Books Brasil Books

Novidades

[News] Globo Filmes se destaca nas indicações do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e 6º Prêmio ABRA de Roteiro

 

Seu Jorge em “Marighella” 

Com a divulgação da lista de duas importantes premiações do audiovisual brasileiro a Globo Filmes totaliza 73 indicações somando as do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e do 6º Prêmio ABRA de Roteiro.  


 


Na maior premiação do setor, o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, a Globo Filmes concorre com 65 indicações. O maior destaque está para “Marighella” com 17 indicações.  Na sequência “O Silêncio da Chuva” se destaca com 11 indicações; “Veneza” com 9; a franquia “Turma da Mônica – Lições” com 6, “Depois a Louca sou Eu” com 3, assim como “Homem Onça” e “Doutor Gama”. Os documentários “8 Presidentes, 1 Juramento – A história de um tempo presente” e “Cine Marrocos” contam com duas indicações cada, assim como a comédia “Um Tio Quase Perfeito 2”.  Completam a lista as coproduções “O Auto da Boa Mentira”; “Um Casal Inseparável”; “Chacrinha, Eu Vim Para Confundir E Não Para Explicar”; “O Jardim Secreto de Mariana”; “4X100 – Correndo por um Sonho”; “Zimba” e “Pixinguinha, um Homem Carinhoso”, cada um com uma indicação. O resultado da premiação sai dia 10 de agosto no Rio de Janeiro.  


 


Já o prêmio ABRA, que tem a finalidade de valorizar os autores-roteiristas e ressaltar a importância do roteiro na cadeia de produção da indústria audiovisual nacional, a produtora teve oito indicações: “Doutor Gama” concorre a Melhor Roteiro Original de Filme de Ficção, enquanto “Eduardo e Mônica”, “Marighella” e “O Silêncio da Chuva” estão indicados a Melhor Roteiro Adaptado de Filme de Ficção. Concorrem ao Prêmio Paulo Gustavo (Melhor Roteiro de Filme de Comédia): “Depois a Louca Sou Eu”, “O Auto da Boa Mentira” e “To Ryca 2”. Já a franquia “Turma da Mônica – Lições” está indicada a Melhor Roteiro de Obra Infantil / Infanto-juvenil.  


 


Sobre a Globo Filmes:  


A Globo Filmes atua como produtora e coprodutora de filmes brasileiros com foco na qualidade artística e na diversidade de conteúdos que valorizam a nossa cultura, maximizando a audiência no cinema e demais janelas.  


Desde 1998, participou de mais de 400 filmes, levando ao público o que há de melhor do cinema brasileiro; comédias, romances, documentários, infantis, dramas e aventuras. Fazem parte de sua filmografia recordistas de bilheteria, como ‘Tropa de Elite 2’ e ‘Minha Mãe é uma Peça 3’ – ambos com mais de 11 milhões de espectadores –, sucessos de crítica e público como ‘2 Filhos de Francisco’, ‘Aquarius’, ‘Que Horas Ela Volta?’, ‘O Palhaço’ e ‘Carandiru’, e longas premiados no Brasil e no exterior, como ‘Cidade de Deus’ – com quatro indicações ao Oscar – e 'Bacurau', que recebeu o prêmio do Júri no Festival de Cannes.  





Nenhum comentário