Novidades

[News]Trio Katz apresenta seu single de estreia, "Efeito Domino"

 

TRIO KATZ APRESENTA SEU SINGLE DE ESTREIA, “EFEITO DOMINÓ”        

 

 

O trio KATZ vai lançar nesta sexta-feira (21/8), “Efeito Dominó”, seu primeiro single. A música de estreia apresenta o grupo, formado por Mayra, de São Paulo, a mineira Bella, e Flavinha, nascida em Cuiabá, no Mato Grosso. A canção mostra quem são as artistas, mulheres livres, independentes e que sabem o que querem.

 

Com fortes influências do pop internacional, em especial das girlbands que fizeram parte da formação musical das artistas, a musicalidade de KATZ também traz traços da cultura brasileira. O clipe de “Efeito Dominó”, que será apresentado junto do single, sintetiza essa mistura. Com claras referências à estética pop internacional, o vídeo traz coreografias e elementos que marcaram produções brasileiras.

 

O single foi composto por Flavinha em parceria com Mônica Agena, DAY, Milkee e Amanda Coronha. A faixa nasceu durante um camp promovido pela Universal Music para reunir artistas mulheres. “Separaram a gente em grupos e foi uma experiência interessante, porque pela primeira vez não nos colocaram juntas para compor. Eu, a Bella e a Flavinha estávamos em grupos distintos de meninas. Por isso que ‘Efeito Dominó’ é da Flavinha com uma equipe de mulheres. E assim será ao longo do EP que vocês vão conhecer. Tem uma música minha e outra da Bella, que cada uma criou com outras meninas. Foi uma experiência muito legal. Elas são todas muito talentosas”, disse Mayra sobre o camp.

 

Apesar de terem origens e trajetórias diferentes, a paixão pela música desde muito cedo e o apoio das famílias são traços comuns na história de cada uma das três meninas.

 

Eu sempre gostei de música e de cantar. Ainda na infância, minha família percebeu que eu levava jeito e, desde o início, eles me apoiaram e incentivaram. Quando eu tinha uns dez anos, ganhei meu primeiro violão e comecei a fazer aulas. Nessa época, eu o levava junto com um microfone para a calçada e cantava as músicas da Shakira para meus vizinhos”, conta Bella.

 

Quando eu era pequena fazia gravações cantando em fitas cassete para dar de presente para minha mãe. Na época, eu pintava pedaços de papelão com tinta guache e colava na parede da minha casa, dizia que ali era meu palco e fazia shows para minha família. Durante esses ‘shows’, eu pedia pra minha mãe e minhas tias pegarem na minha mão e puxarem meu braço, fingindo que elas eram minhas fãs”, lembra Flavinha.

 

"Minha avó materna cantava na igreja. Apesar de estar bem velhinha, às vezes ela se lembra de umas músicas que ela compôs e até hoje canta para mim. Minha mãe e a irmã dela também sempre foram super afinadas, elas cantavam juntas quando crianças. Apesar de não ter seguido carreira, minha mãe sempre sonhou em ser cantora. O dom para cantar eu herdei da família da minha mãe, tudo que eu carrego de bagagem de cultura musical, tudo o que eu gosto de ouvir veio do meu pai, que é um grande amante da música. Desde que eu tinha quatro anos, minha família percebeu meu interesse e aptidão para a música e, desde então, me incentivou", conta Mayra.

 

Além de “Efeito Dominó”, que marca o primeiro passo de uma nova jornada na carreira das três artistas, outras músicas farão parte do próximo EP das KATZ, que tem lançamento previsto ainda para esse ano.

 

O trio, que se conheceu e se uniu pelo sonho de viver de música, tem planos para uma carreira de muito mais sucesso. Acompanhe os canais oficiais de KATZ nas plataformas digitais e redes sociais para saber mais.

 

 

 

CONHEÇA MELHOR AS KATZ:

 

 

 

Bella

 

Nascida em Sete Lagoas, Minas Gerais, Bella, de 25 anos, já morou em muitos lugares. Decidiu chamar de casa Cachoeira da Prata, a pequena cidade de Minas Gerais que a acolheu e lhe deu o apoio necessário, desde os primeiros passos de sua carreira, iniciada ainda na infância. Movida pelo sonho de viver da música, desde pequena Bella agarrou todas as oportunidades que teve para evoluir e crescer artisticamente. Aos 19 anos, a artista se mudou sozinha para São Paulo, em busca de novos desafios e oportunidades.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma imagem contendo gravata, homem, vestindo, pescoço

Descrição gerada automaticamenteFlavinha

 

A música sempre fez parte da vida de Flavinha. Gravações e shows eram brincadeiras frequentes da infância da cuiabana. No palco improvisado com papelão e tinta guache, ela fez as primeiras apresentações ao vivo para uma plateia formada por familiares orgulhosos. Desde essa época, ela sempre exigia o máximo de si mesma. Se fosse difícil alcançar uma nota, ela passava dias treinando até acertar e depois convocava a família para assistir a mais uma apresentação no palco de papelão. Determinada pelo sonho de transformar a paixão em trabalho, Flavinha chegou a vender bolo e café para se manter em São Paulo, onde vive hoje.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Uma imagem contendo mulher, mesa, em pé, segurando

Descrição gerada automaticamenteMayra

 

Mayra herdou da família materna o dom da música. Quando pequena, ela assistia sua avó cantar as músicas que ela compôs quando jovem. Sua mãe e  tia também cantavam juntas quando pequenas. Mas foi do pai que ela recebeu como herança o amor pela música. Ele foi o responsável por apresentá-la a algumas de suas maiores referências musicais, como Michael Jackson, Elton John, Earth Wind & Fire, Stevie Wonder e Queen. Em busca de uma vida “mais estável”, Mayra se formou publicitária. Ela chegou a atuar por algum tempo na área, mas a paixão e o sonho da música chamaram mais alto. E ela atendeu.




PR/LB

Nenhum comentário