Novidades

[News]Vitão & Carol Biazin lançam single; Atitide 67 & Gabriel Elias cantam em parceria e Cantor Salgadinho vira professor de cavaco

Com Vitão, Carol Biazin lança single e clipe "Sempre Que Der"

Dois dos maiores nomes da nova geração do pop nacional se juntam em single de novo álbum de Biazin, que será lançado no final do ano.


Carol Biazin & Vitão (Divulgação)

O mundo do Pop está em êxtase! De um lado, Vitão, dono de mais de 500 milhões de visualizações no Youtube e hits como "Sei Lá", "Flores" e "Café". Do outro, Carol Biazin, dona de uma das vozes mais marcantes e únicas da nova geração da música brasileira, coautora de hits nacionais e colecionadora de prêmios. Resultado? Os dois lançam no dia 21 de agosto, sexta-feira, o single e clipe "Sempre Que Der" em todos os apps de música e no Youtube.

Composta durante um camping de composição por Carol Biazin, Vitão, DAY, Tiê Castro e Los Brasileiros, o single foi concebido originalmente para sonorizar a parceria entre Ludmilla com o sambista Ferrugem, mas acabou entrando para o novo álbum de Biazin, que deve ser lançado no final do ano. "Embora seja compositora, essa música não era para ser minha (risos)! A gente sempre realizava 'campings' para exercitar nossas composições, sair de nossas zonas de conforto e fazer músicas para outros artistas. Quando ela surgiu, foi uma unanimidade que deveria ser apresentada para o feat. entre Ludmilla e Ferrugem! Felizmente acabou ficando para mim e pude gravar esse trabalho incrível ao lado desse amigo que amo muito", conta Biazin.

Sobre a parceria com Vitão, Carol diz que surgiu de maneira muito natural. "Além de termos composto a música juntos, Vitão é um dos meus melhores amigos. Quando decidi que a música ficaria para meu novo álbum, cheguei nele e disse: 'Migo, a música vai entrar no meu álbum! Vamos?', aí ele me disse 'Mentira?! Vamos nessa! Foi mega natural".

Vitão se diz feliz em poder participar de "Sempre Que Der", e conta que a ligação musical e pessoal entre os dois faz com que consigam fazer muitas coisas lindas juntos. "É uma honra estar cantando na faixa de uma cantora tão talentosa e gigante assim. Fazer este trabalho com a Carol foi muito natural. A gente tem uma intimidade musical e pessoal muito grande, então conseguimos desenvolver coisas lindas juntos de uma forma rápida e fácil. Há algum tempo já conversávamos sobre fazer algo junto e chegou o momento! Tenho certeza de que as pessoas vão amar. Estou muito feliz", conta. 

Produzida pelo coletivo Los Brasileiros, responsáveis por sucessos de artistas como Anitta, Vitão e Jão, "Sempre Que Der" conta a história de um casal que está sendo destruído pela distância e tem influências de melodias de pagode com misturas de rnb e pop. "Falar sobre as influências dessa música é incrível, pois não usamos nenhum outro gênero ou artista além das melodias do pagode, já que era uma música para Ludmilla cantar com o Ferrugem", confessa Carol.

Com apenas 22 anos de idade, Carol mostra-se uma grata realidade da nova geração do pop brasileiro. A ruiva é coautora dos singles 'Pouco de você', do cantor Vitão, 'Juntinho' da Rouge'Complicado', de Vitão e Anitta e vencedora dos prêmios Pop Mais na categoria 'artista revelação' e aposta do ano do Prêmio Jovem Brasileiro em 2019. Os números da ruiva também impressionam. No Youtube, Carol já contabiliza 720 mil inscritos e 100 milhões de acessos em todo canal. Já no Instagram, soma mais de 616 mil seguidores e mais de 110 mil fãs no Twitter. Carol foi finalista do The Voice 2017 no time da cantora Ivete Sangalo.

 

O mundo do Pop está em êxtase! De um lado, Vitão, dono de mais de 500 milhões de visualizações no Youtube e hits como "Sei Lá", "Flores" e "Café". Do outro, Carol Biazin, dona de uma das vozes mais marcantes e únicas da nova geração da música brasileira, coautora de hits nacionais e colecionadora de prêmios. Resultado? Os dois lançam no dia 21 de agosto, sexta-feira, o single e clipe "Sempre Que Der" em todos os apps de música e no Youtube.

Composta durante um camping de composição por Carol Biazin, Vitão, DAY, Tiê Castro e Los Brasileiros, o single foi concebido originalmente para sonorizar a parceria entre Ludmilla com o sambista Ferrugem, mas acabou entrando para o novo álbum de Biazin, que deve ser lançado no final do ano. "Embora seja compositora, essa música não era para ser minha (risos)! A gente sempre realizava 'campings' para exercitar nossas composições, sair de nossas zonas de conforto e fazer músicas para outros artistas. Quando ela surgiu, foi uma unanimidade que deveria ser apresentada para o feat. entre Ludmilla e Ferrugem! Felizmente acabou ficando para mim e pude gravar esse trabalho incrível ao lado desse amigo que amo muito", conta Biazin.

