Novidades

[News] “Tempero do Chef” é exibido no 16º Festival de Cinema Italiano

 

São Paulo, 8 de novembro de 2021 - O ambiente das cozinhas de restaurantes pode ser muito estressante. A corrida contra o tempo para servir o prato perfeito, o olhar do Chef em coordenar toda a equipe de cozinheiros, pedidos sendo feitos a todo o tempo. Porém, a gastronomia é uma arte que requer amor e paciência.

Em “Tempero do Chef”, Arturo (Vinicio Marchioni), um renomado Chef de cozinha, três estrelas Michelin, acaba de sair da prisão por violência e agressão. Obrigado ao serviço comunitário, ele acaba dando aulas de culinária em um centro para jovens autistas, onde conhece Guido (Luigi Fedele), que tem síndrome de Asperger e uma grande paixão por cozinhar. Em sua trajetória, ambos terão que superar seus limites comportamentais.

Com direção de Francesco Falaschi, o filme, que é uma coprodução internacional Brasil e Itália, com produção da Notorious Pictures, Verdeoro, e RAI Cinema, em coprodução com TC Filmes e Gullane e distribuição também da Gullane, será exibido no 16º Festival de Cinema Italiano no dia 09 e 12 de novembro, às 20h30, no Cine Petra Belas Artes, em São Paulo. O longa também poderá ser assistido pela Plataforma Belas Artes – a partir de 05/11 a 05/12.

Filmado em 2018, “Tempero do Chef” aborda o tema de forma sensível e delicada e tem a intenção de desbravar as fraquezas e qualidades de cada personagem e mostrar que juntos, superam suas limitações e se fortalecem. “Para nós é sempre um orgulho produzir com os nossos parceiros italianos, fazer essa troca de culturas, ainda mais com um tema tão relevante e sensível. Essa oportunidade de lançar o filme no Festival de Cinema Italiano, com sessões presenciais, nos deixa muito feliz”, conta Fabiano Gullane.

O 16º Festival de Cinema Italiano apresenta uma seleção de produções recentes e nunca exibidas no Brasil. “Tempero do Chef” será exibido na categoria Mostra Inéditos e conversa com a proposta do evento de trazer histórias autênticas que levam o público do riso à reflexão. Segundo a ANICA (Agência das Indústrias Cinematográficas Italianas) os dados gerais do mercado cinematográfico italiano para 2020 refletem o impacto drástico da epidemia da Covid-19 na distribuição e operação do setor audiovisual. Em 2020, apenas 246 filmes foram distribuídos na Itália, cerca de 277 se comparado a 2019. 

O Festival ressalta e apresenta a cultura italiana para os brasileiros entre os dias 05 de novembro a 05 de dezembro.


Sinopse:

Arturo (Vinicio Marchioni) é um famoso chef de cozinha que após uma briga vai preso. A pena alternativa que lhe foi imposta é dar aulas de culinária em um centro para jovens autistas onde a psicóloga Anna (Valeria Solarino) trabalha. Guido (Luigi Fedele) tem síndrome de Asperger e uma grande paixão por cozinhar. A improvável amizade entre os dois ajudará Arturo a mudar de vida. Será que Arturo e Guido conseguirão superar seus respectivos limites comportamentais?

Diretor: Francesco Falaschi

Elenco: Vinicio Marchioni, Valeria Solarino, Luigi Fedele, Nicola Siri, Mirko Frezza, Benedetta Porcaroli, Gianfranco Gallo, Alessandro Haber, Lucia Batassa, Giuseppe Laudisa

Ficha Técnica:

Diretor: FRANCESCO FALASCHI

História de: FILIPPO BOLOGNA, FRANCESCO FALASCHI, ALESSIO BRIZZI

Roteiro de: FILIPPO BOLOGNA, UGO CHITI, FRANCESCO FALASCHI, FEDERICO SPERINDEI

Fotografia: STEFANO FALIVENE

Edição: PATRIZIO MARONE, SIMONE MANETTI

Trilha sonora: PAOLO VIVALDI

Cenografia: LUCA GOBBI

Figurino: ELISABETTA ANTICO

Diretor Assistente: LEOPOLDO PESCATORE

Produtor Executivo Italiano CESARE APOLITO

Produtora Executiva Notorious Pictures: ANDREA BORELLA

Produtor Executivo brasileiro: PABLO TORRECILLAS

Produtora Executiva: DANIELE MAZZOCCA

Uma produção de: NOTORIOUS PICTURES, VERDEORO e RAI CINEMA

Em coprodução com: TC FILMES E GULLANE

Produzido por: GUGLIELMO MARCHETTI, DANIELE MAZZOCCA

Coproduzido por FABIANO GULLANE, CAIO GULLANE, PABLO TORRECILLAS, RODRIGO CASTELLAR

Com o apoio de: TOURING CLUB ITALIANO NEW EMERGENCY


Sobre a Gullane

A Gullane é uma das maiores produtoras e incentivadoras do mercado audiovisual brasileiro, além de uma das principais exportadoras de obras independentes. Fundada em 1996 pelos irmãos Caio Gullane e Fabiano Gullane, já soma em seu catálogo mais de 50 filmes lançados com destaque no cinema nacional e no exterior e 30 séries para televisão e plataformas digitais.

Entre os filmes e séries de destaque estão "Carandiru", “Bicho de Sete Cabeças”, “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias”; a franquia “Até que a Sorte nos Separe”; “Que Horas ela Volta?”, "Como Nossos Pais”, “Bingo - o Rei das Manhãs”; as séries “Alice” e "Hard" (HBO), "Unidade Básica - 1a e 2a temporada" (Universal Canal), “Carcereiros” (Globoplay), “Irmãos Freitas” (Space e Amazon Prime), “Ninguém Tá Olhando” e "Boca a Boca” (Netflix). Já coleciona mais de 500 prêmios e seleções em importantes festivais de cinema e televisão do Brasil e do mundo como Mostra de Cinema, Festival do Rio, Cannes, Veneza, Berlim, Sundance, Toronto, MIPTV e Emmy.

Sobre a  TC Filmes

Criada em 2001 a TC Filmes é uma produtora brasileira dedicada à realização de filmes e séries para cinema e televisão. Realizou filmes premiados como “O lobo atrás da porta”, de Fernando Coimbra; “Operações especiais”, de Tomás Portella; “Raul – o início, o fim e o meio”, de Walter Carvalho; “Ninjas”, de Dennison Ramalho; “Marighella”, de Isa Grinspun Ferraz; “Meu país”, de André Ristum; “Riocorrente”, de Paulo Sacramento; entre outros. E séries de TV como “Resistir é Preciso”, de Ricardo Carvalho,“Galaxias” e“A cidade no Brasil”, de Isa Grinspum Ferraz.

Em 2019, com os filmes “A voz do Silêncio”, de André Ristum e “O olho e a faca”, de Paulo Sacramento, a empresa chega a marca de onze longas-metragens lançados nos cinemas. Além disso inicia a produção de “Cidade Ilhada”, de Sérgio Machado e “Enforcados”, de Fernando Coimbra. Com filmagens programadas para o segundo semestre de 2019 e primeiro semestre de 2020, respectivamente.




Nenhum comentário