Books Brasil Books

Novidades

[Crítica] Você Não É Um Soldado

 

Sinopse:

Você Não é um Soldado é um documentário que acompanha a carreira do fotógrafo de guerra André Liohn. O filme explora as inúmeras dificuldades de trabalhar diretamente na linha de confronto e registrar os horrores dos conflitos armados.




   O quê eu achei?

Um pouco depois de perder seu pai, a diretora Maria Carolina Telles dirigiu esse fascinante e complexo documentário, Você não é um soldado,sobre a vida do jornalista e fotógrafo de guerra André Liohn,brasileiro que cobriu eventos da Primavera Árabe como a luta entre o Iraque e o grupo terrorista ISIS em Mosul,no Iraque e o regime de Muammar al-Gaddafi na Líbia.

Todo mundo já ouviu falar dos horrores da guerra,que ela só traz catástrofes e traumas irreparáveis,mas só quem a vivencia em primeira mão realmente sente na pele.O risco de morrer ou sofrer algum acidente e ficar deformado pelo resto da vida, a perda dos colegas,o papel dos jornalistas, o significado de pertencer a algum lugar,são os tópicos retratados no filme.

Nascido no Brasil,dono de um passaporte norueguês e pai de dois filhos de cidadania italiana,não luta apenas para sobreviver, mas também para enfrentar o luto pela perda de seus companheiros, a distância da família e para registrar os momentos mais significativos.

A diretora também é a narradora e traça paralelos entre sua trajetória com a de seu protagonista:havia perdido seu pai há pouco e ele sempre lamentara não poder ter servido na Segunda Guerra.

Também são feitas algumas críticas entre a cobertura das guerras na era digital; em vários momentos os soldados são vistos fotografando ou fazendo vídeos de explosões,invasões,etc e tal atitude é questionada-afinal,seria um registro importante o bastante para arriscar sua vida?

Nos créditos aparece o dado que entre os anos de 2010 e 2020, 560 jornalistas foram mortos em fogo cruzado, alvejados ou assassinados em missões perigosas em todo o mundo.Recomendo pela mensagem anti-guerra.



                            Trailer:





Nenhum comentário