da Juventude Hitlerista, um grupo pró-nazista composto por outras pessoas que concordam com os seus ideais. Um dia, Jojo descobre que sua mãe (Scarlett Johansson) está escondendo uma judia (Thomasin McKenzie) no sótão de casa. Depois de várias tentativas frustradas para expulsá-la, o jovem rebelde começa a desenvolver empatia pela nova hóspede.

JoJo Rabbit foi dirigido por Taika Waititi e conta com Roman Griffin Davis, Thomasin McKenzie, Scarlett Johansson, Taika Waititi, Sam Rockwell e Rebel Wilson no elenco.

Curiosidades:

- Taika Waititi descobriu em sua pesquisa que a Alemanha da Segunda Guerra Mundial era muito vibrante e na moda, e ele estava interessado em se afastar dos filmes tradicionais de guerra que mostravam a Alemanha escura e triste, em vez disso apresentando a cidade como um lugar aparentemente celebratório e vestindo os personagens o mais estiloso possível. Ele gostou da ideia de que tudo parecia alegre, mas abaixo da superfície “o terceiro Reich está caindo e o sonho acabou. ”

- Na cena em que a Gestapo chega na casa de JoJo, “Heil Hitler” é falado 31 vezes em um minuto, de acordo com Waititi. Ele queria um momento engraçado, mas também queria mostrar o quão ridículos os protocolos nazistas eram.

- Taika Waititi descreveu o filme como uma carta de amor à sua mãe e todos os pais solteiros.

- A música de encerramento é a versão alemã de Heroes de David Bowie, que é sobre dois amantes separados pelo Muro de Berlim.

- Stephen Merchant disse que imaginou os membros da Gestapo como seu personagem “burocratas” que, antes da guerra não eram muito respeitados, e durante a guerra deixaram o poder lhes subir à cabeça.

- Sam Rockwell disse que, em adição ao técnico de diálogo para aprender o sotaque alemão, ele assistiu clássicos e atores veteranos como Marlon Brando, Ralph Fiennes e Oskar Werner interpretando alemães da Segunda Guerra Mundial, e então decidiu que seu personagem seria mais com Bill Murray ou Walter Matthau com sotaque alemão.

- Em uma cena, o personagem de Hitler aparece usando um enfeite nativo-americano tradicional. Ele era fã do escritor alemão Karl May, cujo livro mais famoso foi uma suposta autobiografia no Oeste americano com um homem apache chamado Winnetou. Os livros de May foi o responsável pela fascinação da Alemanha por nativos americanos.

- O roteiro foi escrito em 2011, entre Boy (2010) e O que Fazemos nas Sombras (2014) na cronologia dos filmes de Taika Waititi.

- Hitler mencionou a trama de Stauffenberg de assassina-lo no “ano passado”, que aconteceu no início de 1945. Mais tarde, a mãe de JoJo fala que os americanos aterrissarão na França. A invasão da Normandia aconteceu em junho de 1944, antes da tentativa de matar Hitler em 20 de julho de 1944. Mas – devido à falta de informação na Alemanha sobre os sucessos das nações aliadas, as notícias podem ter viajado na surdina e se misturado.



- No fim do filme, vemos tropas americanas e soviéticas vigiando a cidade de JoJo logo após o suicídio de Hitler. Na realidade, as tropas aliadas pararam no Rio Elba e não ocuparam juntas nenhum território alemão quando a Alemanha se rendeu. As tropas aliadas só entraram na Berlim Oriental meses depois.



- A Juventude Hitlerista foi uma organização paramilitar para a juventude alemã. Fundada em Munique em 1922, foi declarada ilegal e criminosa após a queda do Terceiro Reich. A Juventude Hitlerista foi a segunda mais antiga organização paramilitar nazista cujo objetivo era a ideia de recrutar e treinar futuros membros dos Stormtropers.



- Fraulein Rahm afirma ter tido 15 filhos. Se isso fosse verdade, ela deveria estar usando Cruz Alemã das Mães, medalha de primeira classe dada às mulheres com oito filhos ou mais. Ela também não deveria estar de uniforme, já que as mães alemãs eram encorajadas a serem donas de casa em tempo integral. Mais que um erro, ela obviamente estava mentindo, já que o diretor queria mostrar o desespero dos nazistas de controlar a população.



- Os uniformes que Hitler usa ao longo do filme são cronologicamente consistentes com sua vida no poder e também reflete como JoJo muda sua opinião sobre ele e serve como reflexo do crescente desencanto dos alemães: no início, ele está usando o uniforme dos SA Brown Shirts, usado na sua ascensão ao poder e JoJo o idolatra. Depois, ele aparece usando no uniforme oficial dos NSDAP, que ele usou após se tornar chanceler. Nesse ponto, a idolatria de JoJo se tornou fanatismo. No final, ele aparece usando o uniforme cinza de guerra, e na sua última cena, quando JoJo abertamente o rejeita, Hitler está com a túnica cinza que usou em sua última aparição pública, antes de cometer suicídio.



- A Liga das Garotas Alemãs foi a ramificação feminina da Juventude Hitlerista. Ela foi fundada em 1930 que consistia, primeiramente, de duas seções: Liga das Garotas (para garotas de 10 a 14 anos) e a Liga para Garotas (de 14 a 18 anos). Em 1938, foi introduzida uma terceira seção, a Sociedade de Crença e Beleza, uma organização voluntária para jovens mulheres de 17 a 21 anos.



JoJo Rabbit concorre ao Oscar nas categorias de Melhor Filme, Melhor Atriz Coadjuvante (Scarlett Johansson), Melhor Figurino, Melhor Roteiro Adaptado, Melhor Design de Produção (Direção de Arte) e Melhor Edição de filme. Ele ganhou o BAFTA de Melhor Roteiro Adaptado (Taika Waititi).

Trailer:





Fonte: Adoro Cinema e IMDB.




Nenhum comentário