Sobre a parceria com Vitão, Carol diz que surgiu de maneira muito natural. "Além de termos composto a música juntos, Vitão é um dos meus melhores amigos. Quando decidi que a música ficaria para meu novo álbum, cheguei nele e disse: 'Migo, a música vai entrar no meu álbum! Vamos?', aí ele me disse 'Mentira?! Vamos nessa! Foi mega natural".

Vitão se diz feliz em poder participar de "Sempre Que Der", e conta que a ligação musical e pessoal entre os dois faz com que consigam fazer muitas coisas lindas juntos. "É uma honra estar cantando na faixa de uma cantora tão talentosa e gigante assim. Fazer este trabalho com a Carol foi muito natural. A gente tem uma intimidade musical e pessoal muito grande, então conseguimos desenvolver coisas lindas juntos de uma forma rápida e fácil. Há algum tempo já conversávamos sobre fazer algo junto e chegou o momento! Tenho certeza de que as pessoas vão amar. Estou muito feliz", conta.

Produzida pelo coletivo Los Brasileiros, responsáveis por sucessos de artistas como Anitta, Vitão e Jão, "Sempre Que Der" conta a história de um casal que está sendo destruído pela distância e tem influências de melodias de pagode com misturas de rnb e pop. "Falar sobre as influências dessa música é incrível, pois não usamos nenhum outro gênero ou artista além das melodias do pagode, já que era uma música para Ludmilla cantar com o Ferrugem", confessa Carol.

Com apenas 22 anos de idade, Carol mostra-se uma grata realidade da nova geração do pop brasileiro. A ruiva é coautora dos singles 'Pouco de você', do cantor Vitão, 'Juntinho' da Rouge'Complicado', de Vitão e Anitta e vencedora dos prêmios Pop Mais na categoria 'artista revelação' e aposta do ano do Prêmio Jovem Brasileiro em 2019. Os números da ruiva também impressionam. No Youtube, Carol já contabiliza 720 mil inscritos e 100 milhões de acessos em todo canal. Já no Instagram, soma mais de 616 mil seguidores e mais de 110 mil fãs no Twitter. Carol foi finalista do The Voice 2017 no time da cantora Ivete Sangalo.

Com Atitude 67, Gabriel Elias anuncia single e novas participações em álbum

"Diferente de tudo" faz parte do novo álbum do cantor, que também contará com Vitor Kley e Onze:20.
Gabriel Elias (Tag Music)

O cantor Gabriel Elias acaba de revelar duas grandes novidades de seu novo álbum "Música Pra Curar Brasileira". A primeira delas é que o mineiro sempre good vibes disponibiliza no dia 21 de agosto, sexta-feira, o lançamento do single e clipe "Diferente de Tudo" em parceria com o grupo Atitude 67. Além do single, Gabriel ainda revela que Vitor Kley e Onze: 20 também estarão presentes em seu novo trabalho que deve sair em novembro.

Com produção musical do próprio cantor durante o período de quarentena em sua casa, "Diferente de Tudo" é o terceiro single de seu próximo álbum e exalta a beleza interior do ser acima de qualquer padrão. "A Primeira frase da música diz tudo! 'Eu gosto da curva que teu corpo faz, mas gosto mais da gente rindo de qualquer besteira'. É sobre se importar com o conteúdo e a beleza interna acima de qualquer outro padrão", conta Gabriel.

O mineiro ainda dá detalhes sobre o processo de composição do novo single, que tem na co-autoria Eric e Karan, membros do Atitude 67 e o cantor e compositor Deko foi. "Tudo aconteceu da maneira muito orgânica.  Estávamos Deko e eu na minha casa... Quando começamos a rabiscar os primeiros versos pensamos: 'Esse som tem a vibe do Atitude!' Na hora eu liguei para o Karan através do facetime. Foi só começar a tocar o som que ele pirou. Na mesma hora mandamos uma guia para que pudéssemos terminar juntos. Mais natural que isso seria impossível". 

A segunda novidade vem em dose dupla. Além do Atitude 67, Gabriel ainda revela que o "Música Pra Curar Brasileira" contará com participações especiais do cantor Vitor Kley e da banda Onze:20. "Me sinto privilegiado em poder contar com essas participações de amigos queridos que me ajudaram a construir minha história como artista. Em 2015 tive a oportunidade de fazer um show histórico ao lado do Onze:20 em Belo Horizonte. Foi uma das primeiras vezes que toquei para milhares de pessoas e a partir dali construímos uma relação. O Vitor sempre foi um dos meus maiores amigos dentro e fora da música. Lembro do dia que ele me apresentou 'O Sol', antes de virar hit nacional. Agradeço muito por viver este momento." Vale lembra também que Gabriel Elias é autor da música 'Carnaval' do Atitude 67 no projeto Label67.

