Books Brasil Books

Novidades

[News]O musical GONZAGUINHA: O ETERNO APRENDIZ volta em temporada em São Paulo no Teatro Jardim Sul para 05 únicas apresentações nos dias 09/10, 16, 23/24 de abril/2022, com apresentações aos sábados 21h e domingos 19h

O musical GONZAGUINHA: O ETERNO APRENDIZ volta em temporada em São Paulo no Teatro Jardim Sul para 05 únicas apresentações nos dias 09/10, 16, 23/24 de abril/2022, com apresentações aos sábados 21h e domingos 19h

 

 


 

 

O musical GONZAGUINHA: O ETERNO APRENDIZ depois do sucesso no Rio de Janeiro, onde esteve em cartaz durante os meses de janeiro, fevereiro e março/2022 no Teatro Vannucci/Shopping da Gávea, chega à São Paulo para 05 únicas apresentações, nos dias 09/10, 16, 23/24 de abril/2022, no Teatro Jardim Sul, com apresentações sempre aos sábados 21h e domingos 19h e ingressos a R$ 80,00 / 40,00 (para estudantes e jovens até 21 anos e acima dos 65 anos).

 

O musical GONZAGUINHA: O ETERNO APRENDIZ, protagonizado pelo ator Rogério Silvestre faz sucesso desde sua estreia, em 2008, na cidade de Itajubá, no Sul de Minas até os dias de hoje.

 

O musical que Já foi aplaudido por quase 100.000 pessoas em apresentações no Rio de Janeiro (3 temporadas de muito sucesso no Teatro João Caetano + Sala Municipal Baden Powell + Teatro dos Grandes Atores + Teatro do Fashion Mall + Teatro Rival + Teatro Vannucci) no interior de Minas (Itajubá, Pouso Alegre, Varginha…), em Salvador (Teatro Jorge Amado), São Paulo (Teatro Procópio Ferreira), Bauru (Teatro Municipal), Belo Horizonte (Teatro Alterosa e no Cine Theatro Brasil Valllourec), São Luís do Maranhão (Teatro Arthur Azevedo), Brasília (Teatro Ulisses Guimarães e Teatro dos Bancários), Fortaleza (no Teatro Via Sul), Manaus (Teatro Manauara) e em Curitiba (Teatro Fernanda Montenegro) volta à São Paulo para 05 únicas apresentações no Teatro Jardim Sul.

 

O ator Rogério Silvestre está ansioso com essa volta a São Paulo e comenta: “Será muito gratificante essa volta à São Paulo. Terra boa onde fizemos muito sucesso na nossa última temporada, no Teatro Procópio Ferreira, em 2019. Faremos inicialmente 05 únicas apresentações, mas queremos mais, muito mais. O convite que recebemos da administração do Teatro foi irrecusável e por isso, estamos vindo do RJ para SP, sem patrocinadores, mas com muita garra e coragem para levarmos a nossa arte para o publico paulista. Que eles venham nos assistir e indiquem para os amigos. Contamos com isso.”

 

O musical mostra a história de um dos maiores compositores e intérpretes brasileiros, que nos deixou há 30 anos e tem como ponto de partida exatamente suas principais ferramentas de trabalho; a música e a palavra.

 

O cantor e compositor Gonzaguinha, filho de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, é uma das grandes figuras da MPB nas décadas de 70 e 80. Em vida, ganhou o apelido de “cantor rancor” por suas letras ríspidas, agressivas, mas mostrou outro lado de sua personalidade em sucessos como ‘O que é, o que é’, ‘Explode Coração’ e ‘Lindo Lago do Amor’, mas nunca abandonou sua veia de contestação.

 

No palco, o ator ROGÉRIO SILVESTRE dá vida ao personagem central, o próprio Gonzaguinha, interpretando um texto poético que passeia por momentos marcantes da vida do cantor e compositor carioca; como a infância no Morro de São Carlos (RJ), os primeiros passos na carreira artística, os embates com a ditadura militar e a relação conflituosa com o pai, o rei do Baião, Gonzagão.

 

O espetáculo é uma versão poética da vida e obra do cantor e compositor Gonzaguinha e conta, além do ator ROGÉRIO SILVESTRE com a cantora MIRIANÊS ZABOT e os músicos HEITOR NASCIMENTO (guitarra), CACÁ FRANKLIN (percussão), AURÉLIO DUARTE (baixo) e MIGUEL CONTRUCCI (bateria).

