Books Brasil Books

Novidades

[News] OS PRIMEIROS SOLDADOS, de Rodrigo de Oliveira, vence o 25o Festival de Tiradentes

 

No último fim de semana foi anunciado que o diretor capixaba Rodrigo de Oliveira foi reconhecido com o Prêmio Carlos Reichenbach no 25º Festival de Tiradentes pelo longa-metragem “Os Primeiros Soldados”. Protagonizado por Johnny Massaro, Renata Carvalho e Vitor Camilo, a obra, realizada pela Pique-Bandeira Filmes, se passa em Vitória - Espírito Santo no ano de 1983, quando a primeira onda da epidemia de AIDS arrebata dois rapazes gays e uma mulher transexual, que se unem na tentativa de sobreviver ao temido e desconhecido vírus. Ainda no elenco Alex Bonini e Higor Campagnaro.  

"Tiradentes é o lugar mais especial do cinema brasileiro para mim. É onde minha carreira começou. Retornar à Mostra com esse filme e receber um prêmio é muito forte simbolicamente. É incrível que ele seja chamado Prêmio Carlos Reichenbach, porque o Carlão é um dos nortes da minha vida, não só como cineasta, mas como homem no mundo. E, mais ainda, que o prêmio tenha sido atribuído por um júri jovem (é o segundo que recebemos nessa breve e feliz carreira do filme). Isso significa que o nosso propósito original, de resgatar a história dos primeiros heróis da luta contra os estigmas do HIV/AIDS e trazer essas questões para o presente, encontra eco numa geração que continuará essa luta iniciada há quase 40 anos atrás”, comenta Rodrigo. “Estávamos todos ansiosos para estar presencialmente no festival, mas a mudança necessária para as exibições online acabou trazendo um público amplo e muito engajado ao filme. Os Primeiros Soldados é um filme sobre comunidade, e eu sinto que, mesmo virtualmente, ele foi assistido em comunidade."

Rodado poucos meses antes do início da pandemia, o filme traz essa realidade da comunidade LGBTQIA+ que, no início da década de 80, já sofria fortemente com a marginalização e a iminência da violência e que passa a lidar com uma nova camada de opressão com a chegada do desconhecido vírus que era, preconceituosamente, denominado "vírus gay". O desespero com a falta de informação, a exclusão social ainda maior e até mesmo o descaso e despreparo do sistema de saúde ao lidarem com a situação, eclodiu em uma epidemia que matou milhares e aumentou ainda mais a homofobia. De forma poética e sensível, “Os Primeiros Soldados” expressa essa angústia e também essa união da comunidade, que só podia se proteger entre si enquanto eram vistos como ameaças - sendo eles os maiores ameaçados.  

Sinopse: Em Vitória, na virada de 1983, um grupo de jovens LGBTQIA+ celebra o réveillon sem ideia do que se avizinha. O biólogo Suzano sabe que algo de muito terrível começa a transtornar seu corpo. O desespero diante da falta de informação e do futuro incerto aproxima Suzano da artista transexual Rose e do videomaker Humberto, igualmente doentes. Juntos eles tentarão sobreviver à primeira onda da epidemia de AIDS.


   


Ficha Técnica  


Elenco principal:


Johnny Massaro - Suzano


Renata Carvalho - Rose


Vitor Camilo - Humberto


Clara Choveaux - Maura


Alex Bonini - Muriel


Higor Campagnaro - Joca


 


Director, Screenwriter and Editor/Diretor, roteirista e montador: Rodrigo de Oliveira


DoP/Direção de Fotografia: Lucas Barbi


Production Designer/Direção de Arte: Joyce Castello


Costume Designer/Figurino: Khalil Rodor, Roger Ghil


Makeup/Maquiagem: Paola Giancoli, Royce Luckessi


Line producer/Direção de Produção: Melina Leal Galante


Sound/Direção de Som: Hugo Reis


Sound mix/Mixagem: Tiago Bello


Original soundtrack/Trilha Sonora Original: Giovani Cidreira


Executive Producers/Produção Executiva: Vitor Graize, Maria Grijó Simonetti, Ursula Dart


Producer/Produção: Vitor Graize - Pique-Bandeira Filmes


Associate Producers/Produção Associada: Quentin Laurent - Les Films de l'?il sauvage; Lucas Barbi - Azucrina Filmes


Co-production/Coprodução: Canal Brasil


 


Festivais:

70º International Film Festival Mannheim-Heidelberg (2021)


52º International Film Festival of India (2021)


Festival do Rio 2021


25º Festival de Tiradentes 




Nenhum comentário