Produzido pelo próprio cantor durante a quarentena, o "Música Pra Curar Brasileira" abordará temas atuais de utilidade pública: Como controlar a ansiedade, manter o equilíbrio e enxergar o lado bom em situações ruins, além das canções populares de amor que deram notoriedade ao artista. Em entrevista recente, o cantor diz que embora aborde temáticas que nem sempre são faladas no meio pop, é um álbum para ser apreciado. "Este disco é extremamente leve e extremamente pontual com assuntos importantes que nem sempre são faladas pelo meio pop. O álbum todo tem uma mensagem para ser compreendida, até nas músicas com conceito mais pop. É um disco para ser apreciado com o seu eu interior e dar voz a ele", conta.  O novo trabalho deve ser lançado por completo em novembro.

Mineiro com os pés na areia, Gabriel Elias é considerado um dos principais nomes da nova geração da música brasileira. Com mais de 200 milhões de visualizações no Youtube, 2 milhões de ouvintes mensais no Spotify e mais de 350 milhões de streamings nos apps de música, o cantor apresenta um curriculum invejável. Além de acumular apresentações com grandes artistas de seu nicho como Jason Mraz, SOJA e Donavon Frankenreiter, Gabriel teve a faixa "Fiz Esse Som Pra Você", entre as mais tocadas do país em 2019. Além disso, o mineiro good vibes é coautor de hits como  "Sem Jeito", "Tô de Pé" e "Lindo, leve e pleno" da banda Maneva  e  "Bem Vindo ao Amor" da Banda Eva com Ivete Sangalo. Cantor também participou dos maiores festivais do Brasil como: Planeta Atlântida, Planeta Brasil e Rock in Rio.

Cantor Salgadinho lança novo projeto como mentor e professor de Cavaco

Idealizado durante a quarentena, sambista lança "Academia do Cavaquinho" e ensinará técnicas de aperfeiçoamento para iniciantes e experientes do instrumento.

Salgadinho (Divulgação)

A quarentena tem sido muito proveitosa para o cantor Salgadinho. Pouco mais de um mês após lançar o single "Reencontro", que já passou a marca de um milhão streamings nos apps de música, ao lado de Alexandre Pires e o EP "Salgadinho Experience - Ao Vivo", o artista agora retoma seu projeto como mentor e professor de Cavaquinho. O sambista está lançando dia 14 de agosto, sexta-feira, o projeto on-line "Academia do Cavaquinho", que ensinará técnicas de aprendizagem e aperfeiçoamento do instrumento para iniciantes aos músicos com experiência.

Conhecido por ser um dos maiores cavaquinistas do país e por ter lançado a primeira vídeo aula do instrumento no mundo, Salgadinho conta que ensinar a tocar cavaco sempre foi uma de suas paixões e que o período de quarentena foi fundamental para a elaboração deste projeto. "Ensinar sempre foi uma das minhas paixões. Desde que lancei a minha aula em VHS  em 1993, sempre recebia milhares de pedidos do país inteiro para que retomasse o projeto. Devido a agenda cheia compromissos com a carreira artística, o projeto foi sempre ficando de lado. Agora, 27 anos depois e durante a quarentena, que acabou me proporcionando tempo, pude finalmente realizar essa vontade minha e de milhares de pessoas. Estou muito feliz", conta o cantor que se orgulha de ter formado e inspirado nomes como Lincoln de Lima, produtor musical do cantor Ferrugem, Fejuca, do Sambô, e Marcelinho TDP (Turma do Pagode), Rodriguinho e muitos outros.

O projeto "Academia do Cavaquinho" contará inicialmente com quatro módulos bases intitulados de: Os quatro pilares fundamentais para o Cavaquinista, que contará com mais de 40 videoaulas. O curso poderá ser adquirido até o dia 21 de agosto, sexta-feira, através do link: https://bit.ly/cursocavaquinhofaststart

Além de professor de cavaco, Salgadinho é dono de hits como como Inaraí Recado à Minha Amada, precursor e idealizador do movimento pagode 90 e do projeto "Amigos do Pagode 90". Vale lembrar que além de "Reencontro" com Alexandre Pires, Salgadinho lançou os singles "Sol e Sal" com Ferrugem, "Química do Amor" ao lado de Mumuzinho e Suel, e "Sorte de Aprendiz" com o cantor sertanejo Thiago Brava. As canções já somam mais de 3.5 milhões de streamings nos apps de música e mais de 4 milhões de visualizações no Youtube.

PR/Julies

Nenhum comentário