 

O espetáculo apresenta 16 canções assinadas pelo próprio Gonzaguinha - “Explode Coração”, “Recado”, “Começaria Tudo Outra Vez”, “Moleque”, “Sangrando”, “O Que é o Que é?”, “Ponto de Interrogação”, “Eu Apenas Queria Que Você Soubesse”, “Com a Perna no Mundo”, “Grito de Alerta”, “De Volta ao Começo”, “Palavras”, “É”, “Diga Lá, Coração”, “Espere por Mim, Morena” e “Vamos à Luta” – que misturam xote, samba, baião e música romântica que foram gravadas pelos maiores nomes da nossa MPB, como Maria Bethânia, Simone, Joanna, Zizi Possi, Raimundo Fagner, Ângela Maria, Cauby Peixoto  e o próprio Wagner Tiso que já participou algumas vezes do espetáculo.

 

Como bem escreveu o crítico do jornal O Globo (RJ), Leonardo Bruno: “Gonzaguinha é um personagem que gera um fascínio impressionante. Morto aos 45 anos, em 1991, deixou obra extensa e alinhada com os anseios de sua geração, mas que ainda encontra eco quase três décadas depois — prova disso é que, nos últimos seis anos, sua figura virou peça de teatro, filme/série, enredo de escola de samba e ganhou homenagem no Prêmio da Música. O musical “Gonzaguinha — O Eterno Aprendiz”, demonstra profunda admiração e respeito pela obra e pelo artista.

A concepção de Kleber Lincoln e Amaury Vieira propõe dois espetáculos independentes: em um deles, um ator vive Gonzaguinha em monólogo; no outro, três cantores e uma banda revivem os sucessos do compositor.

O espetáculo ganha com a entrada em cena da banda, que relembra com competência o inspirado repertório de Gonzaguinha. Os cantores conseguem bons momentos de comunicação com a plateia, mas é a voz da cantora que eleva a eletricidade no palco. A ela coube tarefa desafiadora: reler canções que ficaram marcadas nas interpretações de Elis Regina e Maria Bethânia. A cantora mostra presença de palco e sobressai como o grande destaque do musical.

A intenção de homenagear Gonzaguinha é louvável, e a execução de seu repertório já garante momentos de catarse. “Gonzaguinha — O Eterno Aprendiz” é bem-sucedido como um show-tributo ao compositor.”

 

O homenageado...                                                            

Luiz Gonzaga do Nascimento Júnior, mais conhecido como Gonzaguinha, está no time dos maiores artistas brasileiros.

Nasceu no RJ no dia 22/09/1945 e nos deixou, aos 45 anos após sofrer um acidente de carro, na madrugada do dia 29/04/1991, quando voltava pra casa depois de um dos seus muitos shows pelo interior do país.

Gonzaguinha era filho registrado, mas não natural, do cantor e compositor pernambucano Luiz Gonzaga, ‘o rei do baião’ e de Odaléia Guedes dos Santos, cantora do Dancing Brasil. Teve 04 filhos: Daniel Gonzaga, Fernanda, Amora Pêra e Mariana.

Em 2017 foi tema do carnaval da Estácio de Sá, com o enredo "É! O Moleque desceu o São Carlos, pegou um sonho e partiu com a Estácio!" e no último Carnaval, a escola de samba Império Serrano escolheu como enredo para seu desfile no Grupo Especial, o sucesso de Gonzaguinha “O Que é, o Que é?”

 

O espetáculo faz sorrir, emocionar e chorar... vale muito a pena conferir!

 

GONZAGUINHA: O ETERNO APRENDIZ.

Concepção do espetáculo: Dr Kleber Lincoln e Maestro Amaury Vieira.

Texto: Gildes Bezerra e Rogério Silvestre.

Diretor Teatral: Breno Carvalho.

Direção Musical: Cacá Franklin

Com o ator ROGÉRIO SILVESTRE, a cantora MIRIANÊS ZABOT e os músicos HEITOR NASCIMENTO (guitarra), CACÁ FRANKLIN (percussão), AURÉLIO DUARTE (baixo) e MIGUEL CONTRUCCCI (bateria).

Produção, Assessoria de Imprensa e Marketing: João Luiz Azevedo

 

Realização: Boca Fechada Produções Artísticas e Rogério Silvestre Produções. 

Duração: 80 minutos

Classificação: Livre

Gênero: Show Musical

 

TEATRO JARDIM SUL

R. Itacaiúna, 61/ 2º Piso - Vila Andrade – Shopping Jardim Sul

Dias das apresentações: 09/10, 16, 23/24 de abril/2022,

Sábados 21h e Domingos 19h

Ingressos por R$ 80,00 / 40,00 (meia)

Mais informações e ingressos com desconto pelo Tel/zap: 21-99731-0933 com o produtor, João Luiz Azevedo

Nenhum comentário